J-League de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  • Atualizado até 07h55min, quarta-feira, 17 de agosto de 2022 (UTC)
J-League de 2021
J-League
Japão
Dados
Participantes 20
Organização JFA
Período 26 de fevereiro de 2021 – 4 de dezembro de 2021
Gol(o)s 920
Partidas 380
Média 2,42 gol(o)s por partida
Campeão Kawasaki Frontale
Vice-campeão Yokohama F. Marinos
Rebaixado(s) Tokushima Vortis
Oita Trinita
Vegalta Sendai
Yokohama FC
Melhor marcador Leandro Damião (Kawasaki Frontale) e Daizen Maeda (Yokohama F. Marinos) – 23 gols
Melhor ataque (fase inicial) Yokohama F. Marinos – 82 gols
Melhor defesa (fase inicial) Kawasaki Frontale – 28 gols sofridos
Maior goleada
(diferença)
Yokohama F. Marinos 8–0 FC Tokyo
Estádio Internacional de YokohamaYokohama
6 de novembro de 2021
Público 2,531,007
Média pessoas por partida
◄◄ 2020 Soccerball.svg 2022 ►►

A J-League de 2021 (2020 Meiji Yasuda Seimei J1 Rīgu por questões de patrocínio) foi a 29ª edição da liga de futebol japonesa profissional J-League. Teve início em 26 de fevereiro e com término em 4 de dezembro de 2021.

O Kawasaki Frontale conquistou o tetracampeonato com 4 rodadas de antecipação, após empatar por 1 a 1 com o Urawa Red Diamonds[1]. O Yokohama F. Marinos terminou com o vice-campeonato, enquanto Vissel Kobe e Kashima Antlers ficaram, respectivamente, em terceiro e quarto lugar.

Após a decisão de não haver nenhuma equipe rebaixada em decorrência da pandemia de COVID-19,[2] o número de participantes aumentou para 20 com as promoções de Tokushima Vortis (campeão da J2, de volta após 5 temporadas de ausência) e Avispa Fukuoka (rebaixado em 2016 e vice-campeão da segunda divisão nacional).[3] Para 2021, a J-League teve 4 clubes caindo para a J2 do ano seguinte[4] quando o campeonato voltará a ter 18 participantes. Tokushima Vortis, Oita Trinita, Vegalta Sendai e Yokohama FC foram as equipes rebaixadas à J2 League de 2022.

A artilharia ficou dividida entre Leandro Damião (Kawasaki Frontale) e Daizen Maeda (Yokohama F. Marinos), que fizeram 23 gols[5]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Cidade Estádio Última temporada
Avispa Fukuoka Flag of Fukuoka Prefecture.svg Fukuoka Level5 Stadium J2 (2º)
Consadole Sapporo Flag of Hokkaido Prefecture.svg Sapporo Sapporo Dome
Sapporo Atsubetsu Park Stadium
J1 (12º)
Vegalta Sendai Flag of Miyagi Prefecture.svg Sendai Yurtec Stadium Sendai J1 (17º)
Kashima Antlers Flag of Ibaraki Prefecture.svg Kashima Kashima Soccer Stadium J1 (5º)
Urawa Red Diamonds Flag of Saitama Prefecture.svg Saitama Saitama Stadium 2002 J1 (10º)
FC Tokyo Flag of Tokyo Metropolis.svg Tóquio Ajinomoto Stadium J1 (6º)
Kawasaki Frontale Flag of Kanagawa Prefecture.svg Kawasaki Todoroki Athletics Stadium J1 (Campeão)
Yokohama F. Marinos Flag of Kanagawa Prefecture.svg Yokohama Nissan Stadium
J1 (9º)
Yokohama FC Estádio de Mitsuzawa J1 (15º)
Shonan Bellmare Flag of Kanagawa Prefecture.svg Hiratsuka Shonan BMW Stadium Hiratsuka J1 (18º)
Shimizu S-Pulse Flag of Shizuoka Prefecture.svg Shizuoka Nihondaira Stadium J1 (16º)
Nagoya Grampus Flag of Aichi Prefecture.svg Nagoya Paloma Mizuho Stadium
Toyota Sutajiamu
J1 (3º)
Gamba Osaka Flag of Osaka.svg Osaka Suita City Football Stadium J1 (2º)
Cerezo Osaka Yanmar Stadium Nagai J1 (4º)
Vissel Kobe Flag of Hyogo Prefecture.svg Kobe Kobe Wing Stadium J1 (14º)
Sanfrecce Hiroshima Flag of Hiroshima Prefecture.svg Hiroshima Hiroshima Big Arch Stadium J1 (8º)
Sagan Tosu Flag of Saga Prefecture.svg Tosu Best Amenity Stadium J1 (13º)
Tokushima Vortis Flag of Tokushima Prefecture.svg Tokushima Pocarisweat Stadium J2 (Campeão)
Kashiwa Reysol Flag of Chiba Prefecture.svg Kashiwa Sankyo Frontier Kashiwa Stadium J1 (7º)
Oita Trinita Flag of Oita Prefecture.svg Oita Oita Stadium Big J1 (11º)

