Jack Horner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jack Horner
Nome completo John R. "Jack" Horner
Nascimento 15 de junho de 1946 (71 anos)
Shelby, Montana,  Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Cônjuge Vanessa Shiann Weaver (2012-2015)
Alma mater Universidade de Montana
Ocupação paleontólogo

John R. "Jack" Horner (Shelby, 15 de junho de 1946) é um paleontólogo norte-americano que descobriu e batizou o Maiassauro, trazendo a primeira evidência de que os dinossauros preocupavam-se com seus filhotes. Ele é um dos paleontologistas mais conhecidos dos Estados Unidos. Além de suas muitas descobertas paleontológicas, Horner serviu como conselheiro técnico para todos os filmes da série Jurassic Park e serviu parcialmente como inspiração para o personagem principal, Dr. Alan Grant, interpretado pelo ator Sam Neill.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido e criado em Shelby, Horner tinha só oito anos quando encontrou seu primeiro fóssil de dinossauro.[2] Frequentou a Universidade de Montana por sete anos, especializando-se em geologia e zoologia. Também passou dois anos servindo o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA durante a Guerra do Vietnã. Horner não terminou seu curso de bacharelado por sofrer de dislexia. No entanto, completou uma formidável tese sobre a fauna do Bear Gulch Limestone em Montana, que é um dos mais famosos lagerstätten do Mississippi no mundo.

Em Montana, em meados da década de 1970, Horner e seu companheiro Bob Makela descobriram um sítio com um ninho de uma nova espécie de dinossauro, que ele chamou de Maiassauro ("Lagarto Boa Mãe"). O ninho continha os primeiros ovos de dinossauros encontrados no Hemisfério Oeste e os primeiros embriões de dinossauro, estabelecendo dúvidas a respeito da sociabilidade dos dinossauros, se eles construíam ninhos e se havia preocupação com os filhotes. Desde então, Horner batizou várias outras espécies de dinossauros.[2]

Dentro da comunidade paleontológica, Horner é mais conhecido por seu trabalho de ponta na pesquisa do crescimento de dinossauros. Publicou grande número de artigos em colaboração com o biólogo evolucionário Kevin Padian, de Berkeley, e o histologista Armand de Ricqlès sobre o crescimento de dinossauros usando séries de crescimento.[3]

Em 2011, ajudou os produtores da série Terra Nova, de Steven Spielberg, a criar alguns dinossauros do Período Cretáceo, como o "Slasher", já que apenas 10% dos dinossauros daquela época foram catalogados.[4]

Casou-se com Vanessa Shiann Weaver em janeiro de 2012, porém divorciou-se em 2015.[5]

Referências

  1. Sogard, Melissa (2007). «John R. "Jack" Horner, Paleontologist». Fact Monster Database. Pearson Education, Inc. Consultado em 8 de fevereiro de 2011 
  2. a b Gray, Veronique. «A talk with paleontologist Jack Horner». Vivamost.com. Consultado em 9 de novembro de 2012 
  3. Tribune Staff. «125 Montana Newsmakers: Jack Horner». Great Falls Tribune. Consultado em 27 de agosto de 2011 
  4. Hurwitz, Matt (30 de setembro de 2011). «A look behind the making of "Terra Nova" dinosaurs» (em inglês). Reuters 
  5. «Jack Horner marries 19-year-old MSU student and museum volunteer». Montana State News. 28 de janeiro de 2012. Consultado em 17 de junho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.