Júlia Farnésio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Júlia Farnésio
Nascimento 1474
Canino
Morte 23 de março de 1524 (50 anos)
Roma
Irmão(s) Papa Paulo III
Ocupação amante
Arms of the House of Farnese.svg

Júlia Farnésio (em italiano: Giulia Farnese; 147423 de março de 1524) era amante do Papa Alexandre VI, esposa de Orsino Orsini - membro da poderosa família Orsini, cego de um olho e de caráter débil e covarde - e irmã do Papa Paulo III, que foi criado Cardeal por Alexandre.[1] Giulia Farnese era considerada uma mulher muito bonita, mais jovem que Alexandre VI, e foi sua amante já na idade madura deste. Sua própria sogra, Adriana de Milá, mãe de Orsino, apoiava e favorecia o relacionamento de Alexandre VI com Giulia. Consta que Júlia Farnésio foi usada pelo Papa, como modelo para que artistas, como Pinturicchio e até mesmo Michelangelo, pintassem e esculpissem imagens de Nossa Senhora.[1]

Referências