Iris Marion Young

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Iris Marion Young
Nascimento 2 de janeiro de 1949
Nova Iorque
Morte 1 de agosto de 2006 (57 anos)
Chicago
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Estadual da Pensilvânia, Queens College, City University of New York
Ocupação cientista político, filósofa, professora universitária, feminista
Empregador Universidade de Chicago, Universidade de Pittsburgh
Causa da morte câncer esofágico

Iris Marion Young (1949 - 2006) foi uma filósofa e cientista política estadunidense.

Era professora de Ciência Política da Universidade de Chicago e afiliada ao Gender Studies Center (Centro de Estudos de Gênero) e a seu Programa de Direitos Humanos. Sua pesquisa abrangia Teoria Política, Teoria Feminista e análise normativa de políticas públicas.

Obras e interesses[editar | editar código-fonte]

Os livros de Young incluem Justice and the Politics of Difference (1990), Throwing Like a Girl and Other Essays in Feminist Philosophy and Social Theory (1990), Intersecting Voices: Dilemmas of Gender, Political Philosophy, and Policy (1997) e Inclusion and Democracy (2000). Seus escritos foram traduzidos em várias línguas incluindo alemão, italiano, espanhol e sueco. Ela também deu várias palestras na América do Norte, Europa, Austrália e África do Sul.

Seus interesses acadêmicos abrangiam teorias contemporâneas de Justiça; Democracia e diferenças; Teoria Feminista Política; visões políticas de Foucault e Habermas; Ética e assuntos internacionais; Gênero, Raça e Políticas Públicas.

Carreira acadêmica[editar | editar código-fonte]

Young obteve um Ph.D. em Filosofia pela Pennsylvania State University em 1974. Antes de ir para a Universidade de Chicago, ela ensinou Teoria Política por 9 anos na Graduate School of Public and International Affairs da Universidade de Pittsburgh e antes disso ensinou filosofia em várias instituições como a Worcester Polytechnic Institute e a Universidade de Miami.

No verão de 1995, Young foi professora visitante de Filosofia da Johann Wolfgang Goethe University em Frankfurt, Alemanha (conhecida por ser a sede da Escola de Frankfurt. Young trabalhou também com diversas universidade ao redor do mundo, incluindo Princeton University, Institute for Human Sciences in Vienna, Australian National University e Human Sciences Research Council da África do Sul.

Young morreu, aos 57 anos, no dia 1 de Agosto de 2006 depois de uma [1] luta de 18 meses contra o câncer no esôfago.

Obras escolhidas[editar | editar código-fonte]

  • Justice and the Politics of Difference (Princeton University Press, 1990)
  • Throwing Like a Girl and Other Essays in Feminist Philosophy and Social Theory (Indiana University Press, 1990)
  • Intersecting Voices: Dilemmas of Gender, Political Philosophy, and Policy (Princeton University Press, 1997)
  • Inclusion and Democracy (Oxford University Press, 2000).

Referências[editar | editar código-fonte]