Itaguaí Atlético Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Itaguaí
Itaguaí-RJ.png
Nome Itaguaí Atlético Clube
Alcunhas Azulão
Torcedor/Adepto Itaguaiense
Fundação 18 de dezembro de 1947 (71 anos)
Estádio Benedito Amorim
Capacidade 500
Presidente Junior Davera
Website Facebook
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Itaguaí Atlético Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Itaguaí, no estado do Rio de Janeiro, fundada a 18 de dezembro de 1947.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Clube detentor de sede social e praça de esportes própria, o Benedito Amorim, o Itaguaí estreou na Terceira Divisão de Profissionais em 1987. Ficou em último em sua chave na fase de classificação, sendo logo eliminado da competição.

Em 1988, se classifica em terceiro na primeira fase, chegando à segunda. Nesta, consegue o primeiro lugar, superando União Esportiva Coelho da Rocha e Frigorífico Atlético Clube. Na fase semi-final, porém, é superado pelo América Futebol Clube, de Três Rios, que chega à final e é superado pelo União Nacional Futebol Clube.

Em 1989, fica em sétimo lugar na sua chave e é precocemente eliminado do restante da competição.

Em 1990, faz o seu último campeonato como equipe profissional. Se classifica em quarto na primeira fase, chegando à fase final. Termina na quinta colocação geral do campeonato.

Após esse período de intensas disputas, o clube de Itaguaí abandona as disputas de caráter profissional, voltando-se apenas para os certames organizados pela liga amadora de sua cidade.

Há planos para o tão sonhado retorno à Terceira Divisão de Profissionais algum dia.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Rio de Janeiro Série B2 4 Semifinais (1988) 1987 1990

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra