Júlio Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tenista Júlio Silva
Julio Silva.jpg
Júlio Silva em 2009
País  Brasil
Residência Jundiaí, Brasil
Data de nasc. 1 de julho de 1979 (38 anos)
Local de nasc. Jundiaí, Brasil
Altura 1,73 m
Peso 69 kg
Profissionalização 1999
Mão Direita
Prize money US$ 496 639 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 3–10
Títulos 0
Melhor ranking Nº 144 (16 de novembro de 2009)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália nunca participou
Roland Garros 1ª rodada (2006)
Wimbledon nunca participou
US Open 1ª rodada (2010)
Duplas
Vitórias-Derrotas 1–2
Títulos 0
Melhor ranking Nº 132 (28 de setembro de 2009)
Última atualização em: 27 de fevereiro de 2012.

Júlio Silva (Jundiaí, 1 de julho de 1979) é um tenista profissional brasileiro, que já está preparando sua aposentadoria. Em 2013, depois de três anos viajando a torneio internacionais sem técnico ou preparador físico, o atleta quer deixar as quadras.

Neste ano vou disputar apenas torneios no Brasil. Enquanto isso, vou vendo quais oportunidades ligadas ao esporte surgem para mim. Tomei essa decisão porque, apesar de ter patrocínio de roupa e equipamento, me falta ajuda para custear as viagens. Quando você viaja como atleta ganha dinheiro com os prêmios, mas tem muitos gastos também. Preciso de algo mais estável”, confessou Júlio, que já foi o número 144 do mundo em simples e 132 em duplas. Representou uma vez o Brasil na Copa Davis[1] e disputou as chaves de Roland Garros e do Aberto dos Estados Unidos.

Trajetória[editar | editar código-fonte]

Júlio Silva se profissionalizou em 1999, jogando torneios menores (Futures).

Em 2000 começou a disputar Challengers (torneios de nível médio). Em 2002 começou a jogar ATPs. Em 2005, se manteve entre os 200 melhores do mundo e foi cotado como promessa para atingir o top100, mas se manteve no nível Challenger.

Em 2006 teve sua primeira participação na chave principal de um Grand Slam, no saibro de [[Torneio de Roland Garros|Roland Garros, em 2006, onde foi superado por Kevin Kim em quatro sets.[2]

Em 2009, já com 30 anos de idade, realizou boas participações nos Challengers e atingiu o melhor ranking de sua carreira, entrando na lista dos 150 melhores do mundo, tornando-se o terceiro melhor tenista do Brasil em atividade em novembro.

Em 2010 furou o qualificatório do US Open[3], e chegou à final do Challenger de Cáli.

Em 2011 venceu o Challenger de Belo Horizonte.

Ranking[editar | editar código-fonte]

  • Atual ranking de simples: 148°
  • Melhor ranking de simples: 144° (16 de novembro de 2009)[4]
  • Atual ranking de duplas: 164°
  • Melhor ranking de duplas: 132° (28 de setembro de 2009)

Títulos[editar | editar código-fonte]

Simples 1998 - Ganhou de 2 (6) (6) X 0 (0) (0) do Pablo São Pedro no Jogos Regionais de Sorocaba - Jundiaí x Porangaba.

Duplas

Finais[editar | editar código-fonte]

Títulos simples (4)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (0)
Tennis Masters Cup (0)
ATP Masters Series (0)
ATP Tour (0)
Challengers (4)
Títulos por superfície
Duro (2)
Grama (0)
Saibro (2)
Carpete (0)
No. Data Torneio Superfície Opponent Placar
1. August 5, 2002 Gramado, Brasil Duro Peru Iván Miranda 6–4, 6–2
2. October 24, 2005 Santiago, Chile Saibro Espanha Rubén Ramírez Hidalgo 6–2, 6–3
3. August 2, 2009 Belo Horizonte, Brasil Duro Argentina Eduardo Schwank 4–6, 6–3, 6–4
4. September 18, 2011 Belo Horizonte, Brasil Saibro Portugal Gastão Elias 6–4, 6–4