Técnicos, capitães, equipamentos e patrocínios[editar | editar código-fonte]

Clube Treinador Capitão Equipamentos
Consadole Sapporo Sérvia Mihailo Petrović (1ª—) Japão Hiroki Miyazawa Japão Mizuno
Vegalta Sendai Japão Makoto Teguramori (1ª—36ª)
Japão Masato Harasaki (37ª—38ª)
Moçambique Simão Alemanha Adidas
Kashima Antlers Brasil Antônio Carlos Zago (1ª—9ª)
Japão Naoki Soma (10ª—)
Japão Kento Misao Estados Unidos Nike
Urawa Red Diamonds Espanha Ricardo Rodríguez (1ª—)[6] Japão Shusaku Nishikawa Estados Unidos Nike
Kashiwa Reysol Brasil Nelsinho Baptista (1ª—) Japão Hidekazu Otani Japão YONEX
FC Tokyo Japão Kenta Hasegawa (1ª—35ª)
Japão Shinichi Morishita (36ª—38ª)
Japão Keigo Higashi Estados Unidos New Balance
Yokohama FC Japão Takahiro Shimotaira (1ª—8ª)[7]
Japão Tomonobu Hayakawa (9ª—ª)
Japão Yuta Minami Japão Soccer Junky
Yokohama F. Marinos Austrália Ange Postecoglou (1ª—17ª)
Japão Hideki Matsunaga (18ª—22ª)
Austrália Kevin Muscat (23ª—)
Japão Takuya Kida Alemanha Adidas
Shonan Bellmare Japão Bin Ukishima (1ª—27ª)[8]
Japão Satoshi Yamaguchi (28ª—)
Japão Takuya Okamoto Brasil Penalty
Kawasaki Frontale Japão Toru Oniki (1ª—) Japão Shogo Taniguchi Alemanha Puma
Shimizu S-Pulse Espanha Miguel Ángel Lotina (1ª—34ª)
Japão Hiroaki Hiraoka (35ª—38ª)
Japão Ryo Takeuchi Alemanha Puma
Nagoya Grampus Itália Massimo Ficcadenti (1ª—) Japão Yuichi Maruyama Japão Mizuno
Gamba Osaka Japão Tsuneyasu Miyamoto (1ª—13ª)[9]
Japão Masanobu Matsunami (14ª—)
Japão Genta Miura Inglaterra Umbro
Cerezo Osaka Brasil Levir Culpi (1ª—26ª)
Japão Akio Kogiku (27ª—)
Japão Hiroshi Kiyotake Alemanha Puma
Vissel Kobe Japão Atsuhiro Miura (1ª—) Espanha Andrés Iniesta Japão Asics
Sanfrecce Hiroshima Japão Hiroshi Jofuku (1ª—33ª)
Japão Kentaro Sawada (34ª—38ª)
Japão Sho Sasaki Estados Unidos Nike
Tokushima Vortis Japão Takeshi Kimoto[nota 1] (1ª—10ª)
Espanha Dani Poyatos (11ª—)[10]
Japão Ken Iwao Japão Mizuno
Avispa Fukuoka Japão Shigetoshi Hasebe (1ª—)[11] Japão Hiroyuki Mae Japão YONEX
Oita Trinita Japão Tomohiro Katanosaka (1ª—38ª) Japão Shun Takagi Alemanha Puma
Sagan Tosu Coreia do Sul Kim Myung-hwi (1ª—) Brasil Eduardo Estados Unidos New Balance

Trocas de técnicos[editar | editar código-fonte]

