Jardim Graúna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Jardim Graúna é um bairro localizado no distrito de Cidade Dutra, na Zona sul da cidade de São Paulo, foi loteado no início dos anos 80 as margens da represa Billings, na cidade de São Paulo, e fica entre a Represa, e o Jardim Guanhembú. O bairro é caracterizado como um bairro residencial, e conta com apenas uma via principal para entrada e saída do bairro, a Avenida Presidente João Goulart.

O bairro é basicamente cercado pela represa, fazendo divisa apenas com o Jardim Orion.

Projetos[editar | editar código-fonte]

Existe um projeto de mobilidade urbana que prevê a construção de uma ponte sob a represa entre o Jardim Gaivotas, localizado em uma Península da Represa Billings e o bairro, ligando o distrito do Grajaú e o distrito da Cidade Dutra. Este projeto visa uma economia de 14 quilômetros e 1 hora e meia no deslocamento dos moradores do Grajaú em direção ao centro.

Transportes[editar | editar código-fonte]

O bairro é atendido pela linha de ônibus da Transwolff (antiga CooperPam) 6027/10 - Jardim Graúna - Terminal Santo Amaro. Essa linha foi administrada por uma grande empresa nos anos 90, a Viação Bola Branca mas sua baixa demanda seguida de uma reformulação dos transportes públicos, na gestão da ex-prefeita Marta Suplicy levou essa linha à mão dos empresários cooperados.

Referências[editar | editar código-fonte]