Jardim Paulistano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jardim Paulistano
Jardim Paulistano2.jpg
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Distrito: Pinheiros
Subprefeitura: Pinheiros
Região Administrativa: Oeste

O Jardim Paulistano é um bairro nobre da zona oeste da cidade de São Paulo, Brasil. Forma parte da região da cidade conhecida como Jardins, de predomínio da classe-alta.[1] O bairro faz parte do distrito do Pinheiros.

É delimitado pela Avenida Cidade Jardim, Marginal Pinheiros, Avenida Eusébio Matoso, Avenida Rebouças, Rua Groenlândia, Alameda Gabriel Monteiro da Silva e Avenida Brigadeiro Faria Lima. Limita-se com os bairros: Jardim Europa, Pinheiros e Cidade Jardim, este último do outro lado do rio Pinheiros.

Por ser destinado a classes altas, o bairro abriga lojas de grifes internacionais tais como: Versace, Roberto Cavalli, Louis Vuitton, Hermès, Salvatore Ferragamo, Chanel, Jo Malone, Gucci, Tod's e Rolex.

História[editar | editar código-fonte]

Esporte Clube Pinheiros, e edifícios da Rua Angelina Maffei Vita.
Edifícios da Avenida Faria Lima.
Vista aérea do bairro.

O bairro foi criado após os anos 1920, a partir das chácaras das famílias Matarazzo e Melão. A gleba ficava entre o Jardins América e Europa, loteados e urbanizados primeiramente. Na década de 1970, teve início a construção de inúmeros edifícios comerciais na Avenida Brigadeiro Faria Lima, havendo um rompimento com horizontalidade inicial do bairro, a via tornou-se um dos centros financeiros da cidade.

Hoje é o bairro mais valorizado da cidade, pois 7 das 14 vias mais caras do município estão no mesmo, exemplo das ruas: Campo Verde, Carlos Millan, Ceilão, Ibiapinópolis, Jacarezinho e a Alameda Gabriel Monteiro da Silva. Nelas há intenso grau de arborização e mansões milionárias.[2] É classificado pelo CRECI como "Zona de Valor B", assim como outras áreas nobres da capital como Brooklin, Cerqueira César, Alto de Santana e Vila Olímpia.[3]

Na região da Avenida Faria Lima, grande centro financeiro da cidade[1], localizam-se diversos escritórios comerciais e sedes de corporações, tais como: Portugal Telecom, Telefónica[1], Globosat, Grupo Newcomm, Deutsche Bank, Bank of America, ArcelorMittal Timóteo, Itaú BBA, Marfrig, UOL, além da A Hebraica[4], o maior clube judeu do mundo fora de Israel[5] e do Shopping Iguatemi, um dos mais antigos e luxuosos do país.[1][6]

Em seu território encontram-se também os consulados: alemão, bangladeshiano e holandês.[7][8]

Moradores e ex-moradores

Referências

Jardins

Cerqueira César (parcialmente)Jardim AméricaJardim EuropaJardim PaulistaJardim Paulistano

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.