Alto de Pinheiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jardim Atibaia)
Ir para: navegação, pesquisa
Distrito paulistano do
Alto de Pinheiros
Área 7,7 km²
População (84°) 39.477 hab. (2010)
Densidade 51,27 hab/ha
Renda média R$ 4.809,46
IDH 0,955 - muito elevado ()
Subprefeitura Pinheiros
Região Administrativa Oeste
Área Geográfica Centro Expandido
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

Alto de Pinheiros é um distrito situado na zona oeste da cidade de São Paulo, pertencente à subprefeitura de Pinheiros, em região ainda compreendida pelo centro expandido da capital.

O distrito é atendido pela linha 9 da CPTM nas estações Villa Lobos-Jaguaré e Cidade Universitária. O distrito também é atendido pela Estação Vila Madalena de metrô, da Linha 2-Verde.

Formação[editar | editar código-fonte]

As origens do distrito de Alto de Pinheiros remontam à incorporação de sua área pela Cia. City of São Paulo Improvement and Freehold Company Limited no ano de 1911. Sua urbanização iniciou-se em 1912, porém, as obras seriam interrompidas por acordos entre esta empresa e a São Paulo Tramway, Light and Power Company, concessionária de serviços de iluminação e transportes. A Light, por sua vez, promoveria a partir de 1927 as obras de retificação do rio Pinheiros, fundamentais à melhor habitabilidade da região que era marcada por inúmeras cheias, especialmente durante o verão.

O encerramento das obras de retificação acabou por gerar enorme valorização aos terrenos da City, o que fez com que o Alto de Pinheiros se configurasse como um bairro destinado a uma população de alto poder aquisitivo, o que se dá até os dias de hoje.[1]

Evolução demográfica do distrito do Alto de Pinheiros [2]

Características[editar | editar código-fonte]

Classes Sociais[3]
Classe A
23%
Classe B
50%
Classe C
24%
Classe D
2%
Classe E
0%

O Alto de Pinheiros possui uma superfície de 7,7 km² e, no Censo de 2000, apresentou uma população de 42 580 habitantes. Possui grande concentração de alemães, portugueses, americanos, austríacos e suíços, ou de descendentes destas nacionalidades.

Considerado um distrito de alto padrão na cidade, sua maior parte é formada por ruas largas e arborizadas, sem edificações altas. Destacam-se dentre estas vias as avenidas Pedroso de Morais, Professor Fonseca Rodrigues, São Gualter e Diógenes Ribeiro de Lima, além da Praça Panamericana, a principal do distrito.

Também no Alto de Pinheiros se encontra o Parque Villa-Lobos.

A intensa arborização da região.

Limites[editar | editar código-fonte]

  • Noroeste: Ponte do Jaguaré, Avenida Queiroz Filho, Praça Apecatu, Avenida Queiróz Filho.
  • Norte: Rua Oliveira Fortes, Rua Cerro Corá.
  • Nordeste: Rua Heitor Penteado, Rua Paulistânia.
  • Leste/Sudeste: Rua Cristóvão Burgos, Praça Doutor João Ernesto Faggin, Rua Heitor de Andrade, Rua Natingui, Avenida Professor Frederico Hermann Júnior.
  • Sudoeste/Oeste: Rio Pinheiros.

Distritos limítrofes[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

Alto de Pinheiros possui onze bairros.[4]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Parque Villa Lobos

Referências

  1. Gimenez, Ana Carolina. Apropriação privada de bem público, o caso do Clube Alto de Pinheiros.
  2. Tabelas. Visitado em Junho de 2009.
  3. DNA Paulistano Oeste.
  4. Pesquise seu distrito Prefeitura de São Paulo (26 de setembro de 2005). Visitado em 22 de junho de 2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.