Equipe Técnico demitido Motivo da demissão Dia em que saiu Técnico substituto Dia em que
assumiu o cargo
Yokohama FC Japão Takahiro Shimotaira Mudança na direção do clube 7 de abril de 2021[12] Japão Tomonobu Hayakawa 8 de abril de 2021[13]
Kashima Antlers Brasil Antônio Carlos Zago Demitido 14 de abril de 2021[14] Japão Naoki Soma 14 de abril de 2021[15]
Gamba Osaka Japão Tsuneyasu Miyamoto Demitido 13 de maio de 2021[16] Japão Masanobu Matsunami 1 de junho de 2021[17]
Yokohama F. Marinos Austrália Ange Postecoglou Contratado pelo Celtic 10 de junho de 2021[18] Japão Hideki Matsunaga (interino) 10 de junho de 2021[19]
Yokohama F. Marinos Japão Hideki Matsunaga (interino) Remanejado 18 de julho de 2021[20] Austrália Kevin Muscat 18 de julho de 2021
FC Tokyo Japão Kenta Hasegawa Demitido 7 de novembro de 2021 Japão Shinichi Morishita 7 de novembro de 2021

Jogadores estrangeiros[editar | editar código-fonte]

A partir da temporada 2021, não haverá restrições a um número de jogadores estrangeiros contratados, porém cada equipe deverá registrar apenas 5 por jogo.[21] Jogadores de países-parceiros da J-League (Tailândia, Vietnã, Myanmar, Malásia, Camboja, Singapura, Indonésia e Catar) estão isentos desta regra.

  • Jogadores em negrito indica que foi registrado durante o período de transferências no meio da temporada.
  • Jogadores em itálico indica que o jogador possui nacionalidade japonesa além da cidadania de um país filiado à FIFA, ou isento de ser considerado estrangeiro por ter nascido no Japão e estar matriculado ou formado em escolas do país.
Clube Jogador 1 Jogador 2 Jogador 3 Jogador 4 Jogador 5 Jogador 6 Jogador 7 Jogador 8 Deixou o elenco
Consadole Sapporo Brasil Douglas Oliveira Brasil Lucas Fernandes Inglaterra Jay Bothroyd Eslovénia Milan Tučić Tailândia Chanathip Songkrasin Brasil Anderson Lopes
Nigéria Gabriel Okechukwu
Coreia do Sul Kim Min-tae
Vegalta Sendai Brasil Foguinho Polónia Jakub Słowik Brasil Felippe Cardoso Gana Emmanuel Oti Essigba Sérvia Nedeljko Stojisic Espanha Isaac Cuenca
Curaçau Quenten Martinus
Moçambique Simão
Kashima Antlers Brasil Léo Silva Brasil Everaldo Brasil Juan Alano Brasil Arthur Caíke Brasil Diego Pituca Brasil Bueno Coreia do Sul Kwoun Sun-tae
Urawa Red Diamonds Austrália Thomas Deng Dinamarca Kasper Junker Dinamarca Alexander Scholz
FC Tokyo Brasil Adaílton Brasil Diego Oliveira Brasil Leandro Brasil Bruno Uvini Líbano Joan Oumari
Kawasaki Frontale Brasil Leandro Damião Brasil Jesiel Brasil João Schmidt Coreia do Sul Jung Sung-ryong Coreia do Sul Lee Kyung-tae Brasil Marcinho
Yokohama F. Marinos Brasil Marcos Júnior Brasil Thiago Martins Brasil Élber Brasil Léo Ceará Tailândia Theerathon Bunmathan
Shonan Bellmare Brasil Wellington Brasil Welinton Júnior Noruega Tarik Elyounoussi Brasil Riuler[22]
Shimizu S-Pulse Brasil Thiago Santana Brasil Carlinhos Brasil Elsinho Brasil Renato Augusto Brasil Valdo Peru Erick Noriega Brasil Ronaldo Kosovo Benjamin Kololli Brasil William Matheus
Kashiwa Reysol Brasil Cristiano Brasil Dodi Brasil Rodrigo Brasil Matheus Sávio Brasil Richardson Coreia do Sul Kim Seung-gyu Rússia Ippei Shinozuka Brasil Emerson Santos Brasil Pedro Raúl
Nagoya Grampus Brasil Gabriel Xavier Brasil Mateus Austrália Mitchell Langerak Polónia Jakub Świerczok Coreia do Sul Kim Min-tae
Gamba Osaka Brasil Patric Brasil Leandro Pereira Brasil Tiago Alves Coreia do Sul Kim Young-gwon Coreia do Sul Ju Se-jong Coreia do Sul Shin Won-ho Brasil Wellington Silva
Cerezo Osaka Brasil Tiago Pagnussat Austrália Adam Taggart Coreia do Sul Kim Jin-hyeon Vietname Đặng Văn Lâm Brasil Dankler
Vissel Kobe Brasil Douglas Brasil Lincoln Bélgica Thomas Vermaelen Espanha Andrés Iniesta Espanha Sergi Samper Espanha Bojan Krkić Quénia Ayub Masika
Sanfrecce Hiroshima Brasil Douglas Vieira Brasil Ezequiel Brasil Rhayner Brasil Júnior Santos
Sagan Tosu Brasil Eduardo Quénia Ismael Dunga Nigéria Chikeluba Ofoedu Coreia do Sul Park Il-gyu Coreia do Sul Hwang Seok-ho Coreia do Norte Ryang Yong-gi Coreia do Sul Ueom Ye-hoon
Yokohama FC Brasil Maguinho Brasil Kléber Coreia do Norte Han Ho-gang Brasil Arthur Silva Alemanha Svend Brodersen Brasil Gabriel Brasil Felipe Vizeu Brasil Saulo Mineiro Países Baixos Calvin Jong-a-Pin
Avispa Fukuoka Brasil Douglas Grolli Brasil Bruno Mendes Brasil Cauê Espanha Carlos Gutiérrez Espanha Juanma Suécia Emil Salomonsson Bélgica Jordy Croux Camarões John Mary
Tokushima Vortis Brasil Diego Brasil Cacá[23] Sérvia Dušan Cvetinović Noruega Mushaga Bakenga Itália Cristian Battocchio
Oita Trinita Brasil Henrique Trevisan Brasil Matheus Pereira

