Isabel Allende

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde março de 2016)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Isabel Allende
Isabel Allende, 2007.
Nome completo Isabel Allende Llona
Nascimento
Lima,  Peru
Género(s) Romance, conto
Movimento Realismo mágico
Magnum opus A casa dos espíritos
Prémios Prémio Iberoamericano de Letras José Donoso (2003)

Prêmio Nacional de Literatura do Chile (2010)
Prémio de literatura Hans Christian Andersen (2012)

Página oficial Site oficial

Isabel Allende Llona (Lima, 2 de agosto de 1942) é uma escritora chilena. Apesar de ter nascido em Lima, sua família voltou logo para o Chile, sua terra natal. Atualmente vive nos Estados Unidos.

É filha de Tomás Allende, funcionário diplomático e primo-irmão de Salvador Allende, e de Francisca Llona.

Isabel é considerada uma das principais revelações da literatura latino-americana da década de 1980. Sua obra é marcada pela ditadura no Chile, implantada com o golpe militar que em 1973 derrubou o governo do primo de seu pai, o presidente Salvador Allende (1908-1973).

Escreveu A casa dos espíritos (1982) e ganhou reconhecimento de público e crítica. A obra foi filmada em 1993 por Bille August, com Jeremy Irons e Meryl Streep. Em 1995 lançou o livro Paula, que a autora escreveu para a sua filha que estava em coma devido a um ataque de porfiria. Como a autora não sabia se a sua memória voltaria após a saída do coma, Isabel Allende resolveu contar a sua história para auxiliar a filha a lembrar dos fatos. Paula passou a ser então um retrato auto-biográfico.

Obra[editar | editar código-fonte]

Romances[editar | editar código-fonte]

  • 1982 - La casa de los espíritus (A casa dos espíritos)
  • 1983 - La logon Asulon" (A Lagoa Azul)
  • 1984 - De amor y de sombra (De amor e de sombra)
  • 1987 - Eva Luna (Eva Luna)
  • 1991 - El plan infinito (O plano infinito)
  • 1995 - Paula (Cartas a Paula)
  • 1998 - Afrodita (Afrodite)
  • 1999 - Hija de la fortuna (Filha da fortuna)
  • 2000 - Retrato en sepia (Retrato a sépia)
  • 2002 - La ciudad de las bestias (A cidade das feras (Brasil), A cidade dos deuses selvagens (Portugal))
  • 2003 - El reino del dragón de oro (O reino do dragão de ouro)
  • 2004 - El bosque de los pigmeos (O bosque dos Pigmeus)
  • 2005 - El Zorro (Zorro, começa a lenda)
  • 2006 - Inés del alma mía (Inés da minha alma)
  • 2007 - La suma de los días (A soma dos dias)
  • 2009 - La isla bajo el mar (A ilha sob o mar)
  • 2011 - El Cuaderno de Maya (O Caderno de Maya)
  • 2014 - El Juego de Ripper (O Jogo de Ripper)
  • 2015 - El amante japonés (O Amante Japonês)

Memórias[editar | editar código-fonte]

  • 2003 - Mi país inventado (O meu país inventado)

Contos[editar | editar código-fonte]

  • 1998 - Cuentos de Eva Luna (Contos de Eva Luna)
  • 1984 - La porda de porcelana
  • 1989 - "O pequeno Heidelberg" (Contos de Eva Luna)

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • El embajador (representada no Chile em 1971)
  • La balada del medio pelo (1973)
  • Los siete espejos (1974)
  • Los Tomates Del Fábio Cagón (2004)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Isabel Allende
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Isabel Allende
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.