Isidor Gunsberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gunsberg
Informações pessoais
Nome completo Isidor Gunsberg
Nascimento 2 de novembro de 1854[1]
Budapeste[1]
Nacionalidade  Inglaterra
Morte 2 de maio de 1930 (75 anos)[1]
Conquistas
Nova Iorque 1889 (3º)

Isidor Arthur Gunsberg foi um proeminente enxadrista profissional do final do século XIX e jornalista. Também é conhecido por ter operado o autômato Mephisto e ter sido o desafiante ao título mundial de xadrez em 1891.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Gunsberg iniciou sua carreira enxadrística operando o autômato Mephisto em Londres e por volta dos 25 anos decidiu prosseguir com sua carreira participando em torneios de alto nível. Em 1885, impressionou o mundo do xadrez ao vencer o torneio internacional de Hamburgo ficando a frente de grandes enxadristas da época como Blackburne, Tarrasch, Englisch, Mason, Weiss e Mackenzie. No ano seguinte venceu novamente Blackburne e Bird e em 1887 dividiu o primeiro lugar do fortíssimo torneio internacional de Londres com Burn ficando a frente de Zukertort.

Steinitz havia decidido que aceitaria como desafiante o vencedor do 6º Congresso Americano de Xadrez e após a recusa dos vencedores, Chigorin e Max Weiss, Gunsberg que havia ficado em terceiro lugar aceitou o desafio do campeão. A disputa do título ocorreu em Nova Iorque e depois de 19 partidas Steinitz confirmou sua superioridade sobre Gunsberg vencendo-o por 6+9=4-. Gunsberg foi um dos jornalistas que mais editou colunas sobre xadrez em todos os tempos e foi um dos poucos que conseguiu viver em função do jogo na época. Ele também organizou vários torneios sendo um dos mais importantes o de Ostend em 1906 onde a carreira de Akiba Rubinstein foi lançada.[2][3]

Principais resultados em torneios[editar | editar código-fonte]

Data Local Colocação Observações
1889 Nova Iorque 1889 3 Vencido por Max Weiss, com Mikhail Chigorin em segundo e Joseph Henry Blackburne em quarto.[4]
1904 Monte Carlo 1904 4 Vencido por Geza Maroczy, Carl Schlechter em segundo e Frank Marshall em terceiro.[5]


Referências

  1. a b c Golombek (1977), p.134
  2. *HOOPER, David e WYLD, Kenneth. The Oxford Companion to Chess. Londres : Oxford University Press. p. 137
  3. «New York 1889 and 1924» (em inglês). Consultado em 14 de dezembro de 2013 
  4. «New York 1889» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2016 
  5. «1904 Monte Carlo». Consultado em 7 de janeiro de 2016 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]