Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo
Duquesa de Saxe-Gota e Altemburgo
Duquesa de Saxe-Gota-Altemburgo
Período 1672–1675
Antecessor(a) União Pessoal de Gota e Altemburgo
Sucessor(a) Madalena Sibila de Saxe-Weissenfels em Saxe-Gota-Altemburgo
Maria Isabel de Brunsvique-Volfembutel em Saxe-Coburgo
Maria Edviges de Hesse-Darmstadt em Saxe-Meiningen
Maria Isabel de Hesse-Darmstadt em Saxe-Römhild
Cristiana de Saxe-Merseburgo em Saxe-Eisemberga
Sofia de Waldeck em Saxe-Hildburghausen
Sofia Edviges de Saxe-Merseburgo em Saxe-Coburgo-Saalfeld
Duquesa de Saxe-Gota
Período 1640–1675
Predecessor Doroteia Maria de Anhalt
Sucessor União Pessoal de Gota e Altemburgo
 
Cônjuge Ernesto I, Duque de Saxe-Gota
Descendência João Ernesto de Saxe-Gota
Isabel Doroteia de Saxe-Gota-Altemburgo
João Ernesto de Saxe-Gota-Altemburgo
Cristiano de Saxe-Gota-Altemburgo
Sofia de Saxe-Gota-Altemburgo
Joana de Saxe-Gota-Altemburgo
Frederico I, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo
Alberto V, Duque de Saxe-Coburgo
Bernardo I, Duque de Saxe-Meiningen
Henrique de Saxe-Römhild
Cristiano de Saxe-Eisenberg
Doroteia Maria de Saxe-Gota-Altemburgo
Ernesto, Duque de Saxe-Hildburghausen
João Filipe de Saxe-Gota-Altemburgo
João Ernesto IV, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld
Joana Isabel de Saxe-Gota-Altemburgo
João Filipe de Saxe-Gota-Altemburgo
Sofia Isabel de Saxe-Gota-Altemburgo
Nascimento 10 de outubro de 1619
  Halle an der Saale, Saxe-Altemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 20 de dezembro de 1680 (61 anos)
  Gota, Saxe-Gota, Sacro Império Romano-Germânico
Pai João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo
Mãe Isabel de Brunsvique-Volfembutel, Duquesa de Saxe-Altemburgo

Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo (10 de outubro de 1619 - 20 de dezembro de 1680) foi uma princesa de Saxe-Altemburgo e, por casamento, duquesa de Saxe-Gota. Era a única filha de João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo e de Isabel de Brunsvique-Volfembutel, Duquesa de Saxe-Altemburgo.

Vida[editar | editar código-fonte]

Isabel Sofia casou-se em Altemburgo com o seu parente, Ernesto I, Duque de Saxe-Gota, no dia 24 de outubro de 1636. O seu dote incluía 20 000 florins que foram penhorados pela cidade de Roßla. Como garantia de viuvez, a noiva recebeu as cidades de Kapellendorf e Berka com o chamado Gartenhaus em Weimar.

Uma vez que, segundo as leis da Casa de Saxe-Altemburgo, as mulheres eram excluídas da herança, quando o seu pai morreu dois anos depois, a 1 de abril de 1639, foi sucedido pelo seu irmão, o duque Frederico Guilherme II.

Quando o seu primo, o duque Frederico Guilherme III, morreu sem deixar descendentes em 1672, Isabel Sofia tornou-se herdeira de todos os ramos da família de Saxe-Altemburgo, tendo por base o testamento do pai. Uma vez que a justiça acabou por reconhecer que a lei sálica não impede um agnado de deixar as suas posses em testamento a qualquer agnado da casa que deseje tornar seu herdeiro, excluindo assim outros; e se esses agnados favorecidos forem genros ou netos maternos, tal não é proibido de forma alguma.

Ernesto I de Saxe-Gota reclamou toda a sucessão de Saxe-Altemburgo, alegando ser o parente masculino mais próximo do duque bem como os direitos da sua esposa. Contudo, o outro ramo da família, os duques de Saxe-Weimar, não aceitaram este testamento, dando início a uma disputa pela sucessão.

Finalmente, os filhos de Isabel Sofia e Ernesto receberam a maior parte da herdança de Saxe-Altemburgo, mas uma parte (um quarto do ducado original) passou para o ramo de Saxe-Weimar. Assim, criou-se a linha ernestina de Saxe-Gota-Altemburgo que existiu até 1825.

Quando o duque Ernesto I morreu em 1675, os seus muitos filhos dividiram a herança (cinco oitavos de todos os ducados ernestinos em sete partes: Gota-Altemburgo, Coburgo, Meiningen, Römhild, Eisenberg, Hildburghausen e Saalfeld. Destes, Coburgo, Römhild e Eisenberg duraram apenas uma geração e os seus territórios foram divididos entre as quatro linhas que continuaram.

Destes quatro ducados, apenas dois ramos sobreviveram até aos dias de hoje: Meiningen e Saalfeld, que posteriormente se tornou a Casa de Saxe-Coburgo-Gota. Através do ramo Saalfeld, Isabel Sofia é uma antepassada directa da família real britânica.

