Jake Garn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edwin Jacob "Jake" Garn
Edwin Jacob "Jake" Garn
Senador dos Estados Unidos por Utah
Período 1974 a 1993
Dados pessoais
Nascimento 12 de outubro de 1932 (85 anos)
Richfield, EUA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Alma mater Universidade de Utah
Partido Republicano
Profissão político
Jake Garn

Astronauta da NASA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Nascimento 12 de outubro de 1932
Richfield, EUA
Ocupação anterior congressista
Missões STS-51-D
Insígnia da missão Insígnia da STS-51d

Edwin Jacob "Jake" Garn (Richfield, 12 de outubro de 1932) é um político norte-americano. Membro do Partido Republicano, serviu como senador entre 1974 e 1993. Foi também o primeiro membro ativo do Congresso dos Estados Unidos a ir ao espaço, quando participou, como especialista de carga, da tripulação da missão STS-51-D do ônibus espacial Discovery, em abril de 1985.

Serviço militar e política[editar | editar código-fonte]

Um ex-executivo do ramo de seguros antes de entrar na política, Jake Garn formou-se em negócios e finanças na Universidade de Utah e completou um bacharelado em ciências na mesma universidade, antes de servir nas Forças Armadas. Serviu na Marinha dos Estados Unidos como piloto naval e na Guarda Nacional Aérea de Utah, pilotando grandes aviões de reabastecimento aéreo como os Boeing KC-97 Stratotanker e o KC-135 Stratotanker, retirando-se do serviço ativo em 1979 com a patente de coronel.[1] Depois de sua missão espacial na Discovery, veio a ser promovido a brigadeiro-general.[2] Como piloto, acumulou mais de 10.000 horas de voo entre aeronaves civis e militares.

Antes de ser eleito ao Senado, Garn foi prefeito de Salt Lake City entre 1972 e 1974. Eleito em 1974 e releito em 1980, ele serviu no Congresso por quase dezenove anos, mandato encerrado em 3 de janeiro de 1993.[3]

Astronauta[editar | editar código-fonte]

Garn foi escolhido para ir ao espaço em 1985, como "observador do Congresso",[4] na missão STS-51-D Discovery, em abril de 1985, tornando-se o primeiro congressista norte-americano a fazê-lo.[1] Durante os sete dias da missão, apesar do treinamento como astronauta que realizou, o senador teve vários enjoos a bordo, conhecidos como síndrome de adaptação ao espaço, e tão severos que uma escala de tipo de enjoos e dificuldades para adaptação no espaço foi criada como piada dentro da NASA, em que 'Um Garn' era o nível mais alto dela.[5]

O 'Jake Garn Mission Simulator and Training Facility', na NASA, dedicado ao treinamento em falta de gravidade dos postulantes a astronautas para o programa do ônibus espacial e da Estação Espacial Internacional, foi batizado em homenagem a ele.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Payload Specialist Astronaut Bio: Jake Garn». National Aeronautics and Space Administration. Maio de 1985. Consultado em 16 de fevereiro de 2011 
  2. «Newsmakers». Kentucky New Era. Consultado em 16 de fevereiro de 2011 
  3. «Garn, Jake». Utah History Encyclopedia. University of Utah. Consultado em 11 de abril de 2011 
  4. Evans, Ben (1977). Space shuttle challenger: ten journeys into the unknown. [S.l.]: Springer. pp. 168–169. ISBN 9780387463551. OCLC 131057274 
  5. «ORAL HISTORY 2 TRANSCRIPT» (PDF). Johnson Space Center Oral History Project. NASA. 13 de maio de 1999. p. 13-35. Consultado em 22 de abril de 2011 
  6. «Jake Garn Simulator and Training Facility». NASA Cultural Resources (CRGIS). NASA. Consultado em 22 de abril de 2011