Jan Waldenström

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jan Waldenström
Nascimento 17 de abril de 1906
Estocolmo
Morte 1 de dezembro de 1996 (90 anos)
Malmö
Sepultamento Cemitério antigo de Uppsala
Cidadania Suécia
Alma mater Universidade de Uppsala
Ocupação médico, professor universitário
Prêmios Prêmio Internacional da Fundação Gairdner, Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter
Empregador Universidade de Uppsala, Universidade de Lund

Jan Gösta Waldenström (17 de abril de 19061 de dezembro de 1996) foi um médico sueco, especialista em clínica médica, que primeiro descreveu a doença que leva seu nome, a macroglobulinemia de Waldenström.[1]

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • J. Waldenström: Studien über Porphyrie, Dissertation. Acta Medica Scandinavica, Stockholm, 1937; supplement 82: 1-254.
  • J. Waldenström: "The porphyrias as inborn errors of metabolism", The American Journal of Medicine, 1957, 22: 758-773.
  • Jan G. Waldenström, Reflections and Recollections from a Long Life with Medicine, Rome, Ferrata Storti Foundation Publication, 1994. ISBN 88-7002-654-X.
  • Waldenström J, Ljungberg E: Studies on the functional circulatory influence from metastasizing carcinoid (argentaffine, enterochromaffine) tumours and their possible relationship to enteramine production. Acta Med Scand 152:293, 1955

Referências


Precedido por
Albert Claude, Keith Roberts Porter e Fritiof Sjöstrand
Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter
1972
com Denis Parsons Burkitt
Sucedido por
Michael Anthony Epstein, Kimishige Ishizaka e Dennis Howard Wright


Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.