Jardins da Menara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Os Jardins da Menara, com a cordilheira do Alto Atlas ao fundo

Os Jardins da Menara ou Jardim da Menara é um parque e conjunto de hortas a oeste do centro de Marraquexe, Marrocos, relativamente próximo do sopé da cordilheira do Alto Atlas. Foram construídos cerca de 1130 pelo califa almóada Abde Almumine, o fundador de Marraquexe.[carece de fontes?]

O nome menara deriva do pavilhão com telhado piramidal verde existente nos jardins (menzeh). O pavilhão foi construído no século XVI pela Saadianos,[1] mas o aspeto atual resulta da reconstrução levada a cabo em 1866, quando o local se tornou um local de lazer dos sultões marroquinos.[2]

O pavilhão e o lago artificial estão rodeados pomares e oliveiras. O lago artificial tem como função irrigar os jardins, hortas e pomares, usando um sofisticado sistema de canais subterrâneos chamados qanat. O lago artificial, por sua vez é abastecido com água através de um antigo sistema hidráulico, que traz água das montanhas a aproximadamente 30 quilómetros de Marraquexe.[carece de fontes?]

Referências

  1. «Historical» (em inglês). www.jardin-menara.com. Consultado em 15 de outubro de 2018 
  2. Le Guide Vert - Maroc (em francês). Paris: Michelin. 2003. p. 329-330. 460 páginas. ISBN 978-2-06-100708-2 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre os Jardins da Menara
Imagem: Medina de Marraquexe Os Jardins da Menara estão incluídos no sítio "Medina de Marraquexe", Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg
Ícone de esboço Este artigo sobre Marrocos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um parque é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.