Itochu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Itochu Corporation (伊藤忠商事株式会社, Itōchū Shōji Kabushiki-gaisha?) é uma empresa do Japão, baseada em Umeda,Kita-ku, Osaka e Aoyama, Minato.

Itochu é a terceira maior empresa japonesa, depois da Mitsubishi Corporation e Mitsui & CO[1].

Entre tradings japonesas, distingue-se por não ser descendente de um grupo histórico chamado zaibatsu, pela força de seus negócios têxteis e pela força de suas operações na China. [1] Tem seis principais divisões operacionais especializadas em produtos têxteis, metais / minerais, alimentos, máquinas, produtos químicos e energia / TIC / general produtos / imobiliário.

Itochu foi ranqueado na posição 174 na lista Fortune Global 500 empresas.[2]

No Brasil e no restante da América Latina,[3] seus executivos representavam os interesses comerciais da Nintendo, antes da formação da Playtronic, a parceria entre a empresa japonesa de jogos com a Estrela e a Gradiente.[4] Ainda em 1991, chegou a participar ativamente da introdução de produtos da Nintendo no Brasil.[5] Foi responsável pela introdução experimental do Game Boy no país, em outubro de 1991.[3]

Em agosto de 2014, a Bunge comprou cotas da JB BioEnergy, da holding japonesa Itochu Corporation referene a 20% do capital social das usinas Agroindustrial Santa Juliana e Pedro Afonso Açúcar e Bioenergia. As duas usinas têm foco na produção do açúcar e etanol.[6]

Referências

  1. «"Here Come the Sogo Shosha"». Strategy Business. Consultado em 20 de Agosto de 2014 
  2. «"Global 500"». Fortune. Consultado em 20 de Agosto de 2014 
  3. a b p. 9 do caderno "Economia". «Game Boy chega às lojas Mesbla». O Estado de S. Paulo. 112 (35791). 41 páginas. 15 de outubro de 1991. ISSN 1516-2931 
  4. caderno "Dinheiro". «Estrela e Gradiente trazem jogos Nintendo». São Paulo. Folha de S. Paulo. 73 (23360): 2-13. 18 de março de 1993. ISSN 1414-5723. Consultado em 9 de março de 2014 
  5. Bassi, Silvia; Fatima Yamamoto (19 de junho de 1991). caderno "Informática (6)". «Nintendo: a fera japonesa arma suas garras na direção do Brasil». São Paulo. Folha de S. Paulo. 71 (22722). 1 páginas. ISSN 1414-5723. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  6. «"Cade aprova compra pela Bunge de fatia da Japonesa Itochu"». Exame. Consultado em 20 de Agosto de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.