Ipsep (Recife)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ipsep
—  Bairro do Brasil  —
Localização do bairro Ipsep na cidade do Recife
Localização do bairro Ipsep na cidade do Recife
Unidade federativa Pernambuco
Zona Sul
Região administrativa RPA 6
Município Recife
Criado em 1951(62 anos), mas só foi considerado bairro em 1988.
Área
 - Total 179,5 hectares
População
 - Total 25,714
    • Densidade 143,29 hab./ha/km2 
Domicílios 13.000
Rendimento médio mensal 2.785,00
Limites Imbiribeira e Ibura
Subprefeitura Não há.
Fonte: Não disponível

Vila do Ipsep, ou Ipsep, é um bairro localizado na zona sul do Recife, perto do Aeroporto Internacional dos Guararapes, do Shopping Center Recife, da praia de Boa Viagem, entre outros pontos da cidade do Recife.

O bairro surgiu no ano de 1951, de um núcleo residencial financiado e construído pelo Ipsep para residência dos servidores estaduais de Pernambuco, próximo aos bairros da Imbiribeira, Caçote , Ibura e Boa Viagem. Esse conjunto residencial recebeu a denominação de Vila do Ipsep, sendo reduzido seu nome, depois, para Ipsep.

É dividido em quatro vilas: Vila da Sudene, Vila do Ipsep (ou Ipsep Velho), Vila Arquiteta Maria Lúcia e Vila Mauriceia, além das localidades conhecidas como: Chié, Aliança, Chico City.

O bairro do Ipsep é uma das regiões mais procuradas para se morar, pois é um bairro planejado, distinto e bastante residencial. Inicialmente reduto domiciliar de servidores públicos, uma de suas principais características hoje é o comércio. Existem clínicas, supermercados, postos de gasolina, farmácias, padarias, armazéns, hotéis, oficinas e outros estabelecimentos. Entre os mais de 500 pontos comerciais registrados, destaques para os bares e restaurantes, muitos deles bastante conhecidos e disputados por moradores de vários outros bairros, principalmente nos fins de semana.

A maioria das ruas do Bairro é asfaltada e o local possui um núcleo integrado de segurança comunitária e abriga também o 19º Batalhão da Polícia Militar. Além disso, funcionam 6 escolas públicas (municipais e estaduais), 2 postos de saúde e uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF).

Em matéria de lazer, o Ipsep é centro de excelência. As peladas e os torneios de futebol de subúrbio são bastante conhecidos. Entre os vários espaços reservados para práticas esportivas, está o 'Campo do Sargento', localizado na Praça Robert Kennedy, na Av. Senador Robert Kennedy. A praça conta com uma grande estrutura. É arborizada, tem pista de cooper, balanços, gangorras, diversos espaços vazios para brincadeira, bancos e mesas onde são disputadas partidas de dama, dominó, xadrez e gamão além de torneios de futebol. A Praça da Mauricéia, recém revitalizada, também é uma alternativa de lazer. Por possuir um grande número de aposentados e crianças essas praças são um ótimo passatempo para grande parte da população, que ocupam os seus tempos vagos com diversão e interação.

O bairro do Ipsep é via de acesso a várias outras regiões, como Imbiribeira, Boa Viagem, Pina, Areias, Santa Luzia, Estância, Barro, Cardeal Silva, Ibura, Engenho do Meio, Caxangá, Cidade Universitária, Dois Irmãos, etc. É praticamente o centro do Recife. Essa característica faz com que todos os dias milhares de pessoas passem pela área, o que, sem dúvida, ajudou na rápida urbanização do local. As principais vias do bairro são a rua Jean Emile Favre e mais de 2 km da avenida Recife.

A pluralidade e o sincretismo religioso também são marcas do bairro. São igrejas e instituições religiosas de vários credos como: evangélicas, centros espíritas e de umbanda e a matriz católica de Nossa Senhora de Conceição Aparecida. A Igreja do Ipsep é referência na comunidade, servindo como ponto de encontro para os moradores, principalmente após a missa do domingo. Apesar da forte presença religiosa, o povo do Ipsep também é especialista em festas, destacando as que acontecem no Bar do Paulinho e no Bar do Manuel. Além de seus blocos de carnaval, o arraial de São João é um dos maiores e mais festejadas da Cidade.

Sua área é de 179,5 ha.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]