Jaguares de Córdoba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jaguares de Córdoba
Nome Jaguares de Córdoba
Alcunhas Felinos
Fundação 5 de dezembro de 2012
Estádio Estádio Jaraguay
Capacidade 8 000 pessoas
Localização Montería, Colômbia
Presidente Colômbia Nelson Soto Duque
Treinador Colômbia Hubert Bodhert
Patrocinador Colômbia Alcaldía de Montería
Material (d)esportivo Colômbia Kaxon
Competição Colômbia Campeonato Colombiano
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Jaguares de Córdoba é um clube de futebol colombiano cuja sede é Montería, Córdoba. Foi fundado o 5 de dezembro de 2012, joga na Categoria Primeira A colombiana. Seu primeiro partido oficial disputou-o na cidade de Montería o 3 de fevereiro de 2013, ante Real Cartagena.

Jaguares joga de local no Estádio Jaraguay da cidade de Montería, inaugurado o 3 de novembro de 2012 na cerimónia inaugural dos Jogos Desportivos Nacionais de Colômbia do mesmo ano, e encontra-se localizado no Quilómetro 7, Via a Planeta Rica. Seu máximo lucro, até o momento, tem sido o título do Torneio de Ascensão, à Primeira Divisão do Futebol Profissional Colombiano, ganhado em Primeiro B.

Actualmente compete na Categoria Primeira A de Colômbia e participou durante 2 anos, na Categoria Primeira B, entre 2013 e 2014.

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

A equipa foi fundada o 5 de dezembro de 2012, tomando a ficha do Sucre Futebol Clube.

Numa iniciativa liderada pela Prefeitura de Montería e a Gobernación do departamento de Córdoba, com o apoio de empresas da região, chegou-se a um acordo com as directoras do antigo Sucre para transladar a equipa à capital cordobesa a partir de 2013 com o nome de Jaguares de Córdoba.

Nelson Soto Duque, é o máximo accionista do clube que nasceu faz vinte anos com o nome de Girardot F.C., transladando-se em mais três ocasiões com os nomes de Desportos Palmira, Pacífico F.C., Sucre F.C. e agora, com Jaguares.

Debut no profissionalismo[editar | editar código-fonte]

O 3 de fevereiro de 2013, Jaguares de Córdoba debutó com vitória de ganhando-lhe 2 - 1 ao recém descido Real Cartagena. Ante para perto de 8.000 aficionados que chegaram ao Estádio Municipal de Montería.

A equipa dirigida por César Maturana começou sua debut com um autogol do argentino Rodrigo Marangoni que lhe deu a vantagem aos visitantes ao minuto 15. No entanto, os cordobeses não se renderam e ao minuto 33 empatou o defensor Francisco Alvear. Para a segunda metade os "felinos" fizeram respeitar sua casa, e ao 13' do segundo tempo Luis Fernando Sánchez marcou o golo do triunfo do recém criado clube cordobés.

Temporada 2013[editar | editar código-fonte]

No torneio abertura, depois de debutar ante o Real Cartagena, jogando como locais, com vitória, Jaguares teve aceitáveis actuações de local, mas os maus resultados de visitante deixaram à equipa a metade do torneio na parte baixa da tabela. César Maturana foi destituído, e em substituição nomearam a Álvaro Zuluaga, que o teve a ponto de classificar aos cuadrangulares finais.

Para o finalização, nomearam como técnico a José Alberto Suárez, que o classificou a cuadrangulares, depois de derrotar 2-1 ao Atlético Bucaramanga, ao que teve que enfrentar novamente, junto a Cortuluá e Desportivo Rionegro. Jaguares conseguiu duas vitórias consecutivas, mas não teve os resultados favoráveis nas seguintes datas.

Temporada 2014 e Ascensão à Primeira Categoria[editar | editar código-fonte]

