Jataí (Goiás)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados do nome, veja Jataí.
Município de Jataí
"Cidade Empreendedora"
Nova Estância Hidrotermal de Goiás - Águas termais de 40º

Nova Estância Hidrotermal de Goiás - Águas termais de 40º
Bandeira de Jataí
Brasão de Jataí
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 31 de maio
Fundação 31 de maio de 1895 (122 anos)
Gentílico jataiense
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Abadia[1]
Prefeito(a) Vinícius de Cecílio Luz (PSDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Jataí
Localização de Jataí em Goiás
Jataí está localizado em: Brasil
Jataí
Localização de Jataí no Brasil
17° 52' 51" S 51° 42' 50" O17° 52' 51" S 51° 42' 50" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Sul Goiano IBGE/2008 [2]
Microrregião Sudoeste de Goiás IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Caiapônia, Mineiros, Itarumã, Aparecida do Rio Doce, Caçu, Cachoeira Alta, Rio Verde, Serranópolis e Perolândia
Distância até a capital 327 km
Características geográficas
Área 7 174,217 km² [3]
População 97 077 hab. (GO: 14º) –  estimativa IBGE/2016[4]
Densidade 13,53 hab./km²
Altitude 708 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,757 (GO: 5º) – alto PNUD/2010[5]
PIB R$ 3 270 318 mil IBGE/2013[6]
PIB per capita R$ 34 880 04 IBGE/2013[6]
Página oficial
Prefeitura www.jatai.go.gov.br
Câmara http://www.camarajatai.go.gov.br/

Jataí é um município do estado de Goiás, no Brasil. Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), conta com uma população de 97 077 habitantes[4] (IBGE 2016). Situa-se no sudoeste de Goiás, sendo considerada a capital da produção de grãos e leite de Goiás[7][8] e o maior produtor nacional de milho.[9]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Jataí" procede do tupi antigo îate'i, que designa algumas variedades de abelha.[10]

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História de Jataí

A cidade de Jataí constitui-se na última fase da expansão do gado que, vindo da região Leste do Brasil, através do rio São Francisco, tomou conta de Minas Gerais e veio até Goiás e Mato Grosso. Até essa época, a região sudoeste de Goiás era pouco conhecida, envolta em perigos e mistérios. Mas, sustentados pelo sonho desenvolvimentista, os primeiros desbravadores chegaram à região, ignorando quaisquer obstáculos.

Em setembro de 1836, Francisco Joaquim Vilela e seu filho José Manoel Vilela, procedentes de Espírito Santo dos Coqueiros, município de Lavras do Funil, hoje cidade de Coqueiral, no estado de Minas Gerais, entraram pelo leste, através de Rio Verde, nos sertões do sudoeste goiano, onde montaram uma fazenda de criação de gado às margens do rio Claro e ribeirão Ariranha.

Em 1837, o jovem José Carvalho Bastos, proveniente de Franca, em São Paulo, acompanhado de sua esposa Ana Cândida Gouveia de Morais, chegou à região através de Santana do Paranaíba, em busca de boas terras goianas, e se instalou às margens do Ribeirão Bom Jardim.

Do encontro dos dois pioneiros, ficou acertado, amigavelmente, de modo definitivo, simples e prático, que as terras banhadas por águas da margem esquerda do Ariranha pertenceriam aos Vilelas, e as percorridas por afluentes do Bom Jardim seriam dos Carvalhos.

Posteriormente, formou-se, então, o primeiro núcleo de povoação, com terreno doado por Francisco Joaquim Vilela e sua mulher Genoveva Maximina Vilela, recebendo o nome de Paraíso. Em 17 de agosto de 1864, o Presidente da Província de Goiás elevou, à categoria de Freguesia, a Capela do Divino Espírito Santo de Jataí, criando assim o Distrito de Paraíso de Jataí. Em 9 de julho de 1867, foi lançada a pedra fundamental da Igreja, pelo padre Antônio Marques Santarém. Em 28 de julho de 1882, de acordo com a resolução nº 668, foi lançada a pedra fundamental, criando o município de Paraíso. Em 2 de fevereiro de 1885, recebeu o nome de Jataí. No entanto, foi, através da Lei Estadual nº 56, de 31 de maio de 1895, que a sede do município se elevou à categoria de cidade de Jataí, por imposição do tenente-coronel José Manoel Vilela. A comarca de Jataí foi implantada em 21 de julho de 1898, desmembrando-se judicialmente de Rio Verde.

