Isinu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Isinu
Mensageiro oficial de Enqui
Selo de Ada mostrando Isinu, com duas faces, junto com seu mestre Enqui, Inana e Utu.
Outro(s) nome(s) Isimude, Usmu

Isinu, Usmu[1] ou Isimude é um personagem da mitologia suméria, sendo o mensageiro pessoal de Enqui, ajudou a prender Apsu sob o encanto do sono eterno. E habitou com seu senhor na morada de Apsu, até que Marduque venceu Tiamate. Possuía duas faces que olhavam para lados opostos.[1] De acordo com a lenda Inana e Enqui, Isimude sempre estava a dispor de seu mestre Enqui que lhe dizia:

"Isimude, meu ministro, meu doce nome do céu!" [...] "Já que ela disse que ainda não partiria daqui para Unugue Culaba, que ela ainda não partiria daqui para o lugar onde Utu ..., eu ainda posso alcançá-la? [...] "Onde estão o cargo de en padre, o escritório do lagar sacerdote, a divindade, o grande e bom coroa, trono real?" [...][2]

Nesta lenda, ele é quem cumprimenta Inana quando ela chega ao templo E-Apsu em Eridu. Isimude também é aquele que informa Enqui que os mes foram roubados.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Gods». www.mesopotamia.co.uk. Consultado em 18 de setembro de 2020 
  2. a b «The Electronic Text Corpus of Sumerian Literature». etcsl.orinst.ox.ac.uk. Consultado em 18 de setembro de 2020