Depois de uma excelente campanha dirigida por José Alberto Suárez no que conseguiram 41 pontos em todo o semestre, 27 como local e 14 como visitante, Jaguares se consagrou campeão do Primeiro Torneio 2014 da Categoria Primeira B ou Torneio Postobon, ao lhe ganhar ao América de Cali 4-1 na ida, jogada em Montería, com golos de Denis Gómez (23'), Wilder Salazar (73'), e doblete de Harold Precioso (55' e 91'), quem foi o goleador da equipa. Leyvin Balanta (89') anotou o desconto para os Diabos Vermelhos. No partido de volta, jogado no Estádio Pascual Guerreiro, Jaguares conseguiu um empate 1-1 (global 5-2) com golos de Harold Precioso (59') para Jaguares, e de Jorge Brazales (82') para o local. Com esse resultado, a equipa de Montería consagrar-se-ia como campeão do Torneio Abertura da Categoria Primeira B. Assim, Jaguares ganhou seu primeiro Torneio depois de ter sido criado tão só um ano dantes. Com o fim de determinar que equipa ascenderia à Primeira Categoria do futebol colombiano para o torneio 2015, se jogou um grande final contra o Desportos Quindío, campeão do torneio do segundo semestre. a equipa de Jaguares, desta vez dirigido por Héctor Estrada ficou com o triunfo depois de perder 2-0 o primeiro partido e ganhar 3-0 no partido de volta em Montería, com golos de Jesús Arrieta (30'), Juan José Mezú (43') e Leonardo Saldaña (69'), de tiro livre. Com isto, Jaguares obteve a ascensão à máxima categoria, iniciando em 2015. Esta é a primeira vez que a cidade de Montería e o departamento de Córdoba tem uma equipa competindo na máxima categoria do futebol profissional de Colômbia.

2015: Debut em Primeira Divisão[editar | editar código-fonte]

Em seu debut na máxima Categoria do futebol profissional colombiano a equipa dirigida por Carlos Castro teve uma boa apresentação, tendo em conta de que a equipa era nova em Primeira Divisão: obteve 21 pontos de 60 possíveis e ficou localizado na décimo quinta posição, com 5 partidos ganhados, 6 empatados e 9 perdidos, e uma diferença de golo de -11. Lastimosamente, ficou eliminado da segunda fase.

Torneio Finalização 2015[editar | editar código-fonte]

Jaguares teve uma muito má apresentação no Finalização 2015, onde ficou na posição N° 19, isto é, a penúltima posição da Categoria, com só 13 pontos, produto de 11 partidos perdidos, 7 empatados e só 2 ganhados, ademais, teve várias mudanças de técnico durante a temporada, e finalizou os últimos dois partidos (contra Independente Santa Fé e Desportos Tolima), sendo dirigido pelo corpo técnico da equipa, com o qual conseguiu um empate 2 -2 contra Santa Fé e uma derrota 2 -1 em frente ao Tolima, ambos em condição de local, e ficando, obviamente, fora do octagonal final. Essa perda de pontos, afectou-o no tema do descenso, que passou a ser uma preocupação maior para o conjunto "felino".

Uniforme[editar | editar código-fonte]

  • Uniforme titular: T-shirt azul celeste com degradado alvo (em pontos) diagonal, pantalón azul celeste e médias azuis celeste.
  • Uniforme alternativo: T-shirt branca com degradado azul (em pontos) diagonal, pantalón branco, médias brancas com faixas azul céu.

Provedores e patrocinadores[editar | editar código-fonte]

Listagem por períodos dos provedores da indumentaria e as entidades patrocinadoras da equipa.

Período Provedor Patrocinadores
2013 ZodiumColômbiaZ-JnIn.png Prefeitura de Monteria - Gobernación de Córdoba - Urrá S.A. - ComfacorColômbia[1]
2014 InovaColômbiaDeporteTotal Logo.svg Prefeitura de Monteria - Gobernación de Córdoba - Urrá S.A. - ComfacorColômbia[2]
2015 - I KaxonColômbiaKaxon sport logo.png Prefeitura de Monteria - Gobernación de Córdoba - Comfacor - Confuturo - Urrá S.A - UPB Montería[3]Colômbia

Instalações[editar | editar código-fonte]

Estádio Jaraguay de Montería[editar | editar código-fonte]

Estádio Jaraguay

O Estádio Jaraguay, é o principal palco desportivo da capital do departamento de Córdoba. Neste palco joga seus partidos como local a equipa Jaguares da Categoria Primeira A. Tem aforo para 8.000 espectadores. Está construído na etapa 1 de 4.

O palco foi usado pela primeira vez na cerimónia inaugural dos Jogos Desportivos Nacionais de Colômbia o 3 de novembro de 2012. Na cerimónia, para a ignição do pebetero do Fogo Desportivo, fizeram relevos os medallistas olímpicos Helmut Bellingrodt, Óscar Figueroa e Mariana Pajón, quem entregou o último depoimento ao exboxeador e excampeón mundial, Miguel 'Happy' Lora.

Jaguares debutó neste estádio o 3 de fevereiro de 2013 em frente à equipa do Real Cartagena, partido que ganharam os locais por 2-1.

Estádio Alberto Saibis Saker de Cereté[editar | editar código-fonte]

El Estadio Alberto Saibis Saker ubicado en el municipio de Cereté, Área Metropolitana de Montería; actualmente es utilizado por Jaguares para realizar las entrenamientos de pretemporada y prácticas de espacio reducido, fútbol y repaso táctico. Anteriormente este escenario deportivo era utilizado por los desaparecidos clubes Atlético Córdoba y Córdoba Club de Fútbol; para disputar los encuentros oficiales en el torneo de Categoría Primera B.