Devem, dentre outras, ser inseridas, como marcos da história local, as seguintes efemérides: primeiro, o comício de 4 de abril de 1955, no qual o candidato a presidente, Juscelino Kubitschek, anuncia a sua candidatura a presidente da República e promete, após a pergunta de Toniquinho, transferir a Capital Federal para o Planalto Central do Brasil, tudo sob a liderança de Serafim de Carvalho. Por isso, Jataí foi consagrada como cidade-mãe da Capital Federal. Depois, a eleição de José Feliciano Ferreira, primeiro jataiense a eleger-se ao governo do estado; a inauguração do Campus Avançado de Jataí (Universidade Federal de Goiás) a 19 de dezembro de 1980, na administração do prefeito Mauro Bento e no reitorado do professor José Cruciano de Araújo; a eleição de outro jataiense ao governo do estado, o peemedebista Maguito Vilela; e a recente inauguração da Cidade Universitária José Cruciano de Araújo do Campus da UFG, a 14 de junho 2011, na administração do prefeito Humberto de Freitas Machado.

Etnias[editar | editar código-fonte]

Jataí é uma cidade onde existem várias culturas e etnias, destacando-se os imigrantes de origem árabe, como os libaneses, os sírios e os palestinos, que se destacam no comércio. Outros grupos importantes são os colonos provenientes de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, possuindo, esses últimos, um Centro de Tradições Gaúchas.

Religião[editar | editar código-fonte]

Religião Porcentagem Número
Católicos 62% 53 010
Evangélicos e Protestantes 16% 13 680
Sem religião 10% 8 550
Espíritas 7% 5 985
Muçulmanos 2% 1 710
Judeus 1% 855
Testemunhas de Jeová 0,234% 200
Adventistas do Sétimo Dia 0,430% 367

Fonte: Câmara de Jataí 2000 (dados obtidos por meio de pesquisa da Prefeitura de Jataí).[11]

Igreja Católica Apostólica Romana[editar | editar código-fonte]

A Diocese de Jataí é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica Apostólica Romana em Goiás. A diocese localiza-se na região sudoeste goiano e abrange 24 municípios divididos em quatro distritos pastorais: Centro, Sul, Leste e Noroeste. Limitando ao leste com a diocese de Itumbiara , ao sudeste com a Diocese de Ituiutaba, ao norte com a Diocese de São Luís de Monte Belos, ao oeste com a Diocese de Guiratinga, a sul com a Diocese de Três Lagoas e com a Diocese de Coxim, e à noroeste com a Arquidiocese de Goiânia. A Catedral Divino Espírito Santo é o monumento símbolo da cidade de Jataí. A Catedral de Jataí nos chama a atenção por sua imponência e arquitetura moderna. O prédio começou a ser construído em 1984, a obra levou nove anos para ficar pronta. Foi dedicada em 2 de outubro de 1993 ao Divino Espírito Santo, com a presença do então núncio apostólico no Brasil, dom Alfio Rapisarda. Vista do alto, a igreja lembra o formato de um favo de mel. Sua fachada possui doze colunas que simbolizam os apóstolos de Cristo. Em seu interior, possui um imenso painel de arte sacra, pintado pelo famoso artista Cláudio Pastro, com pinturas retratando passagens importantes do Novo e do Velho Testamento. Possui ainda uma cripta, onde estão enterrados os bispos.

Presbiterianos[editar | editar código-fonte]

Igreja Presbiteriana Central de Jataí

A Igreja Presbiteriana é uma igreja tradicional e que mantém o caráter católico de Igreja[12]. Em Jataí, é bastante notável a presença da fé reformada. Fé Reformada é o nome dado à fé presbiteriana, que professa a fé calvinista, enraizada na Reforma Protestante do século XVI,[13] Na cidade, a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) possui três paróquias: a Igreja Presbiteriana Central de Jataí, a Igreja Presbiteriana Betel (a famosa Igreja Furada) e a Igreja Presbiteriana Betânia. Além disso, a Igreja Central possui duas capelas: a Congregação Presbiteriana Filadélfia (no setor Santa Terezinha) e a Congregação Presbiteriana do Setor Jacutinga. A Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPI) e a Igreja Presbiteriana Renovada do Brasil (IPR – de caráter carismática/pentecostal) também se fazem presentes na cidade. Existem 3 escolas presbiterianas no município, são elas: o Instituto Presbiteriano Samuel Graham (pertencente à Igreja Presbiteriana Central de Jataí), a Escola Pedacinho do Céu I e a Escola Pedacinho do Céu II (ambas pertencentes a Igreja Presbiteriana Independente de Jataí). As igrejas presbiterianas se destacam na evangelização, educação e caridade.

