Invisibilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
INVIS MIRROR.png

A invisibilidade consiste na característica de um objeto não ser visível, o que no caso dos seres humanos consistiria no fato da luz visível não ser absorvida nem refletida pelo objeto em questão. Tais objetos não são conhecidos na natureza e até hoje não foram criados de modo satisfatório pelos seres humanos, tratando-se assim de um tema muito explorado pela ficção científica.[1]

Estudos[editar | editar código-fonte]

A invisibilidade pode, ao menos do ponto de vista teórico, ser atingida com a ajuda de metamateriais,[2] ou seja, materiais que ao contrário de um buraco negro, repeleriam toda a matéria e energia, pois a luz que nos torna visíveis,[3] seria conduzida ao nosso redor e quando chegasse aos olhos das outras pessoas, elas não nos veriam. Mas há um porém. Se repelíssemos toda a luz, ele não entraria em nossos olhos e, por isso, estaríamos cegos.

Invisibilidade social[editar | editar código-fonte]

O conceito de invisibilidade social tem sido aplicado, em geral, quando se refere a seres socialmente invisíveis, seja pela indiferença, seja pelo preconceito, o que nos leva a compreender que tal fenômeno atinge tão somente aqueles que estão à margem da sociedade.[4] Há várias formas de invisibilidade social: econômica, racial, sexual, etária, entre outras. É o que acontece, por exemplo, quando um mendigo é ignorado de tal forma que passa a ser apenas mais um objeto na paisagem urbana.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. (Outubro de 2006) "Unveiling the first invisibility shield" (em inglês). Popular Science 269 (4): 132. Bonnier Corporation. ISSN 0161-7370. Visitado em 25 de março de 2014.
  2. Haas, Guilherme (4 de outubro de 2013). «5 aplicações de metamateriais iguais às capas de invisibilidade». Tecnomundo. Consultado em 25 de março de 2014. 
  3. Kateb, George. Emerson and Self-Reliance. Rowman & Littlefield, 2002. pp. 73. ISBN 0742521451
  4. Constantino, Mateus (27 de junho de 2007). «Invisibilidade social: outra forma de preconceito». Overmundo. Consultado em 25 de março de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]