Ivo Holanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ivo Holanda
Nome completo Ivo Holanda de Barros
Nascimento 22 de junho de 1935 (81 anos)
Herculândia, SP  Brasil
Ocupação Ator
Humorista

Ivo Holanda de Barros (Herculândia[1][2], 22 de junho de 1935) é um ator e humorista brasileiro, conhecido como "rei das pegadinhas".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Início da carreira[editar | editar código-fonte]

Desde menino na pequena Pompeia, no oeste de São Paulo, Holanda cultivava fascínio pelo mundo do espetáculo, e se mudou para a capital como imitador de Vicente Celestino, seu ídolo pessoal. Para complementar o orçamento, foi engraxate, tapeceiro, marceneiro, pesquisador do Ibope, e sua profissão mais duradoura, contínuo por mais de três décadas em variados banco.[3] Ivo iniciou-se como ator no teatro amador em apresentações da Paixão de Cristo na periferia paulistana]].[4] Depois, desempenhou pequenos papéis em filmes de pornochanchada nos anos 1970 e atuou em circos. Também apresentou-se em diversos programas de calouro imitando o cantor Vicente Celestino

Na TV[editar | editar código-fonte]

Seu trabalho de meio horário como contínuo dava tempo livre para que Holanda participasse de inúmeros programas de televisão, geralmente na TVS de Silvio Santos. Ganhava trocados como manobrista, e em 1981 foi chamado por Gugu Liberato para ser animador de plateia no Viva a Noite. Também apareceu no programa do Chacrinha, antes de entrar no mundo das pegadinhas que o consagrou no Alegria 81. Chamou a atenção de Silvio Santos, que o manteve nesses tipo de esquete humorístico no rebatizado SBT (a exemplo do Topa Tudo por Dinheiro, exibido entre 1991 e 2001) desde os anos 1980 – quadros nos quais Ivo às vezes apanha de suas vítimas, precisando ser ajudado pela produção – que Ivo tornou-se nacionalmente célebre. Silvio às vezes referia-se a Ivo como "homem que gosta de apanhar" ou como "saco de pancadas do SBT".[3]

Se afastou da televisão em 2004 para tentar ser vereador em Pompeia, mas não foi eleito. Com o retorno do Programa Silvio Santos ao ar em 2008, Ivo retoma a sua carreira de ator de pegadinhas. Ivo possui um contrato vitalício com o SBT, assinado ainda em 2008 e renovado a cada 5 anos.[3]

Algumas pegadinhas que o Programa Silvio Santos exibe são sugeridas à produção do programa pelo próprio Ivo, que atua tanto como ator das pegadinhas quanto como criador de algumas delas.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Ivo é o pai da também atriz e ex-assistente de palco Fernanda Spadotti.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre humoristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.