Doutrina Espírita[editar | editar código-fonte]

O Movimento Espírita em Jataí conta com diversos Centros espalhados pela cidade. Entre eles, o Centro Espírita Allan Kardec, atendendo à sociedade jataiense desde 1932. O referido centro surge a partir do momento em que famílias se reuniram para rezar pelos seus jovens que foram a combate na Revolução Constitucionalista de 1932, também chamada de Guerra Paulista. Os Centros Espíritas realizam sopas beneficentes e "amparo ao berço" para gestantes mais carentes (fornecendo o enxoval e auxiliando através de palestras, por exemplo). Além disso, há também a venda de peças de roupas usadas a preços bem acessíveis, palestras, reuniões para médiuns e cursos. Entre os diversos Centros Espíritas, encontram-se: Centro Espírita Allan Kardec, Centro Espírita Casa do Caminho, Centro Espírita Amor Caridade, Centro Espírita Caminho E Luz, Centro Espírita Fonte Viva, Centro Espírita Maria Madalena, Casa de Oração Espírita, Centro Espírita Fé e Caridade e Centro Espírita Maria de Nazaré.

Testemunhas de Jeová[editar | editar código-fonte]

Existem 200 fiéis pertencentes às Testemunhas de Jeová. Em 2 pontos da cidade, podemos encontrar os Salões do Reino da Congregação Centro e da Congregação Leste. Além disso, existe um pequeno grupo que utiliza a língua brasileira de sinais. A cidade de Jataí é sede de um congresso anual da religião, que reúne Testemunhas de Jeová de várias cidades.

Outras Religiões[editar | editar código-fonte]

Política municipal[editar | editar código-fonte]

Na história política do município, a figura que mais se destacou, sem sombra de dúvida, foi o médico e chefe político Serafim de Carvalho. Filiado ao Partido Social Democrático (PSD) e ligado politicamente a Pedro Ludovico Teixeira, ditou os destinos da região durante anos. O PSD chegou a deter quase 100% do eleitorado de Jataí. Haja vista, só para exemplificar, que, quando apuradas as urnas na eleição presidencial de 1950, a chapa Cristiano Machado - Altino Arantes (PSD - PR) alcançou, ali, uma votação retumbante. Dizem que Pedro Ludovico não prescindia do seu oportuno apoio. Serafim foi contemporâneo de Juscelino Kubitschek na Escola de Medicina de Belo Horizonte. Por isso, Juscelino escolheu Jataí para o início da sua campanha presidencial em 1955. Serafim, que descendia dos dois fundadores da vila de Jataí, José Carvalho Bastos e José Manuel Vilela, faleceu a 28 de agosto de 1973.

Poder Legislativo de Jataí, Palácio das Abelhas

Eleitores[editar | editar código-fonte]

Evolução dos números de eleitores de Jataí [14].

Demografia[editar | editar código-fonte]

1991 1996 2000 2004 2008 2013 2016
65 957 69 192 75 551 82 025 85 491 89 902 97077

Fonte:IBGE

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tempo nublado em Jataí

Tropical mesotérmico, com duas estações bem definidas com um regime diferente de chuvas, ocorrendo o maior índice pluviométrico entre outubro a abril e tendo um período de estiagem entre maio a setembro. A temperatura média no inverno varia entre 10 °C e 27 °C, podendo a temperatura a chegar a menos de 5 °C e no verão varia entre 18 °C e 35 °C, podendo chegar até 38 °C. Jataí é considerada a cidade mais fria de Goiás. Em épocas de menores temperaturas, há formação de geada, por exemplo, sobre a camada vegetal dos parques municipais, como o Parque Diacuí e Parque JK.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), desde 1979, a menor temperatura registrada em Jataí foi de -1 ºC em 26 de julho de 1988, e a maior atingiu 39,2 ºC em 14 de setembro de 2012 e 25 de setembro de 1988.[15] O maior acumulado de chuva em 24 horas foi de 161,3 mm em 24 de fevereiro de 1979. Outros grandes acumulados foram 151,4 mm em 21 de março de 2005, 149,2 mm em 3 de outubro de 2010, 135,7 mm em 9 de março de 1988, 135,6 mm em 10 de janeiro de 1989, 131,2 mm em 25 de março de 2010, 128,4 mm em 25 de dezembro de 1986 e 109 mm em 5 de março de 2011.[16] Em janeiro de 1989, foi registrado o maior volume total de chuva acumulado em um mês, de 555 mm.[17]

Dados climatológicos para Jataí
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima absoluta (°C) 35,8 36,3 36,6 34,7 33,6 33,9 34,7 37,8 39,2 39 38,4 35,6 39,2
Temperatura máxima média (°C) 30,1 30,4 30,4 30,2 28,9 28,2 28,7 30,9 31,2 32 30,8 30 30,1
Temperatura média (°C) 23,9 23,7 23,6 22,7 20,5 18,2 18,2 20,4 22,5 24,1 24,1 23,9 22,2
Temperatura mínima média (°C) 19,9 19,4 19,2 17,8 14,7 11,3 10,7 12,5 15,8 18,2 19,2 19,8 16,5
Temperatura mínima absoluta (°C) 13 14,1 7,8 6 2,6 -0,5 -1 3 2,8 10,2 9,7 12 -1
Chuva (mm) 319,9 235 242,6 111,1 46,9 17,5 11,5 42,3 48,6 110,8 178,2 285,1 1 649,5
Horas de sol 152,4 152,6 160,5 197,7 214,6 216,1 235,5 210,9 167,5 192,4 167,4 143,9 2 211,4
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (médias climatológicas de 1961 a 1990;[18][19][20][21][22] recordes de temperatura desde 1979).[15]

