Jardim suspenso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Um jardim suspenso é uma forma de Arquitetura paisagista[1] e sustentável, um jardim artístico ou uma pequena fazenda urbana: anexado ou incorporado a uma parede. Eles são encontrados principalmente em áreas onde a terra é escassa ou onde o agricultor é móvel, ou não permanente.

História[editar | editar código-fonte]

Os mais famosos jardins suspensos eram os lendários Jardins suspensos da Babilônia. Na antiguidade, eles foram considerados como uma das Sete Maravilhas do Mundo e eram localizados no atual Iraque.

Uso Moderno[editar | editar código-fonte]

No uso contemporâneo, jardins suspensos são um Jardim Vertical em uma fachada: em nível de solo, em uma varanda, em um terraço ou como parte de um Teto-jardim; de uma casa, ou vegetação aérea com aplicações em construções residenciais, comerciais ou em prédios governamentais.

Produtos[editar | editar código-fonte]

Sistemas pré-fabricados e modulares de jardins suspensos têm sido desenvolvidos e já estão no mercado internacional.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências