Jake Garn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edwin Jacob "Jake" Garn
Edwin Jacob "Jake" Garn
Ex-senador por Utah
Período 1974 a 1993
Vida
Nascimento 12 de outubro de 1932 (83 anos)
Richfield, EUA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Utah
Partido Republicano
Profissão político
Jake Garn

Astronauta da NASA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Nascimento 12 de outubro de 1932
Richfield, EUA
Ocupação anterior congressista
Missões STS-51-D
Insígnia da missão Insígnia da STS-51d

Edwin Jacob "Jake" Garn (Richfield, 12 de outubro de 1932) é um político norte-americano. Membro do Partido Republicano, serviu como senador entre 1974 e 1993. Foi também o primeiro membro ativo do Congresso dos Estados Unidos a ir ao espaço, quando participou, como especialista de carga, da tripulação da missão STS-51-D do ônibus espacial Discovery, em abril de 1985.

Serviço militar e política[editar | editar código-fonte]

Um ex-executivo do ramo de seguros antes de entrar na política, Jake Garn formou-se em negócios e finanças na Universidade de Utah e completou um bacharelado em ciências na mesma universidade, antes de servir nas Forças Armadas. Serviu na Marinha dos Estados Unidos como piloto naval e na Guarda Nacional Aérea de Utah, pilotando grandes aviões de reabastecimento aéreo como os Boeing KC-97 Stratotanker e o KC-135 Stratotanker, retirando-se do serviço ativo em 1979 com a patente de coronel.[1] Depois de sua missão espacial na Discovery, veio a ser promovido a brigadeiro-general.[2] Como piloto, acumulou mais de 10.000 horas de voo entre aeronaves civis e militares.

Antes de ser eleito ao Senado, Garn foi prefeito de Salt Lake City entre 1972 e 1974. Eleito em 1974 e releito em 1980, ele serviu no Congresso por quase dezenove anos, mandato encerrado em 3 de janeiro de 1993.[3]

Astronauta[editar | editar código-fonte]

Garn foi escolhido para ir ao espaço em 1985, como "observador do Congresso"[4], na missão STS-51-D Discovery, em abril de 1985, tornando-se o primeiro congressista norte-americano a fazê-lo.[1] Durante os sete dias da missão, apesar do treinamento como astronauta que realizou, o senador teve vários enjoos a bordo, conhecidos como síndrome de adaptação ao espaço, e tão severos que uma escala de tipo de enjoos e dificuldades para adaptação no espaço foi criada como piada dentro da NASA, em que 'Um Garn' era o nível mais alto dela.[5]

O 'Jake Garn Mission Simulator and Training Facility', na NASA, dedicado ao treinamento em falta de gravidade dos postulantes a astronautas para o programa do ônibus espacial e da Estação Espacial Internacional, foi batizado em homemagem a ele.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Payload Specialist Astronaut Bio: Jake Garn». National Aeronautics and Space Administration. May 1985. Consultado em 2011-02-16. 
  2. «Newsmakers». Kentucky New Era. Consultado em 2011-02-16. 
  3. «Garn, Jake». Utah History Encyclopedia. University of Utah. Consultado em April 11, 2011. 
  4. Evans, Ben (1977). Space shuttle challenger: ten journeys into the unknown Springer [S.l.] pp. 168–169. ISBN 9780387463551. OCLC 131057274. 
  5. «ORAL HISTORY 2 TRANSCRIPT» (PDF). Johnson Space Center Oral History Project. NASA. May 13, 1999. p. 13-35. Consultado em April 22, 2011. 
  6. «Jake Garn Simulator and Training Facility». NASA Cultural Resources (CRGIS). NASA. Consultado em April 22, 2011.