Jaguaretama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Jaguaretama
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 29 de agosto de 1865 (151 anos)
Gentílico jaguaretamense
Prefeito(a) Ila Maria Pinheiro Nogueira Saraiva (PSD[1])
Localização
Localização de Jaguaretama
Localização de Jaguaretama no Ceará
Jaguaretama está localizado em: Brasil
Jaguaretama
Localização de Jaguaretama no Brasil
05° 36' 46" S 38° 46' 01" O05° 36' 46" S 38° 46' 01" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Jaguaribe IBGE/2008 [2]
Microrregião Médio Jaguaribe IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Norte: Banabuiú e Morada Nova, Leste: Jaguaribara, Sul: Jaguaribe e Solonópole, Oeste: Solonópole e Banabuiú
Distância até a capital 240 km km
Características geográficas
Área 1 759,722 km² [3]
População 17 867 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 10,15 hab./km²
Altitude 40 m
Clima Semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,645 médio PNUD/2000 [5]
PIB R$ 82 467,477 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 4 484,61 IBGE/2008[6]
Página oficial

Jaguaretama é um município brasileiro do estado do Ceará.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da localidade já foi Riacho do Sangue, Riachuelo e Frade. A palavra jaguaretama é uma composição artificial, donde yaguar = onça; e retama = a terra natal, a pátria, pretendendo significar lugar ou região de jaguar ou onça[7], em tupi.

História[editar | editar código-fonte]

Antes Riacho do Sangue, também já chamado de Riacho das Pedras, pertencia a Jaguaribe, criado pela Resolução do Conselho Provincial, de 6 de maio de 1833. Depois transferido para o núcleo Cachoeira, hoje Solonópole, através da Lei nº 518 de 1º de agosto de 1850. Finalmente, Riacho do Sangue foi transferido para o núcleo de Jaguaribe, sob a Lei nº 1121, de 8 de novembro de 1864. Desmembrado de Jaguaribe pela Lei nº 1567, de 9 de setembro de 1873, o Município Riacho do Sangue foi restaurado pela Lei nº 1822, de 1º setembro de 1879.

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Prefeitos eleitos no Ceará. Página visitada em 05/01/2013.
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  7. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/historicos_cidades/historico_conteudo.php?codmun=230670

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.