Isabel d'Este, Duquesa de Parma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre Isabel d'Este, Duquesa de Parma. Se procura a Marquesa de Mântua do mesmo nome, veja Isabel d'Este.
Isabel d’Este
Princesa de Módena e Régio
Retrato por Frans Denys.
Duquesa Consorte de Parma e Placência
Reinado 18 de fevereiro de 1664 - 17 de agosto de 1666
Consorte Rainúncio II Farnésio
Predecessora Margarida Iolanda de Saboia
Sucessora Maria d'Este
 
Casa Este (por nascimento)
Farnésio (por casamento)
Nascimento 3 de outubro de 1635
  Módena
Morte 21 de agosto de 1666 (30 anos)
  Parma
Filho(s) Margarida Maria Farnésio
Teresa Farnésio
Eduardo, Príncipe herdeiro de Parma
Pai Francisco I d’Este
Mãe Maria Catarina Farnésio

Isabel d'Este (em italiano: Isabella d'Este; 3 de outubro de 163521 de agosto de 1666) foi uma nobre italiana membro da Família Este e que viria a ser Duquesa de Parma e Placência como segunda mulher do Duque Rainúncio II Farnésio.

Era a avó paterna da célebre rainha de Espanha, Isabel Farnésio.

Princesa de Módena[editar | editar código-fonte]

Isabel era filha do duque de Módena Francisco I d’Este e de Maria Catarina Farnésio, filha de Rainúncio I Farnésio, Duque de Parma. Era irmã de dois duques de Módena, Afoonso IV d’Este (1634–1662) e Reinaldo d'Este (1655–1737).

Após a morte de sua mãe o pai voltou a casar duas vezes.

Duquesa de Parma[editar | editar código-fonte]

Após a morte da sua primeira mulher, Margarida Iolanda de Saboia, Rainúncio II casou em 1663 com a sua prima co-irmã Isabel. O casal só se veio a conhecer a 18 de fevereiro de 1664, quando Isabel chegou a Parma. Para a ocasião foi preparada uma grandiosa celebração com espetáculos musicais. O casal veio a ter três filhos, e todos atingiram a idade adulta. No entanto, só Eduardo, Príncipe herdeiro de Parma, viria a ter geração; ele foi o pai de Isabel Farnésio, rainha de Espanha e antepassada da maior parte da realeza moderna.

Mas o nascimento do filho revelou-se fatal para Isabel, que morreu de complicações pós-parto morrendo nove dias depois, em 21 de agosto, em Colorno. Foi sepultada no Santuário de Santa Maria della Steccata, na cidade de Parma a 23 de agosto. O marido, voltou a casar em outubro de 1668 com a sua irmã Maria d'Este, de quem teve sete filhos, entre os quais se contam os dois últimos Duques soberanos de Parma da casa Farnésio.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  1. Margarida Maria Farnésio (24 de novembro de 1664 - 17 de Junho de 1718) que casou com Francisco II de Módena, sem geração;
  2. Teresa Farnésio (10 de outubro de 1665 - 9 de novembro de 1702), freira
  3. Eduardo (II) Farnésio, (12 de agosto de 1666 - 6 de setembro de 1693), príncipe herdeiro, casou com Doroteia Sofia de Neuburgo, pais de Isabel Farnésio.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

Títulos e tratamentos[editar | editar código-fonte]

Fontes/Biografia[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Isabel d'Este, Duquesa de Parma
Precedida por:
Margarida Iolanda de Saboia
Armoiries Parme 1592.svg
Duquesa de Parma e Placência

1664 - 1666
Sucedida por:
Maria d'Este