Istituto centrale per il catalogo unico delle biblioteche italiane e per le informazioni bibliografiche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Istituto centrale per il catalogo unico delle biblioteche italiane e per le informazioni bibliografiche
Resumo da estatal
Jurisdição Nacional
Sede Roma Viale Castro Pretorio, 105
Sítio oficial http://www.iccu.sbn.it/

O Istituto centrale per il catalogo unico delle biblioteche italiane e per lhe informazioni bibliografiche, mais conhecido pela sigla ICCU, (em português: «Instituto central para o catálogo unificado das bibliotecas italianas e da informação bibliográfica») é um organismo público italiano que tem o objectivo principal de coordenar, promover e gerir o catálogo e a rede do Serviço Nacional de Bibliotecas.

A ICCU relevou em 1975 ao preexistente Centro nazionale per il catalogo unico, instituição que a sua vez tinha sido criada em 1951 para catalogar o património bibliográfico nacional.

O instituto promove e elabora para todo o território nacional programas, estudos e iniciativas científicas de catalogação, inventário e digitalização do património bibliográfico e documentário que se conserva nas bibliotecas pertencentes ao estado e a outras entidades públicas e privadas italianas. Também desempenha uma função de coordenação em relação com as autoridades locais no âmbito de documentação, valorização e difusão do património cultural que possuem as bibliotecas com o propósito de definir um sistema nacional de serviços.

Actividades e funções[editar | editar código-fonte]

O ICCU desenvolve as actividades e cumpre as funções seguintes:

  • Coordena, promove e gere o catálogo e a rede do Serviço Nacional de Bibliotecas, organiza os serviços de serviços interbiblibliotecário e emite documentos.
  • Coordena, promove e gere os #banco# de dados nacionais relacionadas com o registro de manuscritos e de sua bibliografia, o registro e bibliografia do livro antigo, e a inscrição nas bibliotecas italianas.
  • Gere os procedimentos conforme ao Serviço Nacional de Bibliotecas do aplicativo da gestão das bibliotecas.
  • Promove e coordena o desenvolvimento das regulações nacionais e promove normas e regulares internacionais, garantindo a uniformidade do catálogo e a produção de ferramentas de controle bibliográfico.
  • Desde o ano 2009 é a Agência Nacional de Itália para a atribuição do código de ISIL, da qual a realizado a tradução.[1][2][3]
  • Participa a nível internacional na produção e actualização de normas e formatos bibliográficos.
  • Promove e coordenar o desenvolvimento de normas e directrizes relativas à digitalização do património bibliográfico e documentário, nos aspectos referidos ao arquivo, gestão, conservação e acesso aos recursos digitais.
  • Coordena o rastreamento de projectos de digitalização e é responsável pela publicação e uso dos recursos digitais, integrando com o catálogo SBN.
  • Coordena o portal Internet Culturale.
  • Organiza as actividades de formação nas diferentes áreas, elaborando de programas didácticos tradicionais e de aprendizagem a distância;
  • Participa em projectos internacionais no campo da difusão de informação e digitalização, tais como CERL, DPE, Michael, TEL e Europeana.
  • Desenvolve actividade editorial.

As actividades, linhas directrizes técnicas e de investigação promovem-se e executam de conformidade com as direcções gerais do Ministério de Património e Cultura e a Direzione generale per i beni librari (Direcção Geral de Bibliotecas), os institutos culturais e de direitos de autor.

Referências

  1. Istituto centrale per il catalogo unico delle biblioteche italiane e per le informazioni bibliografiche, ed. (19 de fevereiro de 2009). «ICCU Agenzia di Registrazione del codice ISIL per le biblioteche italiane». Consultado em 3 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 29 de abril de 2017 
  2. Istituto centrale per il catalogo unico delle biblioteche italiane e per le informazioni bibliografiche (ed.). «Codice Isil». Anagrafe delle biblioteche italiane 
  3. Istituto centrale per il catalogo unico delle biblioteche italiane e per le informazioni bibliografiche (ed.). «Commissione tecnica UNI / DIAM»