Janeth Arcain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Janeth
Janeth Arcain (21300956406).jpg
Informações pessoais
Nome completo Janeth dos Santos Arcain
Data de nasc. 11 de abril de 1969 (48 anos)
Local de nasc. Carapicuíba,  São Paulo,
Altura 1,82 m
Informações no clube
Posição Armadora
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
Estados Unidos Houston Comets
Seleção nacional
Flag of Brazil.svg Brasil
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Estados UnidosAtlanta 1996 Brasil
Bronze Austrália Sydney 2000 Brasil
Campeonatos Mundiais
Ouro AustráliaAustrália 1994 Brasil
Jogos Pan-Americanos
Ouro CubaHavana 1991 Brasil
Prata Estados UnidosIndianápolis 1987 Brasil
Prata BrasilRio de Janeiro 2007 Brasil

Janeth dos Santos Arcain (Carapicuíba, 11 de abril de 1969) é uma jogadora brasileira de basquetebol.

Atuava como ala-armadora e foi uma das expoentes da seleção, sendo campeã mundial em 1994 e vencedora de duas medalhas olímpicas.

Janeth é a terceira maior pontuadora da história da seleção, tendo anotado 2.247 pontos em 138 jogos oficiais, média de 16,3 pontos por jogo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Antes interessada em voleibol além do basquete, chegando a jogar pelo Corinthians, Janeth optou por um esporte ao assistir ao Mundial de 1983 em São Paulo. Ao voltar para Catanduva, passou a treinar basquete.[1]

Clubes[editar | editar código-fonte]

WNBA[editar | editar código-fonte]

Na WNBA, a versão feminina da NBA, atuou pelo Houston Comets, pelo qual foi tetracampeã da liga norte-americana.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Janeth teve sua primeira convocação para a seleção em 1986. Foi campeã mundial em 1994, pan-americana em 1991, e participou das quatro primeiras Olimpíadas do basquete feminino brasileiro, vencendo prata em Atlanta 1996 e bronze em Sydney 2000. Em Atenas 2004, ficou em quarto lugar se tornando a maior cestinha da história do torneio olimpíco, recorde superado apenas em 2012 por Lauren Jackson.

Inicialmente disposta a se aposentar após o mundial de 2006 no Brasil, em que ficou em quarto, Janeth decidiu se manter na seleção até o Pan de 2007 no Rio,[2] onde se aposentou do basquetebol profissional com a medalha de prata.[1]

Treinadora[editar | editar código-fonte]

Em 2009 Janeth assumiu o cargo de treinadora da Seleção Brasileira de Basquete Feminino sub-15 e também se tornou uma das assistentes técnicas da equipe principal.[3]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Janeth se tornou membra do Hall da Fama do Basquetebol Feminino.[4]

Em 2016, Janeth foi escolhida para ser a "prefeita" da Vila Olímpica nos Jogos Olímpicos do Rio.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]