Economia[editar | editar código-fonte]

Composição econômica da Cidade de Jataí [23]
Serviços

44 %

Indústria

27 %

Agropecuária

19 %

Impostos

10 %

O maior produtor de grãos e leite de Goiás está de portas abertas para receber empresas que queiram expandir os seus negócios aproveitando todo o potencial do nosso município.

Jataí é o maior produtor de milho, soja, sorgo e leite de Goiás. O município também é referência nacional na produção de milho, soja e leite, além de ter a maior e mais moderna usina de etanol do mundo.

A produção de grãos de Jataí corresponde por 10,8% do total da produção estadual e 1,1% da nacional.

O município fica no coração do Brasil e sua posição geográfica é estratégica para as empresas que queiram distribuir seus produtos para todo o país. 

●    7º Município com maior PIB em Goiás R$ 3.578.571 (ano de 2014)

●    5° IDH do estado de Goiás, com um índice superior ao IDH da Venezuela, superando municípios como Rio Verde e Itumbiara. Se Jataí fosse um país, estaria na 69ª colocação do ranking do IDHM global.

●    2ª cidade de Goiás no IDH Renda, ficando atrás somente de Goiânia. Este índice é o que mede as cidades com maior poder de compra. Na região Centro-Oeste, entre 461 municípios pesquisados, a cidade de Jataí aparece na 2ª posição, atrás apenas de Campos de Júlio, no Mato Grosso. Estes estudos foram realizados pela ONU (Organização das Nações Unidas) - Ano 2013. Em relação a renda, Jataí perde apenas para a capital do estado.

POLO TECNOLÓGICO

O Parque Científico e Tecnológico de Jataí (JataíTech), ainda está em fase de estruturação, localizado no Campus da Regional Jataí. Área de 200 mil m², com potencial de edificação de 60 mil m².

            Neste espaço estão previstos a construção de três Centros de Desenvolvimento e Inovação que deverão atender atividades de agronegócios, ciências da saúde, tecnologias ambientais e tecnologia da informação. Além dessa estrutura, está prevista a instalação de um condomínio de empresas e do Parque da Diversidade, um espaço de proteção ambiental de 25 mil m².

O JataíTech tem como finalidade de apoiar Empresas de Base Tecnológica (EBTs), nascentes, em fase de incubação ou já consolidadas. Além disso, irá abrigar empresas e laboratórios de empresas, laboratórios e centros de pesquisa da UFG e outras instituições, que tenham vocação para a prestação de serviços tecnológicos altamente especializados e para a realização de pesquisas aplicadas e em cooperação com empresas.

            Fonte: CODIT/UFG Regional Jataí e Inovação/UFG

INCUBADORA BEETECH

A Beetech tem como missão apoiar o empreendedor iniciante, através do incentivo à criação e o desenvolvimento de empresas tecnologicamente inovadoras, dinâmicas e competitivas. Além disso, de estímulo da cultura empreendedora da comunidade em geral. Para isso, disponibiliza de um espaço físico compartilhado (255 m²), treinamento técnico-gerencial, consultorias e suporte na participação de feiras e rodadas de negócios, proporcionando maiores chances de sucesso dos empreendimentos presentes na incubadora.

Fonte: CODIT/UFG e Beetech

AGRICULTURA

●       Total de propriedades rurais em 2014: 1.482

●       Total de rebanhos bovinos em 2014: 283.600

●       Quantidade de empresas no setor de agronegócio: 54

●      Maior produtor de grãos do Estado de Goiás, na safra 2014/2015 produziu 2.334.674 toneladas de grãos, representando 1,1% da produção nacional.

●      2º maior produtor de milho do Brasil, por conta destes valores, em Jataí, a produtividade dos agricultores já superou a dos Estados Unidos.

●      Está instalada no município a maior e mais moderna usina de etanol do mundo Raízen Energia S/A.

●      Produção de milho no entorno de Jataí, em raio de 70 km.

Milho Verão 80.000 ha Produtividade média de 180 sc/ha

Milho Safrinha 400.000 ha Produtividade média de 90 sc/ha

TOTAL 480.000 ha

●      Sementeira de brachiária – raio de 100 km

2.600 hectares.