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Equipes Pts. J V E D GM GS SG Classificação ou rebaixamento
1 Kawasaki Frontale (C, Q) 92 38 28 8 2 81 28 +53 Fase de grupos da Liga dos Campeões da AFC de 2022
2 Yokohama F. Marinos (Q) 79 38 24 7 7 82 35 +47
3 Vissel Kobe (X) 73 38 21 10 7 62 36 +26 Play-offs de classificação da Liga dos Campeões da AFC de 2022
Possível classificação à Fase de grupos da Liga dos Campeões da AFC de 2022
4 Kashima Antlers 69 38 21 6 11 62 36 +26 Possível classificação à Fase de grupos da Liga dos Campeões da AFC de 2022
5 Nagoya Grampus 66 38 19 9 10 44 30 +14
6 Urawa Red Diamonds 63 38 18 9 11 45 38 +7
7 Sagan Tosu 59 38 16 11 11 43 35 +8
8 Avispa Fukuoka 54 38 14 12 12 42 37 +5
9 FC Tokyo 53 38 15 8 15 49 53 −4
10 Consadole Sapporo 51 38 14 9 15 48 50 −2
11 Sanfrecce Hiroshima 49 38 12 13 13 44 42 +2
12 Cerezo Osaka 48 38 13 9 16 47 51 −4
13 Gamba Osaka 44 38 12 8 18 33 49 −16
14 Shimizu S-Pulse 42 38 10 12 16 37 54 −17
15 Kashiwa Reysol 41 38 12 5 21 37 56 −19
16 Shonan Bellmare 37[nota 2] 38 7 6 16 36 41 −5
17 Tokushima Vortis (R) 36 38 10 6 22 34 55 −21 Rebaixados
18 Oita Trinita (R) 35 38 9 8 21 31 55 −24
19 Vegalta Sendai (R) 28 38 5 13 20 31 62 −31
20 Yokohama FC (R) 27 38 6 9 23 32 77 −45

Premiação[editar | editar código-fonte]

J-League de 2021
Flag of Kanagawa Prefecture.svg
Kawasaki Frontale
Campeão
(4º título)

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Symbol arrow up.svg 4 de dezembro de 2021[24]

