Iochpe-Maxion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Iochpe-Maxion
Criação
Sede social
Sectores de atividade
Quotação
Website

A Iochpe-Maxion é uma companhia global, líder mundial na produção de rodas automotivas e um dos principais produtores de componentes estruturais automotivos nas Américas.

Conta com 31 unidades fabris, localizadas em 14 países e cerca de 15 mil funcionários, o que a capacita a atender os clientes ao redor do mundo nos prazos e padrões de qualidade e competitividade exigidos por eles.

A Iochpe-Maxion é uma Companhia que possui alto nível de conhecimento técnico e que busca constantemente fornecer soluções inovadoras nas áreas em que atua, utilizando macrotendências globais para direcionar o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias de forma independente ou em cooperação com parceiros estratégicos.

Operamos nosso principal negócio por meio de duas divisões: Maxion Wheels e Maxion Structural Components.

Na Maxion Wheels, é produzido e comercializado uma ampla gama de rodas de aço para veículos leves, comerciais e máquinas agrícolas e rodas de alumínio para veículos leves.

Na Maxion Structural Components, é produzido longarinas, travessas e chassis montados para veículos comerciais e conjuntos estruturais para veículos leves.

Adicionalmente, por meio da AmstedMaxion (negócio em conjunto), são produzidas rodas e fundidos ferroviários, fundidos industriais e vagões de carga.

História[editar | editar código-fonte]

A origem da Companhia data de 1918, ano de início das atividades, no ramo madeireiro, no Estado do Rio Grande do Sul. Ao longo do tempo, as atividades foram diversificadas para o setor financeiro e, subsequentemente, para o setor industrial. A partir da década de 90 a Empresa passou a concentrar sua atuação nos segmentos de autopeças e equipamentos ferroviários, alienando grande parte dos ativos e participações que não eram ligados a esses segmentos. Em 1998, iniciou-se um processo de reestruturação operacional e definição do nosso portfólio de negócios.

No início dos anos 2000, 50% do negócio de equipamentos ferroviários foi alienado para a companhia norte americana Amsted Industries, o que originou a formação da joint venture AmstedMaxion. Concluído o processo de reestruturação operacional iniciado em 1998, a Companhia passou a conduzir seus negócios por meio de duas empresas, a controlada AmstedMaxion no segmento ferroviário, e a Maxion Sistemas Automotivos com duas divisões, Rodas e Chassis e Componentes Automotivos.

Em janeiro de 2008 as ações preferenciais foram convertidas para ações ordinárias com o objetivo de ingresso no Novo Mercado da BM&FBOVESPA. Em julho de 2008, visando simplificar a estrutura operacional e societária a Companhia incorporou a Maxion Sistemas Automotivos com a concentração de todas as suas principais operações brasileiras, exceto a controlada AmstedMaxion.

Em agosto de 2009, a Companhia adquiriu os negócios de rodas da ArvinMeritor no Brasil, México e Estados Unidos, os quais passaram a ser denominados Divisão Fumagalli.

Em dezembro de 2010, visando aumentar sua capacidade de produção no México, a Companhia adquiriu os ativos relacionados aos negócios de rodas da Nugar S.A.P.I. de C.V., empresa mexicana controlada do grupo CIE Automotive.

No início de 2012, foi concluído o processo de aquisição do Grupo Galaz, grupo mexicano fabricante de longarinas de aço para veículos comerciais e da Hayes Lemmerz empresa norte-americana fabricante internacional de rodas automotivas, de aço e de alumínio para veículos leves e de aço, para veículos comerciais.

Atualmente a Iochpe-Maxion atua por meio de três divisões: rodas com a controlada Maxion Wheels; componentes estruturais pela controlada Maxion Structural Components; e o segmento ferroviário pela Joint Venture AmstedMaxion.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.