James Braid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
James Braid
'
Nascimento 19 de junho de 1795
Fife
Morte 25 de março de 1860
Manchester
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, Reino da Grã-Bretanha
Alma mater
Ocupação hipnotizador, médico, hipnoterapeuta, cirurgião,
Causa da morte doença

James Braid (Fife, 19 de junho de 1795Manchester, 25 de março de 1860) foi um médico-cirurgião escocês.

Foi um dos pioneiros cientistas modernos a trabalhar clínica e investigativamente com o estado hipnótico e com a sua indução. De fato, é considerado o iniciador da hipnose científica.

Trabalhando com hipnose, em 1842 cunhou o termo "hipnotismo" para se referir ao procedimento de indução ao estado hipnótico. Essa escolha deveu-se a acreditar, na ocasião, tratar-se de uma espécie de "sono artificial", numa alusão a Hipnos, deus grego do sono. Reconhecido o equívoco — por ele mesmo — não mais foi possível corrigir a impropriedade do termo, pois já se achava consagrado.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.