Isabel de Clarence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Isabel
Princesa do Reino Unido
Efígie por William Scoular
Casa Hanôver
Nome completo
Isabel Jorgiana Adelaide
Nascimento 10 de dezembro de 1820
  Palácio de St. James, Londres, Inglaterra
Morte 4 de março de 1821 (2 meses)
  Palácio de St. James, Londres, Inglaterra
Enterro Capela de São Jorge, Windsor, Berkshire, Inglaterra
10 de março de 1821
Pai Guilherme IV do Reino Unido
Mãe Adelaide de Saxe-Meiningen

Isabel de Clarence (Londres, 10 de dezembro de 1820 – Londres, 4 de março de 1821) foi a filha de Guilherme, Duque de Clarence e St. Andrews (futuro rei Guilherme IV) e Adelaide de Saxe-Meiningen. Era neta de Jorge III do Reino Unido e prima de Vitória do Reino Unido.

Depois de sofrer um aborto e ter uma filha que morreu pouco depois do nascimento, a terceira gravidez de Adelaide também não prosseguiu como esperado. Ela deu à luz a uma menina seis semanas prematura, que foi batizada no mesmo dia por William Howley, então Bispo de Londres.

Guilherme e Adelaide queriam chamar a menina de "Jorgina", porém o rei Jorge IV pediu que ela se chamasse "Isabel". O casal concordou e ela foi batizada "Isabel Jorgiana Adelaide". Ela viveu o resto de seus dias no Palácio de St. James. Depois de "ser tomada repentinamente com a doença fatal" na cárdia, Isabel morreu com doze semanas de idade. Adelaide sofreria mais três abortos após a morte da filha.

Isabel foi enterrada na Capela de São Jorge, no Palácio de Windsor, em 10 de março de 1821. Durante sua curta vida, ela permaneceu à frente de Vitória na linha de sucessão ao trono britânico.