Izium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Izium
  Cidade  
Izum Ascension Cathedral Panorama.jpg
Хрестовоздвиженський (Миколаївський) храм в Ізюмі зі східної сторони.jpg Church of Transfiguration, Izium (2).jpg
Izum WWII Monument Panorama without border.jpg
Símbolos
Bandeira de Izium
Bandeira
Brasão de armas de Izium
Brasão de armas
Localização
Izium está localizado em: Ucrânia
Izium
Localização de Izium na Ucrânia
Coordenadas 49° 11' 45" N 37° 16' 49" E
País  Ucrânia
Oblast Carcóvia
Características geográficas
Área total 43,6 km²
População total (2020) 46 653 ​ hab.
Código postal 64300-64318

Izium (em ucraniano: Ізюм; também romanizado Izum e Izyum; literalmente passas), é uma cidade situada às margens do rio Donets, no Oblast de Carcóvia, no leste da Ucrânia. Servindo como o centro administrativo distrital do Raion de Izium, Izium é administrativamente uma cidade de significância e não pertence ao raion em que se encontra. Ela está localizada a aproximadamente 120 km a sudeste da capital do oblast, Carcóvia. Tem 43,6 km² de área e sua população em 2020 foi estimada em 46 653 habitantes.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Origens[editar | editar código-fonte]

O assentamento de Izium foi citado pela primeira vez em 1571, em conexão com o Rota de Guerra de Izium, dos tártaros da Criméia.[2]

Em 1639, ele foi mencionado como um pequeno posto avançado,[2] e em 1681 uma fortaleza russa foi construída lá,[3][4] seguida de uma catedral barroca de cinco cúpulas batizada em referência à Transfiguração do Salvador, que foi construída em 1684 (mais tarde ela seria renovada em 1902, e restaurada em 1955).

Mais tarde, Izium foi um importante centro da Ucrânia Sloboda, e abrigou um regimento de cossacos entre 1688 e 1765. Em 1765, Izium foi elevada à condição de cidade, e em 1780, ela tornou-se uma cidade uiezd (um tipo de divisão administrativa do Império Russo).

As igrejas da Ascensão (construída entre 1819 e 1821) e de São Nicolau (construída entre 1809 e 1823) estão entre os principais edifícios neoclássicos da região.

Segunda Guerra Mundial[editar | editar código-fonte]

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Exército Vermelho manteve uma grande cabeça de ponte nessa localidade, permitindo acessar um bolsão que fora cercado por forças alemãs (contra-atacando durante a Segunda Batalha de Kharkov), em um dos mais custosos erros do Exército Vermelho na guerra.[5] Izium foi ocupada pelo exército alemão de 24 de junho de 1942 a 5 de fevereiro de 1943.

Intervenção militar russa na Ucrânia em 2014[editar | editar código-fonte]

A cidade foi palco de combates esporádicos durante a intervenção militar russa de 2014-15 na Ucrânia. Em abril de 2014, forças separatistas russas ocuparam a cidade de Sloviansk, ao sul de Izium. Uma operação das forças ucranianas para remover essas forças estabeleceu postos de controle ao redor do Izium, para impedir uma possível invasão na cidade. Em 15 de junho, um posto de controle ucraniano foi atacado por forças russas, e em 19 de junho as forças ucranianas derrotaram um grande grupo de separatistas russos em Iampil, a sudoeste de Izium, sendo esse o ponto mais ao norte que as forças russas avançariam. Como parte do Cerco de Sloviansk e da Batalha de Kramatorsk, ambas as cidades foram recapturadas pelas forças ucranianas. Devido à sua proximidade com a linha de frente, a cidade, juntamente com o aeroporto de Kramatorsk, serviu como área de preparação para as tropas ucranianas antes da recaptura de Sloviansk e Kramatorsk.[6][7][8][9]

A rodovia europeia E40 passa por Izium, ligando Luhansk-Sloviansk-Carcóvia, três cidades importantes para as forças russas e ucranianas. O controle da rodovia foi instrumental, pois era a rota de acesso mais rápida a Sloviansk, além de permitir a possível expansão do território separatista na região de Carcóvia. A rodovia Sloviansk-Izium foi referida como a "estrada da morte" pelos habitantes locais, durante o verão de 2014, porém os combates em larga escala pararam quando as forças ucranianas capturaram Sloviansk.[10] No início de abril de 2016, o Serviço de Segurança da Ucrânia prendeu um suposto sabotador que foi acusado de querer explodir a ferrovia perto de Izium, buscando ajudar os separatistas.[11]

Invasão Russa em 2022[editar | editar código-fonte]

