Isaac II Bagratuni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Isaac II Bagratuni
Nacionalidade
Derafsh Kaviani.png
Império Sassânida
Ocupação General
Religião Zoroastrismo

Isaac II Bagratuni (em armênio/arménio: Սահակ Բ Բագրատունի; transl.: Sahak II Bagratuni; 482) foi um príncipe armênio da família Bagratuni que tornou-se marzobam da Armênia de 481 a 482. Foi antecedido no governo por Adargusnas e foi sucedido por Sapor Miranes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Isaac primeiro assegurou o ofício hereditário de aspetes, isto é, mestre da cavalaria. O título foi antes ocupado por Tiroque I, morto em combate em 450 ou 451; cronologicamente Isaac II poderia ser seu filho, mas nenhum documento confirma essa suposição.[1] Em 481/482, quando Baanes I Mamicônio liderou uma revolta contra o julgo persa na Armênia, Isaac II foi nomeado pelos rebeldes como marzobam em substituição do legítimo Adargusnas. Os insurgentes tiveram algum sucesso, mas o Perozes I (r. 459–484) enviou um exército que os venceu em 482, matando Isaac II.[2] Nada se sabe de sua posteridade. O primeiro aspetes citado após sua morte é Espandiates, um dos assinantes do concílio de Dúbio de 505; pode ser seu filho, embora não há como ser provado.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Adargusnas
Marzobam da Armênia
481-482
Sucedido por
Sapor Miranes

Referências

  1. a b Settipani 2006, p. 634.
  2. Grousset 1949, p. 74-75.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Grousset, René (1949). L'Empire du Levant : Histoire de la Question d'Orient. Paris: Payot. ISBN 2-228-12530-X 
  • Settipani, Christian (2006). Continuidade das elites em Bizâncio durante a idade das trevas. Os príncipes caucasianos do império dos séculos VI ao IX. Paris: de Boccard. ISBN 978-2-7018-0226-8