Jardim Nazareth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o bairro de São José do Rio Preto, veja Jardim Nazareth (São José do Rio Preto).

Jardim Nazareth é um bairro do distrito de Vila Curuçá, Área 3 - Zona Nordeste do município de São Paulo.

É também chamado de Jardim Nazaré, inclusive sendo utilizada essa grafia em letreiros de ônibus que têm o ponto final no bairro, entre os moradores do bairro e adjacências, em letreiros de comércios locais e mesmo entre instituições oficiais, tanto de ordem municipal, estadual ou federal.

A maioria dos moradores, por senso comum, considera o Jardim Nazaré como bairro do distrito de Itaim Paulista, uma outra parte o considera como bairro do distrito de Guaianases, no entanto, de acordo com os mapas oficiais da prefeitura do município, o bairro é parte do distrito de Vila Curuçá. A própria subdivisão indicada nas placas que informam os nomes das ruas, é ignorada pela grande maioria da população que considera-se apenas como parte da Zona Leste da Cidade de São Paulo. O bairro é um dos mais conhecidos na região e muitos moradores de bairros vizinhos com Jardim Quissisana, Jardim Rosina, Jardim Eva, Vila Luzimar, Vila Stela e Parque Dom João Nery se consideram como moradores do Jardim Nazaré.

História[editar | editar código-fonte]

A história da formação do Jardim Nazaré está diretamente ligada às formações dos bairros de Guaianases, Itaim Paulista, São Miguel Paulista e Itaquera. O bairro teve seu início às margens do córrego Lajeado, onde hoje é seu principal centro comercial, e posteriormente se estendeu até a antiga avenida dois, atual avenida Teodoro Bernardo do Nascimento, considerada pelos moradores como a divisa entre o Jardim Nazaré e o Jardim Robru, bairro vizinho que está entre os mais conhecidos da região. Até o princípio da década de 1980 o Jardim Nazaré era mais uma área rural dentre os bairros paulistanos mais distantes do centro da cidade.

A princípio o bairro atraía novos moradores devido ao seu baixo valor imobiliário e havia verdadeiros mini-latifúndios. A urbanização do bairro teve início com a pavimentação da estrada Dom João Nery e a construção de sua primeira escola, posteriormente houve a pavimentação da rua Gerônimo Barbosa da Silva, o fortalecimento de um pequeno comércio local na região do cruzamento entre essas duas vias anteriormente citadas e a criação de duas linhas de ônibus, para atender ao bairro, que na época tinham sua parada final na própria Estrada Dom João Nery.

A urbanização do bairro acelerou-se a partir de meados da década de 1980, quando começou seu crescimento rápido e desordenado, e com a chegada de uma grande massa de novos moradores, a maioria migrantes, especialmente provindos da Região Nordeste. Durante muito tempo o bairro foi um dos únicos da região que manteve uma extensa área verde que conservava uma rica fauna e flora da Floresta Atlântica, conhecida pelos moradores como "Mata da Paula".

O Bairro passou por vários programas habitacionais, dentre os mais conhecidos o conjunto habitacional Guaianases-C (Vila Conceição), o conjunto habitacional Chácara das Flores e o conjunto habitacional Dom João Nery (Lírios do Itaim).

Atualmente o bairro tem praticamente toda sua área urbanizada, passa por um processo de "desfavelização" e da chamada "Mata da Paula" muito pouco resta. Inclusive está em andamento um novo loteamento numa das áreas da "Mata da Paula", acabando cada vez mais com a pouca área verde da região. À beira da estrada Dom João Nery ainda há algumas antigas fazendas remanescentes do século XX, a maioria delas em processo de loteamento.

A maioria dos moradores do Jardim Nazaré é de origem nordestina, no entanto entre as famílias que moram a mais tempo no bairro há muitos descendentes de italianos, espanhóis e portugueses.

Educação[editar | editar código-fonte]

O bairro possui três escolas estaduais, a E.E. Profº Wilson Roberto Simonini, que a princípio chamava-se E.E.P.G. de Vila Conceição [1], e é a mais antiga do bairro, a E.E. Profª Rosarita Torkonian, que a princípio chamava-se E.E.P.G Jardim Quissisana [2], construída posteriormente para poder atender à crescente demanda do bairro, e uma nova unidade de ensino, que é uma expansão da E.E. Rosarita Torkonian, que se chamava E.E. Jardim Nazaré e a partir de 2010 passou a chamar-se E.E. Desembargador Luís Ambra; além de creches estaduais e CEI's municipais. O bairro possui também um instituto dedicado à educação e ao cuidado de crianças surdas, o Instituto Severiano Fabriani.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Durante vários anos os moradores do Jardm Nazaré não tiveram nenhuma unidade de saúde no bairro, ficando como opções mais próximas a UBS de Vila Chabilândia, o Hospital Júlio Tupy, e o Hospital Central de Guaianases. Na década de 1990 o bairro ganhou sua primeira unidade de saúde que leva o nome da via principal do bairro, a UBS Dom João Nery.

Transportes[editar | editar código-fonte]

O bairro é atendido pelas linhas municipais de ônibus da SPTrans:

O bairro também é atendido pela linha intermunicipal de ônibus da EMTU:

Lazer[editar | editar código-fonte]

Os moradores do Jardim Nazaré têm como principal opção de lazer o Parque Chácara das Flores, situado à estrada Dom João Nery, a principal via do bairro, às margens do Ribeirão Lajeado.

Outras opções interessantes são as quadras poliesportivas das escolas do bairro e o campo de futebol de várzea da AFIP, situado entre a antiga E.E. Jardim Nazaré, o Conjunto Habitacional Dom João Nery e a creche estadual Daniel Colombini II, alêm de algumas ruas de lazer que, aos domingos e feriados, têm vetado o acesso de veículos que não sejam de moradores locais.

Comércio[editar | editar código-fonte]

O bairro possui um comércio diversificado e de médio porte, tendo como centro comercial principal a região do cruzamento entre a estrada Dom João Nery e a rua Gerônimo Barbosa da Silva, onde acontece, aos domingos, a tradicional "Feira Livre do Jardim Nazaré", que se estende até o Jardim Míriam. Até o momento não há agências bancárias no bairro.

Vias principais[editar | editar código-fonte]

  • Estrada Dom João Nery
  • Rua Gerônimo Barbosa da Silva
  • Rua João Correia de Magalhães
  • Rua Plácido Parreira de Lima
  • Rua Pe. Vicente de Araújo
  • Rua José Felipe do Amaral
  • Rua Basílio Salazar
  • Rua Pontal do Rio Pardo
  • Rua Romualdo de Sousa Brito.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.