Izium foi atacada pelo exército russo no começo de março de 2022 (no contexto da invasão russa da Ucrânia), com a cidade caindo em 1 de abril após quatro semanas de combates.[12] Foi uma conquista estratégica devido às estradas que levam a Sloviansk e Kramatorsk. No final de agosto do mesmo ano, contudo, os ucranianos lançaram uma grande contra-ofensiva no sul, em direção de Kherson. Os russos mobilizaram tropas do leste e as mandaram para o sul a fim de manter suas linhas de frente. No começo de setembro, a Ucrânia lançou outra grande ofensiva, desta vez no leste, no Oblast de Kharkiv, tomando várias regiões de assalto. Em 9 de setembro de 2022, os subúrbios de Oskil e Kapytolivka foram recapturados pelos ucranianos.[13]

Na manhã de 10 de setembro, após cinco meses de ocupação, foi relatado que as forças russas fugiram da cidade de Izium, deixando muito dos seus equipamentos para trás e, no final da tarde, fontes da mídia informaram que a cidade foi totalmente retomada pelas tropas ucranianas.[14]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A classificação climática de Izium é continental húmido.[15]

Dados climáticos para Izium (1949–2011)
Jan Fevereiro Mar Abril Maio Junho Julho Agosto Set Out Nov Dez Ano
Máxima registrada

° C

13.1 16,3 24,0 31,0 36,7 37,4 39,1 39,4 34,4 31,1 22,0 20,0 39,4
Máxima em média

° C

−2,2 −1.1 5,2 15,1 22,1 25,8 27,9 27,1 21,0 12,9 5,1 0,0 13,2
Média diária

° C

−5,2 −4,6 0,8 9,4 15,6 19,4 21,3 19,9 14,2 7,5 1,7 −2,8 8,1
Mínima em média

° C

−8,5 −8,3 −3.1 3,8 8,8 12,8 14,7 12,9 7,7 2,5 −1.4 −5,7 3,0
Mínima registrada

° C

−35,0 −36,1 −29,7 −9,0 −2,8 1,1 3,0 1,1 −6,7 −17.0 −22,6 −33,2 −36,1
Precipitação média

mm

47,1 39,0 41,4 44,1 51,8 75,0 60,9 47,6 50,7 48,1 43,1 52,1 600,9
Dias de precipitação média 20,0 16,4 16,3 10,2 9,7 8,5 6,3 4,6 8,1 10,5 15,4 19,4 145,4
Média de umidade relativa (%) 84,7 81,5 76,2 65,1 64,8 66,7 67,5 64,8 72,9 80,1 84,4 85,9 74,6
Fonte: Climatebase.ru[16]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Чисельність наявного населення України (População Atual da Ucrânia)» (PDF) (em ucraniano). Serviço Estatal de Estatísticas da Ucrânia. Consultado em 9 de julho de 2021 
  2. a b Изюм // Советский энциклопедический словарь. редколл., гл. ред. А. М. Прохоров. 4-е изд. М., «Советская энциклопедия», 1986. стр.481
  3. Изюм // Большая Советская Энциклопедия. / редколл., гл. ред. Б. А. Введенский. 2-е изд. том 17. М., Государственное научное издательство «Большая Советская энциклопедия», 1952. стр.522
  4. Изюм // Украинская Советская Энциклопедия. том 4. Киев, «Украинская Советская энциклопедия», 1980. стр.231
  5. The Second World War on the Eastern Front by Lee Baker, Routledge, 2009, ISBN 9781405840637 (page 60)
  6. «Ukraine – Shooting At Checkpoint Near Izium». Consultado em 12 de março de 2019. Arquivado do original em 20 de janeiro de 2015 
  7. «Ukraine rebels speak of heavy losses in battle against government troops» 
  8. «Fears remain as rebels flee Sloviansk» 
  9. «Military seize airfield controlled by anti-govt activists in eastern Ukraine» 
  10. «Дорога смерти Изюм – Славянск: как это было» 
  11. (ucraniano) In Kharkiv detained a saboteur who planned to blow up the track. Ukrayinska Pravda (6 April 2016)
  12. «На Київщині ЗСУ звільнили 15 населених пунктів – зведення Генерального штабу». Радіо Свобода (em ucraniano). Consultado em 13 de junho de 2022 
  13. Oliphant, Roland; Barnes, Joe. «Ukraine launches surprise attack near Kharkiv in bid to push back Russians». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 7 de setembro de 2022 
  14. «Ukraine-Russia war: Russian forces 'taken by surprise' as Ukrainian counter-offensive advances 50km, says UK – live». the Guardian (em inglês). 10 de setembro de 2022. Consultado em 10 de setembro de 2022 
  15. Resumo do Clima
  16. "Izmium, Ukraine Climate data (Period supervision: 1949–2011)". Climatebase. Retrieved April 6, 2015.