Isbosete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Isboset)
Isbosete
Rei de Israel
Morte de Isbosete representada em uma Ilustração da Bíblia de Morgan.
Reinado 1003 - 1000 a.C
Antecessor(a) Saul
Sucessor(a) Davi
Nascimento 1043 a.C.
Morte 1000 a.C.
Enterro Hebrom
Pai Saul
Mãe Ainoã

Isbosete (português brasileiro) ou Is-Boset (português europeu) [n 1], também chamado de Isbaal (em hebraico: אֶשְׁבַּעַל), Ele foi um dos quatro filhos do Rei Saul, e foi escolhido como o segundo rei do Reino de Israel após as mortes de seu pai e de seus três irmãos na Batalha do Monte Gilboa.

Seu curto reinado e morte[editar | editar código-fonte]

Isbosete foi proclamado rei de Israel por Abner, o capitão do exército de Saul, em Maanaim (II Samuel 2:8), depois de seu pai e irmãos serem mortos na batalha de Gilboa (I Samuel 31:1). Isbosete estava com quarenta anos de idade nessa ocasião e reinou sobre Israel por dois anos (II Samuel 2:10). Contudo, uma outra facção proclamou Davi rei, o que levou a uma guerra entre eles (II Samuel 2:12). A facção de Davi levava vantagem sobre a de Isbosete (II Samuel 3:1), porém, a guerra só encerrou quando Abner juntou-se a Davi (II Samuel 3:6). A condição imposta por Davi para terminar com a guerra, foi a de que Isbosete devolvesse sua esposa Mical antes da paz ser feita, o que foi aceita por Isbosete (II Samuel 3:14), mas ela só ocorreu após a morte de Abner, a quem Isbosete mantinha as esperanças de manter seu poder (II Samuel 4:1).

Ilustração da morte de Isboset, na Bíblia Morgan, década de 1240.

Isbosete foi morto e decapitado por dois de seus próprios capitães, Recabe e Baaná (II Samuel 4:5), que esperavam ser recompensados por Davi; ele, ao invés disso os puniu e os matou como traidores, e enterrou Isbosete e sua cabeça no túmulo de Abner em Hebrom (II Samuel 4:12).

Precedido por
Saul
Rei de Israel
Sucedido por
Davi

Árvore Genealógica[editar | editar código-fonte]

Raquel
Jacó
Lia
Benjamim
Judá
Afias
Rúben
Becorate
Zeror
Abiel
Boaz
Quis
Obede
Saul
Jessé
Jônatas
Abinadabe
Mauquisua
Isbosete
Mical
Davi
Betsabá
Mefibosete
Salomão
Mica
Roboão
Pitom
Meleque
Tareá
Acaz
Jeoada
Alemete
Azmavete
Zinri
Moza
Bineá
Rafa
Eleasá
Azael
Eseque
Azricão
Bocru
Ismael
Searias
Obadias
Hanã
Ulão
Jeús
Elifelete


O nome Isbosete[editar | editar código-fonte]

Por muitos séculos o nome Isbosete foi encontrado exclusivamente na Bíblia. Em 2015, porém, arqueólogos israelenses revelaram ter descoberto uma inscrição com este nome em um artefato da antiguidade pela primeira vez. Ao juntarem os pedaços, localizados em 2012, de um recipiente de barro do século X a.C. os pesquisadores encontraram as palavras “Eshbaal da tri Ben Beda”, em caracteres caananitas,[1] configurando assim o primeiro registro deste nome em fontes extra-bíblicas.[2]

Referências

  1. Jewish and Israel news (16 de junho de 2015). «King David-era inscription pieced together from broken jug». Consultado em 17 de junho de 2015 
  2. Revista Veja (16 de junho de 2015). «Jarro de 3.000 anos com nome de personagem bíblico é encontrado». Consultado em 17 de junho de 2015 
  1. Isboset ben ShaulISBOSET — em Hebraico: אִישְׁבֹּשֶׁת, Moderno Īšbōšeṯ Tiberiano Īš-Bōšeṯ; em grego clássico: šbōšeṯ; romaniz.: Sbóset; em latim: Isbosheth, Isbosete; Ge'ez: ኢስቦሴት, Ysbosit; Em árabe.: اسبوسيت; possivelmente significando "homem de vergonha"


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.