Jane Foster

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jane Foster
Ocupação Enfermeira
Criado por Stan Lee
Larry Lieber
Jack Kirby
Primeira aparição Journey Into Mistery #83 (setembro de 1962)
Editora(s) Marvel Comics
Ocupação Enfermeira
Base de operações Nova Iorque

Jane Foster, mais tarde Jane Foster Kincaid, é uma personagem fictícia dos quadrinhos da Marvel Comics, uma das mais importantes coadjuvantes das primeiras aventuras de Thor, o deus do trovão. Ela era enfermeira e trabalhava para o médico manco Dr. Donald Blake, identidade secreta de Thor. Jane amava Thor mas sentia apenas piedade pelo médico, até que este lhe revelou sua identidade secreta.

Criada por Jack Kirby, Larry Lieber e Stan Lee, sua estréia foi em Journey Into Mystery #84 (setembro de 1962)

Biografia da Personagem[editar | editar código-fonte]

Thor e Jane Foster eram apaixonados um pelo outro, o que fez com que o deus do trovão revelasse sua identidade secreta e a levasse para Asgard, como sua noiva.

Antes disso, a moça foi vítima de vários ataques dos inimigos de Thor, principalmente Encantor, uma deusa e feiticeira de Asgard, que perseguiu Jane por ciúmes e desejo de desforra por ter sido preterida. Loki também ameaçou a enfermeira, tentando se aproveitar do que considerava uma fraqueza de Thor.

Mas o principal oponente do namoro de Thor com Jane foi Odin, o líder dos asgardianos e pai do deus do trovão. Ele não achava que uma moça "mortal" pudesse se adaptar a vida dos deuses. Quando Thor se revelou e levou sua amada para Asgard, Odin usou de vários artifícios para provar para Thor que a moça não poderia viver ali. Thor acabou se convencendo disto e desistiu do noivado. Para que a moça não ficasse magoada, Odin apagou a memória de Jane e a colocou em seu caminho outro médico, Dr. Keith Kincaid, por quem ela se apaixonaria e depois, casaria.

Na revista do "Thor Vol. 2 #5", Jane aparece agora como médica e comanda vários paramédicos de Nova Iorque.

Em Guerra Civil Jane trabalha para a SHIELD e fica do lado dos heróis que resitiram a lei de registros.

Em histórias recentes, Jane recupera sua memória e percebe ainda possuir os mesmos sentimentos por Thor, estando aparentemente divorciada do seu marido Keith.

What if[editar | editar código-fonte]

Na série What If? #10 (agosto de 1978) (br.: O que aconteceria se...), ao invés de Donald Blake, quem encontra o cajado mágico é Jane Foster. Ao ler a inscrição e bater com a madeira no chão, Jane se transforma em Thordis, a deusa do trovão. Com seus novos poderes ela resgata Donald Blake que estava em perigo. Mais tarde Odin a força a dar seu martelo para Blake, que assim se transforma em Thor, como ele havia planejado antes. Jane permanece em Asgard e mantém seus status de deusa, acabando por se casar com Odin.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Jane Foster é coadjuvante do desenho animado dos anos 60 de Thor ("The Mighty Thor"), um dos segmentos da série The Marvel Super Heroes.

Ela também apareceu no desenho Os Vingadores: Os Super-Heróis mais Poderosos da Terra.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Natalie Portman interpretou Jane Foster nos filmes Thor e Thor: O Mundo Sombrio.

A personagem foi interpretada pela atriz Natalie Portman no filme Thor, lançado em 2011, e na sequência Thor: O Mundo Sombrio, lançada em 2013.[1]

Referências