Após a morte do marido, Isabel Sofia trocou as cidades que lhe tinham sido entregues originalmente na garantia de viuvez no tratado de casamento pelas cidades de Reinhardsbrunn e Tenneberg. Com o nome de "a Casta", pertencia à Sociedade Virtuosa.[1]

Descendência[editar | editar código-fonte]

Ernesto e Isabel tiveram dezoito filhos:

  1. João Ernesto de Saxe-Gota (18 de setembro de 163827 de novembro de 1638), morreu com um mês de idade.
  2. Isabel Doroteia de Saxe-Gota-Altemburgo (8 de janeiro de 164024 de agosto de 1709), casada com o landegrave Luís VI, Conde de Hesse-Darmstadt; com descendência.
  3. João Ernesto de Saxe-Gota-Altemburgo (16 de maio de 164131 de dezembro de 1657), morreu de varíola aos dezasseis anos de idade.
  4. Cristiano de Saxe-Gota-Altemburgo (nascido e morto a 23 de fevereiro de 1642).
  5. Sofia de Saxe-Gota-Altemburgo (21 de fevereiro de 164314 de dezembro de 1657), morreu de varíola aos catorze anos de idade.
  6. Joana de Saxe-Gota-Altemburgo (14 de fevereiro de 16457 de dezembro de 1657), morreu, possivelmente de varíola, aos doze anos de idade.
  7. Frederico I, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo (15 de julho de 16462 de agosto de 1691), casado primeiro com a duquesa Madalena Sibila de Saxe-Weissenfels; com descendência. Casado depois com Cristina de Baden-Durlach; sem descendência.
  8. Alberto V, Duque de Saxe-Coburgo (24 de maio de 16486 de agosto de 1699), casado primeiro com a duquesa Maria Isabel de Brunsvique-Volfembutel; com descendência. Casado depois com Susana Isabel Kempinsky; sem descendência.
  9. Bernardo I, Duque de Saxe-Meiningen (10 de setembro de 164927 de abril de 1706), casado primeiro com Maria Edviges de Hesse-Darmstadt; com descendência. Casado depois com Isabel Leonor de Brunswick-Wolfenbüttel; com descendência.
  10. Henrique de Saxe-Römhild (19 de novembro de 165013 de maio de 1710), casado com Maria Isabel de Hesse-Darmstadt; sem descendência.
  11. Cristiano de Saxe-Eisenberg (6 de janeiro de 165328 de abril de 1707), casado com Cristiana de Saxe-Merseburgo; com descendência. Casado depois com Sofia Maria de Hesse-Darmstadt; sem descendência.
  12. Doroteia Maria de Saxe-Gota-Altemburgo (12 de fevereiro de 165417 de junho de 1682), morreu aos vinte-e-oito anos solteira e sem descendência.
  13. Ernesto, Duque de Saxe-Hildburghausen (12 de junho de 165517 de outubro de 1715), casado com Sofia de Waldeck; com descendência.
  14. João Filipe de Saxe-Gota-Altemburgo (1 de março de 165719 de maio de 1657), morreu aos dois meses de idade, possivelmente de varíola.
  15. João Ernesto IV, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld (22 de agosto de 165817 de fevereiro de 1729), casado com Sofia Edviges de Saxe-Merseburgo; com descendência. Casado depois com Carlota Joana de Waldeck-Wildungen; com descendência.
  16. Joana Isabel de Saxe-Gota-Altemburgo (2 de setembro de 166018 de dezembro de 1660), morreu aos três meses de idade.
  17. João Filipe de Saxe-Gota-Altemburgo (16 de novembro de 166113 de março de 1662), morreu aos quatro meses de idade.
  18. Sofia Isabel de Saxe-Gota-Altemburgo (19 de maio de 166323 de maio de 1663), morreu com quatro dias de idade.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo em três gerações[2]
Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo Pai:
João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo
Avô paterno:
Frederico Guilherme I, Duque de Saxe-Weimar
Bisavô paterno:
João Guilherme, Duque de Saxe-Weimar
Bisavó paterna:
Doroteia Susana do Palatinado-Simmern
Avó paterna:
Ana Maria do Palatinado-Neuburgo
Bisavô paterno:
Filipe Luís do Palatinado-Neuburgo
Bisavó paterna:
Ana de Cleves
Mãe:
Isabel de Brunswick-Wolfenbüttel
Avô materno:
Henrique Júlio, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Bisavô materno:
Júlio, Duque de Brunsvique-Volfembutel
Bisavó materna:
Edviges de Brandemburgo
Avó materna:
Isabel da Dinamarca
Bisavô materno:
Frederico II da Dinamarca
Bisavó materna:
Sofia de Mecklemburgo-Güstrow

Referências

  1. Erika Alma Metzger, Richard E. Schade: Sprachgesellschaften, galante Poetinnen, Daphnis, Amsterdam 1988, p. 622.
  2. The Peerage, consultado a 24 de fevereiro de 2013
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo