Handroanthus chrysotrichus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ipê-amarelo-cascudo)
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHandroanthus chrysotrichus
Ipê (Avaré) REFON.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Asteridae
Ordem: Lamiales
Família: Bignoniaceae
Género: Handroanthus
Espécie: H. chrysotrichus
Nome binomial
Handroanthus chrysotrichus
Sinónimos
  • Gelseminum chrysotrichum (Mart. ex DC.) Kuntze
  • Tecoma chrysotricha Mart. ex DC.
  • Tecoma flavescens Mart. ex DC. Synonym H iPlants 2012-03-23
  • Tecoma grandis Kraenzl. Synonym H iPlants 2012-03-23
  • Tecoma obtusata DC.

Handroanthus chrysotrichus é uma espécie de árvore do gênero Handroanthus.[1][2]

Outros nomes populares: ipê-amarelo-cascudo, ipê-do-morro, ipê, aipé, ipê-tabaco, ipê-amarelo-paulista, pau-d'arco-amarelo.[3]


Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

H. chrysotrichus cresce a uma altura de 5 a 8m, podendo atingir até 20m,[4] com uma largura de 8 a 11m. Tem flores possui um tom amarelo dourado a um vermelho na primavera. Estes são ricos em néctar e, portanto, a árvore é uma planta de mel útil. Embora não seja especialmente popular com os beija-flores, muitos desses - e.g. Besourinho-de-bico-vermelho (Chlorostilbon lucidus) e Beija-flor-de-papo-branco (Leucochloris albicollis) - parecem preferi-las do que as flores de outras espécies de Tabebuia.[5] A trombeta dourada é cultivada fora do Brasil como uma árvore de rua e uma árvore de jardim. Foi levantada preocupação de que a H. chrysotrichus esteja se tornando uma erva na Austrália tropical e subtropical, embora ainda não tenha sido declarada.[6]

Ocorrência[editar | editar código-fonte]

Nas florestas ombrófila densa e estacional semidecidual da Mata Atlântica, nos estados brasileiros do centro-oeste (Goiás), sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo) e nordeste (Bahia, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão e Piauí).[7]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Handroanthus chrysotrichus» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  2. Missouri Botanicaal Garden (2014). Tropico, ed. «Handroanthus chrysotrichus» (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2014 
  3. «Enciclopédia agrícola brasileira: I-M»  EdUSP. 1995. pp. 101–. ISBN 978-85-314-0719-2.
  4. Gilman, Edward F.; Watson, Dannis G. (21 de março de 2007). «ENH-772/ST614:Tabebuia chrysotricha: Golden Trumpet Tree». University of Florida. Consultado em 19 de julho de 2017 
  5. Baza Mendonça & dos Anjos (2005)
  6. Technigro Australia Pty. Ltd (2003)
  7. Lohmann, L.G., Alcântara S.F., Silva F.G.. Bignoniaceae in Flora brasiliensis revisitada. (18/04/2009)
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Lamiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.