●      Armazenagem de grãos: capacidade de armazenagem de 1.665.000/ton. Em operação são 40 unidades e em construção/projetos, são 08 unidades. Existe ainda 01 (uma) unidade de processamento de soja, com capacidade de 2.000 t/dia.

●      A produção de grãos em toneladas nas safras de verão e inverno local, atinge 2.200.000 toneladas.

●      Em várias propriedades rurais já contam com 3 safras anuais. Jataí é considerado o município com melhor clima do Brasil, se fazendo desnecessária a irrigação para a produção de sua safra.

PECUÁRIA (CORTE E LEITE)

●      Maior bacia leiteira do Estado e 3º posição no ranking nacional, o maior número de confinadores de gado de Goiás e maior capacidade armazenadora estática de grãos do país.

●      Produção de leite local: 1.141.725.000 litros/ano. Jataí é o maior produtor de leite de Goiás e 3º maior do país.

●      Número de Granjas de Suínos e de Aves (peru, frango, galinhas)

Suínos 25.000 cabeças

Frango/galinhas (*) 30.600.000 cabeças

Perú (**)

(*) Está em fase de implantação granja de aves poedeiras para 2.000.000 cabeças.

(**) As granjas estão situadas no município de Mineiros, a uma distância média de 130 km de Jataí.

●      Número de bovinos em confinamento e semi-confinamento:

- Confinamento: 50.000 cabeças

- Semi-Confinamento: 15.000 cabeças/ano

COMÉRCIO

●       6.310 empresa(s) existente(s):

●     Mineração: 6 empresas

●     Comércio: 3.478 empresas

●     Serviços: 2.282 empresas

●     Agronegócio: 54 empresas

A cidade conta com o Jatahy Shopping, que abriga 65 lojas e recebe uma visitação de mais de 70 mil pessoas por mês.

INDÚSTRIAS

●       Distrito Agroindustrial

O Distrito Agroindustrial, situado no perímetro urbano de Jataí, localizado na saída para a cidade de Rio Verde na BR 060, conta com uma área de 122,4 ha, para abrigar empresas dos ramos industriais, comerciais e de prestação de serviços com intuito de impulsionar a criação de novos empregos e o desenvolvimento econômico local.

Empresas instaladas: NovaCap Massa asfáltica, Adubo Sudoeste, Jataí Agroindústria de Biocombustível, Mariaté Logística e Distribuidora de Bebidas e Tecnoesse Indústria e Comércio Ltda, Louis Dreyfus Industrial, Comigo, Cargil, Brasil Foods, Raízen Energia S/A, Nestlé, Rações Paraíso, ORTIZ PROJETOS FLORESTAIS.

Produto Produção
Soja 863 100 toneladas
Milho 1 221 000 toneladas
Sorgo 70 000 toneladas
Banana 6 633 toneladas
Laranja 6 000 toneladas
Feijão 19 200 toneladas
Mandioca 4 500 toneladas
Cana-de-açúcar* 1 300 00 toneladas
Arroz 3 600 toneladas
Algodão 4 284 toneladas
Girassol 3 530 toneladas
Trigo 1 750 toneladas
Frangos 336 400 cabeças
Ovos 2 691 000 dúzias
Bovinos 352 000 cabeças
Vacas ordenhadas 48 870 cabeças
Suínos 54 280 cabeças
Litros/Leite/Ano 141 723 litros
Principais produtos agropecuários de Jataí IBGE 2013.
  • Indústria - R$ 514 851 000,00 (milhões)
  • Serviços - R$ 815 110 000,00 (milhões). Jataí possui o maior shopping do interior de Goiás: o Jathay Shopping, gerando mais de 1 500 empregos diretos e indiretos.
  • Impostos - R$ 183 276 000,00 (milhões)
  • Total = R$ 1 860 945 000,00 (bilhão)
  • Fonte: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA.

Cana-de-açúcar - evolução do cultivo na cidade[editar | editar código-fonte]

(*Observação) Quanto aos indicadores de produção do quadro acima (IBGE 2006), cabe salientar a recente mudança no caráter produtivo e na ocupação das terras da cidade, em relação à cultura de cana-de-açúcar:

Ano Produção (toneladas) Evolução (% em relação ao ano anterior)
2006 3 800 n/a
2007 3 800 0%
2008 140 000 3 584%
2009 665 000 375%
2010 1 710 000 157%
Evolução da cultura de cana-de-açúcar em Jataí, a partir de 2006 [24].
Ano Área plantada (hectares) Evolução (% em relação ao ano anterior)
2006 95 n/a
2007 95 0%
2008 1 000 952,63%
2009 7 000 600%
2010 18 000 157,14%
Evolução da área plantada de cana-de-açúcar em Jataí, entre 2005 e 2010 [25].