Títulos duplas (8)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (0)
Tennis Masters Cup (0)
ATP Masters Series (0)
ATP Tour (0)
Challengers (8)
Títulos por superfície
Duro (3)
Grama (0)
Saibro (5)
Carpete (0)
No. Data Torneio Superfície Parceiro Oponentes Placar
1. March 13, 2006 Salinas, Equador Duro Brasil Thiago Alves Brasil André Ghem
Brasil Alexandre Simoni
3–6, 6–4, [10–4]
2. March 10, 2008 Salinas, Equador Duro Brasil Caio Zampieri Argentina Sebastián Decoud
Bélgica Dick Norman
7–6(8–6), 6–2
3. May 12, 2008 Zagreb, Croácia Saibro Croácia Ivan Dodig Ucrânia Sergiy Stakhovsky
República Checa Tomáš Zíb
6–4, 7–6(7–1)
4. July 7, 2008 San Benedetto, Itália Saibro Itália Paolo Lorenzi Roménia Cătălin Gârd
Áustria Max Raditschnigg
6–3, 7–5
5. October 12, 2008 Florianópolis, Brasil Saibro Brasil Rogério Dutra Silva Brasil Ricardo Hocevar
Brasil André Miele
3–6, 6–4, [10–4]
6. June 5, 2011 Rijeka, Croácia Saibro Itália Paolo Lorenzi Croácia Lovro Zovko
Croácia Dino Marcan
6–3, 6–2
7. January 7, 2012 São Paulo, Brasil Duro Brasil Fernando Romboli Eslováquia Jozef Kovalík
Brasil José Pereira
7–5, 6–2
8. November 10, 2012 São Leopoldo, Brasil Saibro Brasil Fabiano de Paula Uruguai Ariel Behar
Argentina Horacio Zeballos
6–1, 7–6(7–5)

Vice-campeonato: Simples (4)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (0)
Tennis Masters Cup (0)
ATP Masters Series (0)
ATP Tour (0)
Challengers (4)
Finais por Superfície
Duro (0)
Grama (0)
Saibro (4)
Carpete (0)
No. Data Torneio Superfície Opponent Placar
1. November 29, 2004 Aracaju, Brasil Saibro Equador Nicolás Lapentti 6–2, 6–2
2. May 14, 2007 Zagreb, Croácia Saibro Sérvia Janko Tipsarević 3–6, 6–3, 6–3
3. July 23, 2007 Poznań, Polônia Saibro Países Baixos Raemon Sluiter 6–4, 6–3
4. April 28, 2012 São Paulo, Brasil Saibro Eslovénia Blaž Kavčič 6–3, 7–5

Vice-campeonato: Duplas (6)[editar | editar código-fonte]

Legenda
Grand Slam (0)
Tennis Masters Cup (0)
ATP Masters Series (0)
ATP Tour (0)
Challengers (6)
Finais by Superfície
Duro (1)
Grama (0)
Saibro (5)
Carpete (0)
No. Data Torneio Superfície Parceiro Oponentes Placar
1. April 10, 2006 Florianópolis, Brasil Saibro Brasil Thiago Alves Argentina Máximo González
Argentina Sergio Roitman
6–2, 3–6, [10–5]
2. June 24, 2008 Constanţa, Romania Saibro Itália Simone Vagnozzi Roménia Florin Mergea
Roménia Horia Tecău
6–4, 6–2
3. November 24, 2008 Lima, Peru Saibro Paraguai Ramón Delgado Peru Luis Horna
Argentina Sebastián Prieto
6–3, 6–3
4. April 6, 2009 San Luis Potosí, Mexico Saibro Brasil Franco Ferreiro México Santiago González
Argentina Horacio Zeballos
6–2, 7–6(7–5)
5. August 6, 2011 Campos do Jordão, Brazil Duro Brasil Ricardo Hocevar Colômbia Juan Sebastián Cabal
Colômbia Robert Farah
6–2, 6–3
6. April 22, 2012 Santos, Brazil Saibro Brasil Rogério Dutra Silva Argentina Andrés Molteni
Argentina Marco Trungelliti
6–4, 6–3

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]