Ivanka Trump

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde janeiro de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ivanka Trump
Ivanka Trump durante a tomada de posse presidencial de Donald Trump em 20 de janeiro de 2017
Nome completo Ivanka Marie Trump
Nascimento 30 de outubro de 1981 (35 anos)
Nova York, NY
 Estados Unidos
Residência Manhattan, Nova York
Nacionalidade Norte-americana
Progenitores Mãe: Ivana Trump
Pai: Donald Trump
Cônjuge Jared Kushner (c. 2009)
Filho(s) 3
Alma mater Universidade da Pensilvânia
Ocupação Empresária, Escritora e Modelo
Período de atividade 1997-presente
Filiação Partido Republicano
Cargo Vice-presidente executiva da The Trump Organization
Religião Judaica
Página oficial
www.ivankatrump.com
www.ivankatrumpfinejewelry.com

Ivanka Marie Trump (Nova York, 30 de outubro de 1981) é uma empresária americana, escritora e ex-modelo.

Ivanka é filha da ex-modelo Ivana Trump com o empresário e presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.[1] É vice-presidente executiva do departamento de Desenvolvimento e Aquisições do grupo empresarial The Trump Organization, e está envolvida em todos os aspectos na empresa de venda de imóveis, hotéis e gestão de iniciativas.Lançou sua própria marca, Ivanka Trump. É casada com o incorporador de imóveis e investidor Jared Kushner, desde 2009, com quem teve três filhos.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Negócios[editar | editar código-fonte]

Ivanka Trump em 2007.

Antes de entrar para os negócios de sua família, Ivanka trabalhou recentemente para a Forest City Realty Trust, em 2007 juntou-se com a Dinamica Diamond Corp., uma companhia de empreendimentos de diamantes, para projetar e introduzir uma linha de joias na loja de varejo da marca que tem seu nome, Ivanka Trump, na Madison Avenue[3]. É atualmente CEO do conglomerado empresarial The Trump Organization, trabalhando em conjunto com seus irmãos Donald Trump Jr. e Eric Trump, serviu em um conselho de 100 Mulheres no Fundo Hedge, uma organização da industria que fornece suporte para as mulheres profissionais em finanças, tem sua própria linha de artigos de moda, incluindo roupas, bolsas, sapatos e acessórios. Está disponível na maioria das grandes lojas de departamento dos EUA, sua marca tem sido alvo de críticas por supostamente copiar projetos de outros designers, e pela PETA e outros ativistas de direitos dos animais pelo uso de peles de coelhos. Em 2016, a U.S. Consumer Product Safety Commission, Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA, lembrou "de Ivanka Trump" com a marca de lenços, pelo fato deles não atenderem as normas federais. Outra análise, também em 2016, observou que a maior parte da linha de moda foi produzida fora dos EUA.

Modelo[editar | editar código-fonte]

Foi capa em 1997 aos dezessete anos, desde então tem andado em passarelas de moda para Versace, Marc Bouwer e Thierry Mugler. Fez campanhas publicitárias para Tommy Hilfiger e Sassoon, destacou-se nas capas da Forbes, Golf Magazine, Avenue Magazine, Elle México e Top Choice Magazine, em outubro de 2007 na edição da Harper's Bazaar, diversas vezes foi destaque também na Love FMD magazine.

Ficou posição 83 em 2007 na Maxim Hot 100. Ela colocou também o Número 99 no Top 99 das Mulheres de 2007 e, em seguida, em 84, na edição de 2008 no AskMen.com.

Aparições na televisão[editar | editar código-fonte]

Em 2006, substituiu Carolyn Kepcher em cinco episódios e nas temporadas seguintes no programa de televisão de seu pai, “The Apprentice 5”, O Aprendiz[4], a primeira vez junto com seu pai, Trump, visitou o local de tarefas e falou com as equipes concorrentes, fazendo-lhes perguntas incisivas. Ela também avaliou participantes na sala de reuniões, apontando erros críticos e refutando desculpas que os participantes ofereceram quando perderam as provas. Apesar de inicialmente ser antipática com os competidores do reality, Ivanka disse mais tarde: "Sempre que eu vejo as suas avarias, eu entendo. São praticamente 24 horas por dia e cada tarefa leva cerca de três dias ao menos que ganhem, eles não têm um dia de folga... É uma quantidade incrível de trabalho...". Ivanka colaborou com a temporada 5, tendo o vencedor o participante Sean Yazbeck.

Causas Sociais e Políticas[editar | editar código-fonte]

Ivanka Trump em um comício de seu pai em Aston, Pensilvânia (setembro de 2016)

Ivanka Trump disse a respeito de suas opiniões políticas: "Como muitos dos meus companheiros de milênios, não me considero categoricamente Republicana ou Democrata." Em 2007, doou $1.000 para a campanha presidencial de Hillary Clinton e em 2012, endossou sua doação à Mitt Romney para presidente. Em 2013, Ivanka e seu marido, organizaram uma campanha para arrecadação de fundos a Cory Booker para o senado. O casal junto doou mais de $40.000 para Booker durante sua campanha.

Em 2015, apoiou publicamente a campanha presidencial de seu pai, envolvendo-se fortemente na campanha após fazer aparições públicas pedindo apoio a ele e defendendo-o de acusações. Em agosto, seu pai, Trump, afirmou que ela era a principal assessora de sua campanha e disse que foi ela que o levou para a elaboração de seu ponto de vista das mulheres. Em janeiro de 2016, Ivanka foi destaque em um anúncio de rádio que foi ao ar no início dos votos nos estados de Iowa e New Hampshire, no anúncio elogiou seu pai. Ela apareceu ao seu lado acompanhando o início dos resultados da votação dos estados, em particular resumidamente o da Carolina do Sul, depois de ser convidada por seu pai para falar, agradeceu o estado.

Religião[editar | editar código-fonte]

Ela foi criada Presbiteriana. Antes de seu casamento, em julho de 2009, depois de estudar com o rabino Elie Weinstock da Escola Moderna Ortodoxa Ramaz, ela teve uma conversão ortodoxa ao Judaísmo e tomou o nome Yael. Ela descreve sua conversão como "viagem incrível e bela" e que seu pai apoiou seus estudos desde o primeiro dia, devido ao seu respeito pela religião judaica. la atesta manter uma dieta kosher e observar o sábado judaico, dizendo em 2015: "Nós somos muito observadores ... Foi uma grande decisão de vida para mim ... Eu realmente acho que com o judaísmo, ele cria um plano incrível Para a conectividade familiar.Na sexta-feira ao sábado, não fazemos nada além de sair um com o outro.Nós não fazemos telefonemas. Ela envia sua filha para o jardim de infância em uma escola judaica em Nova York. Ivanka diz que "é uma bênção para mim tê-la voltar para casa todas as noites e compartilhar comigo o hebraico que ela aprendeu e canta canções para mim ao redor das férias." Ela visitou o Ohel (túmulo do Rebe Lubavitch) , Um popular local de peregrinação, pouco antes da eleição de seu pai.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]