Jacques Vaché

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Jacques Vaché foi um escritor, nascido em 1895, falecido em 1919.

Se fez notar no liceu por sua excentricidade. Convocado em 1914, é ferido. Enviado a Nantes para se tratar, se encontra no hospital da rua Bocage (hoje o liceu Guist'hau).É onde conhece André Breton, então residente do hospital. (É entre as suas dicussões com Jacques Vaché e algumas baladas do Parc de Procé que nascerão no espírito de Breton as premissas do surrealismo.) Vaché retorna ao front em 1916 como intérprete junto às tropas inglesas. Entre 1916 e 1918, escreve cartas de conteúdo "surrealista" à Breton e a Aragon. Essas cartas serão colecionadas após sua morte e publicadas por André Breton sob o título Cartas de Guerra.

Em 6 de janeiro de 1919, é num quarto de hotel na praça Graslin que uma overdose de ópio o abate.

Em literatura, fui sucessivamente apaixonado por Rimbaud, Jarry, Apollinaire, Nouveau, Lautréamont, mas é por Jacques Vaché que sou ainda mais. André Breton, 1924.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jacques Vaché por Bertrand Lacarelle, editado por Grasset em 06/04/2005, ISBN 2-246-68231-2
  • « Lettres de guerre », préface d'André Breton, éditions du Sans Pareil, 1919. Réédition Mille et une nuits, Paris, 2001, sans la préface.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.