Assim, nota-se que, a partir do ano de 2008, a cana-de-açúcar passou a ter grande representatividade na produção agrícola da cidade, superando até mesmo a produção (em toneladas) de soja (642.600 toneladas em 2010).[26].

Dentre as principais culturas desenvolvidas em Jataí, em 2010, a cana-de-açúcar foi a terceira no ranking de área plantada de lavoura temporária:

Produto Área plantada (%) Área plantada (hectares)
Soja (em grão) 56,73% 210 000 hectares
Milho (em grão) 32,42% 120 000 hectares
Cana-de-açúcar 4,86% 18 000 hectares
Sorgo (em grão) 4,05% 15 000 hectares
Feijão (em grão) 1,57% 5 800 hectares
Girassol (em grão) 0,26% 960 hectares
Arroz (em casca) 0,05% 200 hectares
Mandioca 0,05% 200 hectares
Área plantada da lavoura temporária - Ranking descendente - 2010 [27].

Em termos de valor da produção, em 2010, a cana-de-açúcar foi a terceira no ranking de lavoura temporária:

Produto Valor da produção (%) Valor da produção (reais)
Soja (em grão) 60,27% R$ 471 026 000
Milho (em grão) 26,87% R$ 210 015 000
Cana-de-açúcar 8,31% R$ 64 980 000
Feijão (em grão) 2,84% R$ 22 216 000
Sorgo (em grão) 1,49% R$ 11 610 000
Girassol (em grão) 0,10% R$ 780 000
Mandioca 0,10% R$ 750 000
Arroz (em casca) 0,03% R$ 214 000
Valor da produção da lavoura temporária - Ranking descendente - 2010 [28].

Energia[editar | editar código-fonte]

Empresas multinacionais presente em Jataí[editar | editar código-fonte]

Atualmente, quatro usinas de álcool e uma de biodiesel estão se instalando no município[29], entre elas a paulista COSAN RAÍZEN. A inauguração oficial foi dia 27 de maio de 2010, com geração de aproximadamente 4 500 empregos diretos e indiretos para produção de 4 milhões de litros de etanol.[carece de fontes?] As quatro empresas produzirão açúcar, etanol e energia elétrica. A usina de biodiesel está em fase final de implantação. A empresa francesa Louis Dreyfus Commodities é uma grande no esmagamento de soja para fabricação de óleo de soja e farelo. Perdigão, hoje BRF, e Nestlé.

Veículos[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a frota total de veículos expandiu-se de 42 185 (2009) para 56 838 (2012)[30][31].

Tipo do veículo 2009[30] 2012[31] Crescimento
Automóveis 17 105 23 099
Motocicleta 10 277 13 450
Motoneta 5 104 6 813
Caminhonete 4 731 6 442
Caminhão 1 753 2 101
Camioneta 815 1 011
Caminhão trator 464 604
Ônibus 168 204
Utilitário 131 249
Micro-ônibus 70 114
Outros 2 2 502
Total 42 185 56 838 Evolução da frota de veículos em Jataí

Bairros[editar | editar código-fonte]

Jataí conta com 33 002 domicílios particulares distribuídos em 79 bairros.

  • Setor Aeroporto
  • Setor Aimbiré
  • Bairro Popular
  • Bairro Primavera
  • Bairro Sodré
  • Residencial Bandeirantes
  • Residencial Barcelona (Condomínio horizontal fechado)
  • Residencial das Brisas
  • Vila Campo Neutro
  • Setor Central
  • Setor Centro
  • Setor Cylleneo Franca
  • Setor Cohacol
  • Setor Residencial Cohacol 5
  • Setor Colina
  • Colméia Park
  • Conjunto Estrela D'Alva
  • Conjunto Rio Claro I
  • Conjunto Rio Claro II
  • Conjunto Rio Claro III
  • Bairro Divino Espírito Santo
  • Bairro Dom Abel
  • Bairro Dom Benedito
  • Bairro Dorival de Carvalho
  • Setor Epaminondas I
  • Setor Epaminondas II
  • Bairro Francisco Antônio
  • Bairro Frei Domingos
  • Setor Gedda
  • Setor Jacutinga
  • Jardim da Liberdade
  • Jardim Floresta
  • Jardim Goiás I
  • Jardim Goiás II
  • Jardim Maximiano
  • Jardim Paraíso
  • Jardim Primavera
  • Jardim Rio Claro
  • Setor José Bento
  • Bairro José Estevam
  • Loteamento Filostro Machado
  • Loteamento Belmar
  • Bairro Sebastião Herculano de Souza
  • Setor Mauro Bento
  • Setor Morada do Sol
  • Residencial Portal do Sol
  • Residencial Alto das Rosas
  • Setor Samuel Graham
  • Bairro Santa Lúcia
  • Setor Santa Maria I
  • Setor Santa Maria II
  • Bairro Santa Terezinha
  • Bairro Santo Antônio
  • Bairro Serra Azul
  • Vila Brasília
  • Setor Cordeiro
  • Setor das Mansões
  • Setor Fabriny
  • Setor Granjeiros
  • Setor Hermosa
  • Setor Industrial
  • Setor Planalto
  • Sítios de Recreio Alvorada
  • Vila Fátima
  • Vila Iracema
  • Vila Luíza
  • Vila Olavo
  • Vila Palmeiras
  • Vila Paraíso
  • Vila Progresso
  • Vila São Pedro
  • Vila Sofia I
  • Vila Sofia II
  • Vila Sofia III
  • Cidade Jardim
  • Residencial Flamboyant