Ranking Jogador Clube Gols
1 Brasil Leandro Damião Kawasaki Frontale 23
Japão Daizen Maeda Yokohama F. Marinos
3 Japão Kyogo Furuhashi Vissel Kobe 15
4 Japão Ayase Ueda Kashima Antlers 14
5 Brasil Diego Oliveira FC Tokyo 13
Japão Patric Gamba Osaka
Brasil Thiago Santana Shimizu S-Pulse
8 Brasil Anderson Lopes Consadole Sapporo 12
Japão Ado Onaiwu Yokohama F. Marinos
10 Japão Ryotaro Araki Kashima Antlers 10
Brasil Léo Ceará Yokohama F. Marinos
Japão Yu Kobayashi Kawasaki Frontale

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Exerceu o cargo de forma interina por 10 rodadas.
  2. O Shonan Bellmare levou os 3 pontos do jogo contra o Urawa Red Diamonds, que foi punido por escalar o goleiro Zion Suzuki de forma irregular.

Referências

  1. «Kawasaki Frontale conquista 4º título da J.League em 5 anos». ge. 3 de novembro de 2021. Consultado em 5 de dezembro de 2021  Texto "autor-Tiago Bontempo" ignorado (ajuda)
  2. Orlowitz, Dan (19 de março de 2020). «J. League to skip relegation as schedule threatened by coronavirus». The Japan Times 
  3. «Football: Tokushima crowned J2 champs despite loss to Fukuoka». Kyodonews.net. 20 de dezembro de 2020 
  4. «Number of clubs promoted and relegated at the end of the 2021 season» (Nota de imprensa). Japan Professional Football League. 18 de novembro de 2020. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  5. «Leandro Damião e Daizen Maeda terminam empatados na artilharia da J.League». ge. 4 de dezembro de 2021. Consultado em 5 de dezembro de 2021  Texto "autor-Tiago Bontempo" ignorado (ajuda)
  6. https://www.urawa-reds.co.jp/static/ttt/171009.html
  7. https://www.yokohamafc.com/2020/12/20/202012201700/
  8. http://www.bellmare.co.jp/251392
  9. «1/8(水)2020シーズンキックオフイベント開催報告». ガンバ大阪. 8 de janeiro de 2020. Consultado em 10 de janeiro de 2020 
  10. https://as.com/futbol/2020/12/24/internacional/1608806482_530773.html?id_externo_rsoc=CM_ES_TW
  11. https://www.avispa.co.jp/?p=36108
  12. «下平隆宏監督 解任のお知らせ» (em japonês). Yokohama FC. 8 de abril de 2021 
  13. «早川知伸 氏 監督就任のお知らせ» (em japonês). Yokohama FC. 8 de abril de 2021 
  14. «ザーゴ監督の解任について» (em japonês). Kashima Antlers. 14 de abril de 2021 
  15. «相馬コーチの新監督就任について» (em japonês). Kashima Antlers. 14 de abril de 2021 
  16. «ップチーム監督交代のお知らせ» (em japonês). Gamba Osaka. 14 de maio de 2021 
  17. «松波 正信監督体制 継続決定のお知らせ» (em japonês). Gamba Osaka. 1 de junho de 2021 
  18. «Celtic: Ange Postecoglou confirmed as new manager of Scottish Premiership club». BBC Sport. 10 de junho de 2021. Consultado em 10 de junho de 2021 
  19. «アンジェ ポステコグルー監督 退任のお知らせ» (em japonês). Yokohama F. Marinos. 10 de junho de 2021 
  20. «ケヴィン マスカット氏 監督就任のお知らせ» (em japonês). Yokohama F. Marinos. 18 de julho de 2021. Consultado em 18 de julho de 2021 
  21. «「ホームグロウン制度」の導入と「外国籍選手枠」の変更について». J.LEAGUE.jp. Cópia arquivada em 23 de dezembro de 2018 
  22. «Campeão sub-17 pela Seleção Brasileira, Riuler morre aos 23 anos». UOL Esporte. 23 de novembro de 2021. Consultado em 23 de novembro de 2021 
  23. «Tokushima, do Japão, anuncia contratação do zagueiro Cacá, revelado pelo Cruzeiro» [Tokushima, from Japan, announces the hiring of defender Cacá, revealed by Cruzeiro]. GloboEsporte. 14 de fevereiro de 2021. Consultado em 15 de fevereiro de 2021 
  24. «Goals / Meiji Yasuda Life J1 League». Japan Professional Football League. Consultado em 4 de dezembro de 2021