Ipaba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ipaba
Bandeira indisponível
Brasão de Ipaba
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Fundação 27 de abril de 1992 (25 anos)[1]
Gentílico ipabense
Lema Ordem, Trabalho e Progresso
Prefeito(a) Geraldo dos Reis Neves (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Ipaba
Localização de Ipaba em Minas Gerais
Ipaba está localizado em: Brasil
Ipaba
Localização de Ipaba no Brasil
19° 24' 50" S 42° 25' 08" O19° 24' 50" S 42° 25' 08" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Região
intermediária

Ipatinga IBGE/2017[2]

Região
imediata

Ipatinga IBGE/2017[2]

Região metropolitana Vale do Aço
Municípios limítrofes Bugre, Santana do Paraíso, Belo Oriente e Caratinga
Distância até a capital 230 km
Características geográficas
Área 113,128 km² [3]
Distritos Ipaba (sede) e Vale Verde de Minas[1]
População 18 335 hab. estatísticas IBGE/2017[4]
Densidade 162,07 hab./km²
Altitude 213,27 m
Clima tropical quente semiúmido Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,665 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 113 264 mil IBGE/2014[6]
PIB per capita R$ 6 326,89 IBGE/2014[6]
Página oficial

Ipaba é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Pertence ao colar metropolitano do Vale do Aço e sua população estimada em 2017 era de 18 335 habitantes.[4]

História[editar | editar código-fonte]

A área do atual município de Ipaba foi explorada pela primeira vez por João Antônio de Oliveira, João Caetano do Nascimento, João da Cruz e João Tomás, abrindo caminho para a formação do povoado de Ipaba.[1] O topônimo recebido provém da palavra tupi upaba, que significa "terra de muita água".[7][8] Pela lei estadual nº 8.285, de 8 de outubro de 1982, foi criado o distrito subordinado a Caratinga, com terras desmembradas do distrito de São Cândido. A emancipação foi decretada pela lei estadual nº 10.704, de 27 de abril de 1992, instalando-se em 1º de janeiro de 1993. Em 15 de junho de 1998, pela lei municipal nº 242, houve a criação do distrito de Vale Verde de Minas.[1][9]

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística vigente desde 2017,[10] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária e Imediata de Ipatinga.[2] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, o município fazia parte da microrregião de Caratinga, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[11]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A cidade abriga a Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, que foi inaugurada em 1995[12] e tem capacidade para 348 presos em celas individuais.[13] Em setembro de 2015, cerca de 230 presos estavam estudando e 400 trabalhavam, sendo considerada um dos principais complexos penitenciários do estado em termos de humanização.[14]

Povoados[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «Ipaba - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de julho de 2014 
  2. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017 
  3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (15 de janeiro de 2013). «Área territorial oficial». Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de julho de 2014 
  4. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 25 de setembro de 2017 
  5. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking IDH-M Municípios 2010». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de julho de 2014 
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2014). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2014». Consultado em 3 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2017 
  7. Universidade de São Paulo (USP). «Vocabulário tupi-português do curso elementar de tupi antigo». Consultado em 8 de julho de 2014. Cópia arquivada em 8 de julho de 2014 
  8. NAVARRO, E. A. Método Moderno de Tupi Antigo. Terceira edição. São Paulo: Global, 2005. p. 261
  9. Governo do Estado de Minas Gerais (30 de junho de 2015). «Lista dos Distritos de Minas Gerais» (PDF). Instituto de Geoinformação e Tecnologia. Consultado em 20 de janeiro de 2016 
  10. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  11. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 76–78. Consultado em 25 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 25 de setembro de 2017 
  12. Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) (13 de agosto de 1997). «Comissão parlamentar para, no prazo de 120 dias, apurar diversas denúncias que envolvem o sistema penitenciário do estado» (PDF). p. 38. Consultado em 27 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2015 
  13. Jornal Diário Popular (23 de julho de 2012). «Mais de 80 presos do Ceresp são transferidos para Ipaba». Consultado em 27 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2015 
  14. Agência Minas Gerais (25 de setembro de 2015). «Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho é modelo de humanização, estudo, trabalho e cultura». Consultado em 27 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.