Itzhak Shum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Itzhak Shum
יצחק שום
Informações pessoais
Nome completo Itzhak Shum
Data de nasc. 1 de Setembro de 1948 (66 anos)
Local de nasc. Chişinău,  União Soviética
Nacionalidade Moldávio e israelense
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
1959-1983 Israel Hapoel Kfar Saba
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1966–1983 Israel Hapoel Kfar Saba 455 (71)
Seleção nacional
1969–1981 Flag of Israel.svg Israel 78 (10)
Itzhak Shum
יצחק שום
Informações pessoais
Nome completo Itzhak Shum
Data de nasc. 1 de Setembro de 1948 (66 anos)
Local de nasc. Chişinău,  União Soviética
Nacionalidade Moldávio e israelense
Informações profissionais
Times que treinou
1985-1986
1990-1991
1993–2001
1998–2000
2001-2002
2002-2003
2003-2004
2004-2005
2005
2006
2007-2008
2009-2010
2010-2011
Israel Maccabi Sha'arayim
Israel Beitar Tel Aviv
Flag of Israel.svg Israel (aux. técnico)
Flag of Israel.svg Israel sub-21
Israel Hapoel Kfar Saba
Israel Maccabi Haifa
Grécia Panathinaikos
Bulgária Litex Lovech
Rússia Alania Vladikavkaz
Israel Hapoel Tel Aviv
Israel Beitar Jerusalém
Israel Beitar Jerusalém
Chipre Alki Larnaca












Itzhak Shum - em hebraico, יצחק שום (Chişinău, 1 de setembro de 1948) - é um ex-futebolista judeu moldavo que defendeu a Seleção Israelense.

Como jogador, defendeu apenas o Hapoel Kfar Saba, clube onde foi revelado em 1959 e onde se profissionalizou em 1966. Atuou profissionalmente pelos verdes até 1983, ano em que se despediu dos gramados, e onde voltaria já como técnico, em 2000.

Seu maior feito foi ter integrado a delegação israelense na única Copa do Mundo que esta disputou, a de 1970, onde o time não chegou a passar da primeira fase, embora tivesse obtido um heroico empate com a tradicional Itália. A participação de Israel na Copa fez com que Shum se tornasse o primeiro - e até agora único - atleta moldávio a disputar um Mundial. Ainda esteve presente com a Seleção nas Olimpíadas de 1968 e 1976.

Como treinador, Shum iniciou a carreira em 1985, no Maccabi Sha'arayim. Trabalhou também no Beitar Tel Aviv e como auxiliar-técnico na Seleção Israelense, treinando ainda a equipe Sub-21. Teve destaque no comando técnico do Maccabi Haifa, fazendo deste o único clube de Israel a chegar na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA, com direito a vitória sobre o Manchester United, e por ter, em uma mesma temporada, feito o Panathinaikos conquistar o campeonato grego e a Copa da Grécia. Esteve ainda à frente dos comandos de Litex Lovech, Alania Vladikavkaz, Hapoel Tel Aviv e Beitar Jerusalém.

Seu último trabalho como treinador foi na temporada 2010-11, no Alki Larnaca do Chipre.