Ipanema FM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Itapema FM.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ipanema FM
{{{alt}}}
Rádio e TV Portovisão Ltda.
País  Brasil
Cidade de concessão Porto Alegre, RS
Frequência(s) 94.9 MHz (1983-2015)
Slogan A rádio rock de Porto Alegre.
Fundação 12 de maio de 1983 (1983-05-12)
Extinção 18 de maio de 2015 (2015-05-18) (no dial FM)
Fundador Mauro Borba
Pertence a Grupo Bandeirantes de Comunicação
Proprietário(s) Johnny Saad
Idioma Português
Prefixo ZYD 568
Nome(s) anterior(es) Difusora FM
Cobertura Região Metropolitana de Porto Alegre
Página oficial ipanema.com.br

A Ipanema FM é uma rádio web que foi uma estação de rádio FM localizada na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul que pertence ao Grupo Bandeirantes de Comunicação.

História[editar | editar código-fonte]

Era a segunda emissora mais antiga no dial FM de Porto Alegre, atrás apenas da Guaíba FM.[1][2]

O nome Ipanema FM foi escolhido pelos paulistas da Rede Bandeirantes quando adquiriram, na década de 1980, a Difusora FM, uma das FMs mais antigas de Porto Alegre.[3]

Sua programação é baseada no rock e suas vertentes, tanto que tem o epíteto "A Rádio Rock de Porto Alegre" como slogan.[2][4] Contudo, a programação da rádio é aberta para outros gêneros, como, por exemplo, o rap, o hip-hop, o jazz, o blues, o reggae e a MPB.[5][6][7]

Durante o período de 2011 a 2015 a emissora, em uma tentativa de obter mais audiência, passou a transmitir jogos de futebol em cadeia com a BandNews FM e a Rádio Bandeirantes Porto Alegre.[8]

No dia 18 de maio de 2015 às 07h00 da manhã, a Ipanema encerrou seus mais de 32 anos de transmissões no dial (94,9 MHz) e passou a ser uma rádio web. No seu lugar, entrou a Rádio Bandeirantes, que passou a ter o seu sinal transmitido simultaneamente em AM e FM.[9][10]

Referências

  1. Ferraretto, Luiz Artur (1 de janeiro de 2007). Rádio e capitalismo no Rio Grande do Sul: as emissoras comerciais e suas estratégias de programação na segunda metade do século 20. [S.l.]: Editora da ULBRA. ISBN 9788575281840 
  2. a b BORGES, GLAUCIR FERREIRA. O ROCK GAUCHO NA SINTONIA DAS FMS. [S.l.]: biblioteca24horas. ISBN 9788578937508 
  3. Avila, Alisson; Bastos, Cristiano; Muller, Eduardo (6 de novembro de 2012). Gauleses Irredutíveis: causos e atitudes do rock gaúcho. [S.l.]: Buqui Livros Digitais. pp. 24–25. ISBN 9788565390590 
  4. «Rádio Ipanema sairá do ar em FM a partir de 18 de maio». Consultado em 29 de julho de 2016 
  5. «Ipanema estreia programa com presença de MV Bill». 13 de outubro de 2011. Consultado em 29 de julho de 2016 
  6. «ZH elenca os lugares e as rádios para quem quer ver e ouvir jazz na Capital». Consultado em 29 de julho de 2016 
  7. «Katia Suman relembra papel da Ipanema em relação ao rock e garante: liberdade era total». Consultado em 30 de julho de 2016 
  8. «A Hora do cinema». www.ahoradocinema.com. Consultado em 29 de julho de 2016 
  9. Coletiva.net (11 de maio de 2015). «Ipanema FM encerra atividades no FM e Bandeirantes entra no 94,9». Consultado em 12 de maio de 2015 
  10. «Rádio Ipanema se despede do FM e migra para o digital». Correio do Povo. 11 de maio de 2015. Consultado em 15 de julho de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • AVILA, Alisson; BASTOS, Cristiano; MULLER, Eduardo. Gauleses Irredutíveis: causos e atitudes do rock gaúcho, Buqui Livros Digitais, 2012 ISBN 9788565390590.
  • BORBA, Mauro. Prezados ouvintes: histórias do rádio e do pop rock : da criação da Ipanema ao Cafezinho, Artes e Ofícios, 2001 ISBN 9788574210711.
  • BORGES, Glaucir Ferreira. O rock gaúcho na sintonia das FMs, biblioteca24horas ISBN 9788578937508.
  • BRYAN, Guilherme. 80, quem tem um sonho não dança: cultura jovem brasileira nos anos 80, Record, 2004 ISBN 9788501067432.
  • ENDRESS, Júlia Rodrigues. Metonímia sonora da cidade : Porto Alegre dos anos 1980 na voz dos locutores da Rádio Ipanema FM, monografia para o Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo da UFRGS, 2015
  • FERRARETTO, Luiz Artur. Rádio e capitalismo no Rio Grande do Sul: as emissoras comerciais e suas estratégias de programação na segunda metade do século 20, Editora da ULBRA, 2007 ISBN 9788575281840.