JCVD

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
JCVD
JCVD (PT/BR)
 Bélgica  França  Luxemburgo
2008 •  cor •  97 min 
Direção Mabrouk El Mechri
Produção Sidonie Dumas
Fiszman Marc
Patrick Quinet
Jani Thiltges
Arlette Zylberberg
Roteiro Frédéric Bénudis
Mabrouk El Mechri
Christophe Turpin
Elenco Jean-Claude Van Damme
François Damiens
Zinedine Soualem
Género Ação, Aventura, Drama, Romance
Música Gast Waltzing
Cinematografia Pierre-Yves Bastard
Edição Kako Kelber
Distribuição Gaumont
Peace Arch Entertainment
Lançamento 4 de Junho de 2008
Idioma inglês
francês
Receita US$ 2,342,211[1]
Página no IMDb (em inglês)

JCVD é um filme estrelado por Jean-Claude Van Damme, onde o ator faz papel de si mesmo, intitulando o filme.

Apesar de um tom auto biográfico, o filme mescla fatos da vida real de Van Damme, como sua ascensão e queda em Hollywood e seus problemas com a cocaína, com fatos fictícios, como o assalto a uma agência dos correios ao qual Van Damme se vê envolvido e em torno do qual o filme gira.

É dirigido pelo diretor franco-argelino Mabrouk El Mechri. Ele também é um dos roteiristas, e teve de escrever o script duas vezes, pois a primeira versão não agradou Van Damme, pois este era retratado de uma forma muito cômica. 30% do script acabou sendo improvisado.

Uma cena marcante deste filme e muito aclamada é o monólogo que Van Damme faz, em um tom existencialista, refletindo sobre sua fama, mulheres, família, dinheiro e o sentido da vida. Foi muito bem recebido pela crítica, e a revista TIME Magazine declarou o desempenho de Van Damme neste filme como a segunda melhor do ano de 2008, perdendo apenas para Heath Ledger no papel do Coringa em The Dark Knight). [2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Jean-Claude Van Damme como JCVD
  • François Damiens como Bruges
  • Zinedine Soualem como O Homem com a Capa
  • Karim Belkhadra como The Vigil
  • Jean-François Wolff como O Terceiro
  • Anne Paulicevich como The Teller
  • Saskia Flanders como a Filha de JCVD
  • Dean Gregory como o Diretor de Tobey Wood
  • Kim Hermans como o Prisioneiro na luta de kickboxing
  • Steve Preston como o Assistente de JCVD
  • Paul Rockenbrod como Tobey Wood
  • Alan Rossett como Bernstein
  • Jesse Joe Walsh como Jeff

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]