Em Implantação:

  • Residencial Flamboyant II
  • Setor Sul
  • Recanto da Mata
  • Brisas II
  • Bairro Universitario
  • La Toscana
  • Jardim Jatai
  • Residencial Ypes

Saúde[editar | editar código-fonte]

Dados do IBGE de 2006:

  • Estabelecimentos de Saúde total (hospitais e postos de saúde) - 36
    • Estabelecimentos de Saúde públicos - 19
    • Estabelecimentos de Saúde privados - 17
  • Leitos para internação em Estabelecimentos de Saúde total - 259 leitos
    • Leitos dos estabelecimentos de Saúde público - 132 leitos
    • Leitos dos estabelecimentos de Saúde privado - 127 leitos
  • Óbitos hospitalares total - 128 óbitos
    • Óbitos do sexo masculino - 70 óbitos
    • Óbitos do sexo feminino - 58 óbitos

Educação[editar | editar código-fonte]

Dados do IBGE de 2006:

  • Matrículas no Ensino fundamental total - 14 912 matrículas
    • Matrículas no ensino público municipal - 7 950 matrículas
    • Matrículas no ensino privado - 3 118 matrículas
  • Matrículas no Ensino médio total - 4 157 matrículas
    • Matrículas no ensino pública - 3 144 matrículas
    • Matrículas no ensino público federal - 320 matrículas
    • Matrículas no ensino público municipal - 40 matrículas
    • Matrículas no ensino privado - 655 matrículas
  • Matrículas no Ensino Superior total - 4 884 matrículas (Dados 2010/2011)

Transporte[editar | editar código-fonte]

O município conta com acesso pelas rodovias federais BR-158, BR-060 e BR-364.

No transporte aéreo, possui aeroporto com pista de 1 500 metros, homologada e com rádio operando normalmente.

Esporte[editar | editar código-fonte]

