Jardim do Parque da Independência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Visão de cima do jardim do Parque da Independência e os arredores.

O jardim do Parque da Independência é um jardim francês projetado no início do século XX pelo paisagista belga Arsenius Puttemans, inspirado em clássicos franceses, como os do Palácio de Versalhes. Localiza-se no Parque da Independência, em São Paulo, onde está o Museu Paulista. No ano de 1922, como parte das comemorações do centenário da independência, o terreno foi rebaixado em 14 metros e foram instalados 100 chafarizes.[1] No jardim destacam-se plantas como topiárias de azaleia, buxo e falsa-figueira-benjamim, canteiros de rosas e arranjos de palmeiras e pinheiros.[2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A história do jardim francês remonta ao ano de 1907, quando o então secretário estadual da Agricultura e Obras Públicas Carlos Botelho decide solicitar a paisagista belga Arsenio Puttemans um projeto para execução de um jardim que excedesse o ajardinamento padrão regularizado pelo governo do Estado em 1889. Inspirado nas formas neoclássicas do francês André Le Nôtre, o projeto de Puttemans foi entregue ao público em 1909.[3]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências