James Murdoch Austin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James Murdoch Austin
Nascimento 25 de maio de 1915
Dunedin
Morte 26 de novembro de 2000 (85 anos)
Concord, Massachusetts
Nacionalidade Neozelandês, estadunidense (1946)
Cônjuge Pauline Morrow Austin
Alma mater Universidade de Otago, Universidade da Nova Zelândia, Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Orientador(es) Sverre Petterssen
Orientado(s) Edward Lorenz
Instituições Instituto de Tecnologia de Massachusetts
Campo(s) Matemática, meteorologia

James Murdoch Austin (Dunedin, 25 de maio de 1915Concord, Massachusetts, 26 de novembro de 2000) foi um meteorologista neozelandês/estadunidense.[1] Foi notável por sua modelagem pioneira da meteorologia da poluição atmosférica. É também notável por ter sido o orientador do doutorado do pioneiro da teoria do caos e um dos práticos iniciais da previsão numérica do tempo Edward Lorenz.

Vida e educação[editar | editar código-fonte]

Austin nasceu em Dunedin, Nova Zelândia. Obteve a graduação na Universidade de Otago em 1935, com um mestrado em 1936 na Universidade da Nova Zelândia e um doutorado em meteorologia em 1941 no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, orientado por Sverre Petterssen, com a tese Fronts and Frontogenesis in Relation to Vorticity. Obteve a cidadania estadunidense em 1946.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Austin foi professor de meteorologia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts de 1941 a 1983.

Austin foi eleito fellow da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos em 1955.[2] Foi secretário da Sociedade Meteorológica Estadunidense.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Bernhard Haurwitz e James M. Austin, Climatology, New York, London, McGraw-Hill Book Company, 1944.

Referências

  1. «Austin of meteorology is dead at 85» (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2017 
  2. «Book of Members, 1780-2010: Chapter A» (PDF). American Academy of Arts and Sciences. Consultado em 13 de agosto de 2017