Estadio Armando Tuiran Paternina[editar | editar código-fonte]

El Estadio Armando Tuiran Paternina seria la tercera casa de Jaguares de Cordoba despues del Estadio Alberto Saibis Saker de Cereté,donde el equipo felino podría jugar los partidos de la Copa Águila. “Este tema debe tener una aprobación especial de la asamblea, vamos a hablar con el alcalde y el gobernador para mirar que es lo más beneficioso para el departamento en el tema futbolístico. Lo vemos con muy buenos ojos porque hay senadores que pueden contribuir mucho al desarrollo del fútbol en Córdoba”. Recordemos en este escenario se juega la Liga Ñ.[4]

Escudo[editar | editar código-fonte]

O escudo de Jaguares apresenta um desenho heráldico com forma francês antigo, com certa curvatura em sua parte superior. Rodeia-o uma bordura com as cores, verde na parte esquerda e azul numa pequena parte inferior direita, (Alegoria ao poder demoledor das mandíbulas poderosas do Jaguar); baseando nas cores da bandeira oficial do departamento de Córdoba. Dentro do escudo localiza-se um 'Jaguar', comumente sobre fundo branco ou transparente, escolhe-se este animal tendo em conta que nos escudos de Córdoba, Montería e outros municípios cordobeses está presente este felino, símbolo religioso da cultura Zenú. De ali, que o nome da equipa "JAGUARES", que aparece formando um arco, na parte superior do emblema do clube, se inspira neste animal carnívoro félido.

Até mediados de 2014, o escudo da equipa possuía um desenho básico, este mantinha a silhueta do 'Jaguar' no centro, com tons amarelo e café ocre; sustentando entre seus colmillos uma bola de futebol. O emblema encontrava-se acompanhado em seu ao redor por dois vetores, que imitam as garras de um felino, o da parte esquerda de cor verde e o de sua direita cor azul; ao interior e no centro deste último encontravam-se as letras "F.C.. Na parte superior, aparecia o nome do clube igual como aparece actualmente e em sua parte inferior, a palavra "CÓRDOBA", complementando assim, o nome oficial da equipa de futebol, tal como o era num princípio.

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Dados do clube[editar | editar código-fonte]

  • Temporadas em 1.ª: 2; (2015 - presente)
  • Temporadas em 2.ª: 2; (2013 e 2014)
  • Total de pontos em 1.ª 67 pts. (2015 - até a data)
  • Melhor posto em une-a:
    • 14º (2016-I)
  • Pior posto em une-a:
    • 19º (2015-II)
  • Racha mais longa sem ganhar
    • Durou 13 partidos sem ganhar, desde o 12 de julho do 2015 até o 27 de setembro de 2015.
  • Maior invicto como local em une: 11 partidos, desde o 3 de abril até o 25 de setembro de 2016.
  • Maior número de golos num campeonato: 21 (2015-I)
  • Menor número de golos num campeonato: 16 (2016-I)
  • Maior goleada conseguida:
  • Maior goleada recebida:
  • Primeiro jogador convocado por uma selecção
    • William Palácio, o 27 de agosto do 2015 pela selecção Colômbia.
  • Maior quantidade de partidos ganhados num torneio: 6 vitórias em 20 partidos (2016-I)
  • Menor quantidade de partidos ganhados num torneio: 2 vitórias em 20 partidos (2015-I)
  • Máximo goleador: Harold Precioso (22 golos)

Mais participações[editar | editar código-fonte]

# Nome Período Partidos Golos
1. Leonardo Saldaña 2013 - 2016 164 4
2. Wilder Salazar 2013 - 2016 140 6
3. Denis Gómez 2013 - 2016 107 11
4. Ramón Córdoba 2013 - Presente 106 1
5. Luis Fernando Sánchez 2013 - 2014 85 19
Última actualização: 16 de janeiro de 2017

Máximos goleadores[editar | editar código-fonte]

# Nombre Periodo Goles Partidos
1. Harold Preciado 2013 - 2014 22 40
2 Luis Fernando Sánchez 2013 - 2014 19 85
3. Mauricio González 2013 - 2015 15 73
4. Denis Gómez 2013 - 2016 11 107
5. Kevin Alvear 2013 - 2014 9 61
Última actualización: 16 de enero de 2017

Palmarés[editar | editar código-fonte]

Torneios nacionais[editar | editar código-fonte]

  • Categoria Primeira B (1): 2014

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências

Enlaces externos[editar | editar código-fonte]