James Braid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2016)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
James Braid
Nascimento 19 de junho de 1795
Fife
Morte 25 de março de 1860 (64 anos)
Manchester
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, Reino da Grã-Bretanha
Alma mater Universidade de Edimburgo
Ocupação hipnotizador, médico, hipnoterapeuta, cirurgião

James Braid (Fife, 19 de junho de 1795Manchester, 25 de março de 1860) foi um médico-cirurgião escocês.

Foi um dos pioneiros cientistas modernos a trabalhar clínica e investigativamente com o estado hipnótico e com a sua indução. De fato, é considerado o iniciador da hipnose científica'.

Trabalhando com hipnose, em 1842 cunhou o termo "hipnotismo" para se referir ao procedimento de indução ao estado hipnótico. Essa escolha deveu-se a acreditar, na ocasião, tratar-se de uma espécie de "sono artificial", numa alusão a Hipnos, deus grego do sono. Reconhecido o equívoco — por ele mesmo — não mais foi possível corrigir a impropriedade do termo, pois já se achava consagrado.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.