  • Estádio Olímpico Estádio Nelson A. Silva (Arapucão) - 15 000 lugares.
  • Estádio Ronan Maia - 5 000 lugares.
  • Estádio Jerônimo Ferreira Braga - 2 000 lugares.
  • Ginásio de Esportes JK - 500 lugares
  • Ginásio de Esportes Tatuzinho - 700 lugares
  • Ginásio de Esportes Vamprê Rodrigues Vilela (Vilelão) - 2 000 lugares
  • Complexo Esportivo do 41º Batalhão de Infantaria Motorizado.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.sbpcnet.org.br/livro/63ra/conpeex/mestrado/trabalhos-mestrado/mestrado-marlene-flauzina.pdf. Acesso em 23/12/2016.
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. a b Brasil - Goiás - Jataí Site Cidades - IBGE - acessado em 21 de junho de 2017
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 2 de agosto de 2013 
  6. a b @Cidades (2013). «Produto Interno Bruto dos Municípios 2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 23 de Maio de 2016 
  7. Jornal Opção, produção agrícola Goiás
  8. IBGE Tabela 2 área plantada e área de colheita
  9. «IBGE»  - SIDRA - Tabela 1612. Obs.: selecionar "Quantidade Produzida", "Milho (em grão) (Toneladas)", selecionar ano de "2012"), marcar "Brasil(1)" como "não", marcar "Município(5551)" como "Tudo", clicar em "OK" e aguardar geração do ranking
  10. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 581.
  11. Aspectos Físicos Sociais e economicos
  12. A Catolicidade Presbiteriana
  13. A Fé Presbiteriana
  14. Guia do Eleitor Jataí
  15. a b «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (ºC) e Temperatura Mínima (ºC) - Jataí». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  16. «BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Jataí». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  17. «BDMEP - Série Histórica - Dados Mensais - Precipitação Total (mm) - Jataí». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  18. «Temperatura Média Compensada (°C)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961–1990. Consultado em 21 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014 
  19. «Temperatura Máxima (°C)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961–1990. Consultado em 21 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014 
  20. «Temperatura Mínima (°C)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961–1990. Consultado em 21 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014 
  21. «Precipitação Acumulada Mensal e Anual (mm)». Instituto Nacional de Meteorologia. 1961–1990. Consultado em 21 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014 
  22. «Insolação Total (horas)». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 21 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014 
  23. http://www.jatai.go.gov.br
  24. «IBGE»  - SIDRA - Tabela 1612. Obs.: selecionar "Quantidade Produzida", "Cana-de-açúcar (Toneladas)", clicar em "Ano(21)" e selecionar anos de "2010" a "2006", marcar "Brasil(1)" como "não", em "Nome:" escrever "jataí", clicar em "OK" e aguardar geração do relatório
  25. «IBGE»  - SIDRA - Tabela 1612. Obs.: selecionar "Área plantada", "Cana-de-açúcar (Toneladas)"; clicar em "Ano(21)" e selecionar anos de "2010" a "2006"; marcar "Brasil(1)" como "não"; em "Nome:", escrever "jataí"; e clicar em "OK" e aguardar geração do relatório
  26. «IBGE»  - SIDRA - Tabela 1612. Obs.: selecionar "Quantidade Produzida", "Soja (em grão) (Toneladas)" e ano de "2010", marcar "Brasil(1)" como "não", em "Nome:" escrever "jataí", clicar em "OK" e aguardar geração do relatório
  27. «IBGE»  - SIDRA - Tabela 1612. Obs.: selecionar "Área plantada" ou "Área plantada (percentual)"; clicar em "Lavoura temporária(32):" e, na caixa "Seleção" (ao lado), selecionar "Tudo"; selecionar ano de "2010"; marcar "Brasil(1)" como "não"; em "Nome:", escrever "jataí"; e clicar em "OK" e aguardar geração do relatório
  28. «IBGE»  - SIDRA - Tabela 1612. Obs.: selecionar "Valor da produção" ou "Valor da produção (percentual)"; clicar em "Lavoura temporária(32):" e, na caixa "Seleção" (ao lado), selecionar "Tudo"; selecionar ano de "2010"; marcar "Brasil(1)" como "não"; em "Nome:", escrever "jataí"; e clicar em "OK" e aguardar geração do relatório
  29. Usinas em Instalação Jataí-Goiás
  30. a b «DENATRAN»  - Frota 2009 (obs.: abrir arquivo "FROTA_2009.zip", abrir subarquivo "Frota Munic 2009.zip" e, finalmente, abrir subarquivo "Frota Munic Dez2009.zip"
  31. a b [1] - Frota 2012

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "Pioneiros"; "O Sudoeste: tentativa de interpretação"; "Música e Maestros"; "Cavalo de Rodas"; "Romanceiros e Trovas Populares"; "Velhas Escolas", e outros de Basileu Toledo França.
  • Jatahy, Páginas Esquecidas - Dorival Carvalho Mello
  • 'Jataí' (soneto). "Poesia Quase Completa" (1997) - Leo Lynce. Editora da UFG, página 294.
  • Primeiros Fazendeiros do Sudoeste Goiano e Mato-Grosso - Binômino da Costa Lima (Meco) e Almério Barros França
  • Dossiê de Poeta,Memorial de Escrevinhações para o Outono - Antônio Vilela Pereira
  • Conversando com a Saudade, Manhã de Sol, Pedaços de Minha Vida - Ambrosina Franco de Morais.
  • Pioneiros, Cavalo de Rodas, Capangueiros e Jagunços - Basileu Toledo França
  • Lavra dos Goiases - Darcy França Denófrio
  • Jatahy, Páginas Esquecidas, Nos Porões do Passado. BARROS.
  • Maldição Palaciana no Sudoeste Goiano Mauro Antônio Bento.
  • Uma pedra no caminho - Dorival Carvalho Melo
  • Marcas do Tempo, Regressão - Eleny Pereira Cabral
  • Prefeitos de Jataí, Jataí minha paixão, Os Coronéis da Política - Filafelfo Borges de Lima
  • O Amigo de Praga, A Confraria dos homens de bem - Francisco Cabral
  • Na flor da idade, ao longo do ser - Gênio Eurípedes Cabral de Assis
  • Mulher, Direitos e deveres - Glaurice Carvalho
  • Documentário Histórico de Jataí - Jesus Manoel de Assis
  • Araguaia Mansidão, O Caminho de Trombas, Rio do Sono - José Godoy Garcia
  • O Presidente Caboclo - José Herculano de Sousa
  • Serra do cafezal - Maria Eloá de Sousa Lima
  • Sonhos e Lágrimas - Zezé de Carvalho
  • Histórias da vovó Martha - Martha Franco

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
  • Rádio Difusora AM 680
  • Rede Sucesso FM FM 91.5
  • Rádio Kativa FM 93.1
  • Rádio Terra FM 104.9
  • Rádio Abelha FM 104.7
  • Rádio 105 FM 105.9
  • Rádio Sudoeste FM 100,7