Isabel da Inglaterra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Isabel I de Inglaterra.
Isabel
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico
Reinado 15/20 de julho de 12351 de dezembro de 1241
Antecessor(a) Isabel II de Jerusalém
Sucessor(a) Margarida II de Hainaut
Rainha da Germânia
Reinado 15/20 de julho de 1235 – maio de 1237
Predecessor Margarida da Áustria
Sucessor Isabel da Baviera
Rainha da Sicília
Reinado 15/20 de julho de 12351 de dezembro de 1241
Predecessor Isabel II de Jerusalém
Sucessor Isabel da Baviera
 
Cônjuge Frederico II da Germânia
Descendência Jordano
Inês
Henrique
Margarida da Sicília
Casa Plantageneta
Hohenstaufen
Nascimento 1214
  Gloucester, Inglaterra
Morte 1 de dezembro de 1241 (26/27 anos)
  Foggia, Apúlia, Itália
Enterro Catedral de Andria, Apúlia, Itália
Pai João de Inglaterra
Mãe Isabel de Angoulême


Isabel da Inglaterra (em inglês: Isabella; Gloucester, 1214Foggia, 1 de dezembro de 1241) foi a filha do rei João de Inglaterra e de sua segunda esposa, a condessa Isabel de Angoulême. Ela era a segunda menina a nascer dessa união.

Família[editar | editar código-fonte]

Seus avós paternos eram Henrique II de Inglaterra e Leonor da Aquitânia e seus avós maternos eram Aimer de Angoulême e Alice de Courtenay.

Seus irmãos por parte de pai e mãe eram:

Após a morte de seu pai em 19 de outubro de 1216, sua mãe se casou novamente em 10 de maio de 1220 com Hugo X de Lusignan, de quem ela foi noiva antes de seu casamento com o Rei[1]. Isabel teve nove meios-irmãos:

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em um encontro com Frederico II da Germânia em Rieti, o Papa Gregório IX sugeriu que ele se casasse com Isabel. A primeira reação do Imperador foi o medo de perder seus aliados franceses, mas após considerar que esse casamento poderia acabar com o conflito entre França e Inglaterra que ocorria em razão das possessões de terras pelos ingleses em territórios franceses, ele aceitou a ideia. O noivado foi formalizado em fevereiro de 1235.

Para arrumar o dote requerido por Frederico, Henrique III foi obrigado a aumentar os impostos para poder dar ao Imperador os 30.000 marcos exigidos. Esse dinheiro era destinado à financiar as guerras do Imperador no Norte da Itália.

Isabel tinha 20 anos à época, e seu futuro marido já ficara viúvo por duas vezes e agora tinha 40 anos. Em rumo ao seu casamento, Isabel retirou o véu tradicional que cobria seu rosto, encantando as mulheres locais de Colônia.

O casamento de Isabel e Frederico.

O casal se casou na Catedral de Worms em 15 ou 20 de julho de 1235, onde a jovem princesa foi coroada Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico, Rainha da Germânia e Rainha da Sicília. Seu marido lhe presentou com o Monte Sant'Angelo, em Foggia.

Na corte, ela fazia parte do harém de seu marido, que incluía mulheres da Arábia, contando com a presença de eunucos negros[2]. Frederico a autorizou a manter apenas duas damas de companhias inglesas, Margarida Biset e Kathrein, enquanto as outras foram mandadas de volta.

A imperatriz vivia em isolamento no castelo de Noventa Padovana, na Itália, sendo visitada regularmente pelo esposo. Quando seu irmão, Ricardo, 1.º Conde da Cornualha voltou das Cruzadas, ele recebeu permissão para visitá-la, porém à sua irmã não foi permitido estar presente na recepção oficial.

Enquanto a Corte Imperial estava em Foggia, a rainha deu à luz seu último filho, morrendo em seguida. Foi enterrada ao lado da esposa anterior de Frederico, Isabel II de Jerusalém, na Catedral de Andria.

Filhos[editar | editar código-fonte]

  • Jordano (nascido e morto em 1236) - pode ter sido chamado também de Frederico e Carlos Otão
  • Inês (nascida e morta em 1237)
  • Henrique (18 de janeiro de 1238 - maio de 1254)
  • Margarida da Sicília (1 de dezembro de 1241 - 8 de agosto de 1270) - condessa de Turíngia como esposa de Alberto II de Meissen, com quem teve cinco filhos.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Isabel da Inglaterra
Nascimento: 1214 Morte: 1 de dezembro de 1241
Títulos reais
Precedido por:
Margarida da Áustria
Rainha da Germânia
15/20 de julho de 1235 – maio de 1237
Sucedido por:
Isabel da Baviera
Precedido por:
Isabel II de Jerusalém
Rainha da Sicília
15/20 de julho de 12351 de dezembro de 1241
Sucedido por:
Isabel da Baviera
Precedido por:
Isabel II de Jerusalém
Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico
15/20 de julho de 12351 de dezembro de 1241
Sucedido por:
Margarida II de Hainaut

Referências

  1. Michealfamily.ch
  2. Goldstone 2007, p.43-44
  3. Carpenter 2004, pp. 532–536
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Isabel da Inglaterra