James Bateman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Bateman
Nascimento 18 de julho de 1811
Bury
Morte 27 de novembro de 1897
Worthing
Cidadania Reino Unido
Alma mater Lincoln College, Magdalen College
Ocupação horticulturist, botânico
Prêmios membro da Royal Society

James Bateman (Bury, Lancashire, 18 de julho de 1811Worthing, Sussex, 27 de novembro de 1897) foi um botânico britânico.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bateman foi um horticultor e latifundiário, filho de John Bateman, um rico comerciante de carvão e aço, e de Elizabeth nascida Holt.

Nasceu em Redivals, perto de Bury, em Lancashire. Matriculou-se na Lincoln College de Oxford em 1829 e graduou-se pela Magdalen College de Oxford com o título de bacharel em artes em 1834, e de mestre em artes em 1845. Casou-se com Maria Sybilla Warburton em 24 de abril de 1838, união da qual teve quatro filhos.

Em 1840, com o dinheiro herdado de seu pai, transferiu-se para Biddulph, perto de Knypersley Hall, onde criou e desenvolveu o parque botânico Biddulph Grange com o amigo e pintor de paisagens John Cooke. Os jardins foram construídos para exibir os espécimes de uma extensa e variada coleção de plantas de Bateman

Os Jardins de Baterman é um exemplo raro de estilo entre os Jardins ingleses de Lancelot Brown e os da Era Vitoriana. Os jardins eram divididos por setores e por temas. A novela de Priscilla Masters, "Mr Bateman's Garden" (1987), é uma ficção que foi desenrolada nestes jardins.

Foi um coletor e um especialista em orquídeas. Foi presidente da North Staffordshire Field Society, participou do Comitê de Exploração de Plantas da Sociedade Real de Horticultura, membro da Sociedade Linneana de Londres e da Royal Society (1838).

Baterman teve quatro filhos, que cresceram na "Biddulph Grange", entre eles o pintor Robert Bateman.

Em 1861, Bateman e seus filhos abandonaram a casa e os jardins, indo morar em Kensington, Londres. Mais tarde, transferiu-se para Worthing, em Sussex, onde morreu em 1897.

Obras[editar | editar código-fonte]

Publicou numerosos trabalhos sôbre as orquideas, entre os quais:

  • Orchidaceae of Mexico and Guatemala (1837-1843).
  • A Monograph of Odontoglossum (Reeve & Co., Londres, (1864-1874).
  • A Second Century of Orchidaceus Plants (1867).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre James Bateman


Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.