Ithaca Chasma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tétis e Ithaca Chasma.

Ithaca Chasma é um vale em Tétis, um satélite de Saturno, nomeado em referência à ilha de Ithaca, na Grécia.[1] Essa formação geológica possui 100 km de largura, de 3 a 5 km de profundidade e 2,000 km de extensão, percorrendo três quartos da circunferência de Tétis. Ithaca Chasma é aproximadamente concêntrico à cratera Odysseus.[2]

Esse chasma possui uma estrutura bastante complexa, sendo constituído de várias escarpas paralelas. Sua largura varia de poucos quilômetros em algumas partes até 100 km em outras.[2] Estima-se que a idade geológica de Ithaca Chasma seja de 4.0 ou 0.4–3.3 bilhões de anos dependendo da cronologia de impacto escolhida. O chasma parece ser um pouco mais jovem que a cratera Odysseus.[3] Acredita-se que Ithaca Chasma tenha se formado enquanto a água líquida interna de Tétis se solidificou, fazendo com que a lua se expandisse e rompesse sua superfície para acomodar o volume extra em seu interior.[2] Todas as crateras mais antigas, originadas anteriormente à solidificação de Tétis foram provavelmente apagadas da superfície pela atividade geológica anterior.[3]

Rendição artística de Ithaca Chasma.

A superfície do oceano de Tétis pode ter sido resultante de uma ressonância orbital de 2:3 entre Dione e Tétis nos primórdios da história do sistema solar. A ressonância teria levado a uma excentricidade orbital e desaceleração de maré que teria aquecido o interior de Tétis suficientemente para causar a formação de um oceano. Um congelamento subsequente ao momento em que as luas escaparam da ressonância pode ter gerado as tensões que criaram Ithaca Chasma.[4][5]

Uma hipótese alternativa é a de que Ithaca Chasma teria se formado no mesmo período de formação da grande cratera Odysseus, que se situa no lado oposto da lua. Quando o impacto que criou Odysseus ocorreu, uma onda de choque pode ter percorrido Tétis e fraturado a superfície congelada e quebradiça, no hemisfério oposto.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

Imagem aproximada da terminação sul de Ithaca Chasma.
  1. Tethys Nomenclature: Chasma, chasmata—USGS Astrogeology Research Program
  2. a b c d Moore, Jeffrey M.; Schenk, Paul M.; Bruesch, Lindsey S. et.al. (2004). «Large impact features on middle-sized icy satellites» (pdf). Icarus. 171: 421–43. Bibcode:2004Icar..171..421M. doi:10.1016/j.icarus.2004.05.009 
  3. a b Giese, Bernd; Roland (1 de novembro de 2007). «Tethys: Lithospheric thickness and heat flux from flexurally supported topography at Ithaca Chasma». Geophysical Research Letters (em inglês). 34 (21): L21203. ISSN 1944-8007. doi:10.1029/2007GL031467 
  4. Chen, E. M. A.; Nimmo, F. (março de 2008). «Thermal and Orbital Evolution of Tethys as Constrained by Surface Observations» (PDF). Lunar and Planetary Science XXXIX (2008). Consultado em 14 de março de 2008 
  5. Rincon, Paul (14 de março de 2008). «Saturn moon 'once had ocean'». BBC News. BBC. Consultado em 14 de março de 2008