Jay Weinberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jay Weinberg
Jay tocando com o Against Me! em 2012.
Informação geral
Nome completo Jay Weinberg
Nascimento 8 de setembro de 1990 (27 anos)
Origem Middletown, Nova Jersey
País  Estados Unidos
Gênero(s) Punk rock
Heavy metal
Metal alternativo
New Metal
Instrumento(s) Bateria
Período em atividade 2000 - atualmente
Afiliação(ões) Slipknot (2014-atualmente)
Against Me! (2011-2012)
Madball (2010)
Página oficial https://www.myspace.com/jayweinberg myspace.com/jayweinberg]

Jay Weinberg (Middletown, 8 de setembro de 1990), é um baterista Estados Unidos e filho do baterista Max Weinberg. Na turnê de 2009, ele substituiu seu pai na E Street Band de Bruce Springsteen. Em 2010, ele foi brevemente o baterista do Madball. Durante 2011 e 2012, Weinberg tocou no Against Me!. Em 2014, se tornou o baterista do Slipknot.

Infância e adolescência[editar | editar código-fonte]

Jay é filho de Max Weinberg, que se juntou á E Street Band em 1974; sua mãe Becky é uma ex-professora. Ele cresceu em Middletown, Nova Jersey. Quando criança, jogou hóquei no gelo na posição de goaltender. Aos 9 anos ele viu pela primeira vez a E Street Band em sua turnê de reencontro em 1999-2000, e acompanhou a banda pela Europa. Na mesma época, seu pai o levou para o Ozzfest para ver o Slipknot, que lhe deu uma forte afinidade com o heavy metal e outros gêneros musicais pesados; seu pai também o expôs á uma grande variedade de música. Ele começou a tocar guitarra aos 9 anos e baixo entre os 12 e 13 anos. Ele então começou a tocar bateria aos 14 anos, sendo auto-didata na maior parte do tempo e sem muita instrução de seu pai, mas usando uma antiga bateria pertencente a ele.[1] No ano seguinte, ele tocou com a banda The Used e posteriormente com banda punk The Bouncing Souls. Ele tocou com banda Chaosis de Nova Jersey. Ele jogou no time de hóquei da Rumson-Fair Haven Regional High School, onde se graduou em 2008.

Ele frequentou o Stevens Institute of Technology em Nova Jersey[2] como aluno no Wesley J. Howe School of Technology Management. Ele quis aspirar a carreira musical com um conhecimento sólido em negócios.

Ele se juntou á banda punk The Reveling de Nova York em agosto de 2008, onde tocou para pequenas plateias.[3] Ele era o compositor e arranjador da banda.

Madball[editar | editar código-fonte]

Em 2010, Jay começou a tocar com o Madball, uma lendária banda de hardcore de Nova York. Em junho do mesmo ano, ele anunciou que gravaria o próximo álbum Empire e faria a turnê.[4] Entretanto, em setembro de 2010 a banda demitiu ele. O vocalista Freddy Cricien disse "[...] Sinto que ele não representa bem essa banda".[5] Em resposta, Weinberg disse que ele já havia deixado o grupo, e que "eu realmente gostei de tocar a música deles, mas não concordo com a sua escolha de hábitos e estilo de vida [...] Em qualquer caso, estou feliz de ter gravado o Empire".[6]

Against Me![editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2010, foi anunciado que Weinberg estaria tocando bateria com a banda punk Against Me! nos shows de 2011, cobrindo o baterista, George Rebelo enquanto ele estava em turnê com sua outra banda, Hot Water Music.[7] Como 2011 ia passando, ele foi efetuado na banda.[8] No final de 2011, o Against Me! começou a gravar seu primeiro álbum com Weinberg na bateria.[9] No entanto, em dezembro de 2012, Weinberg anunciou via Twitter, sem notificar os outros membros de antemão, que ele estava deixando Against Me!. Na mesma mensagem desejou sorte á banda, mas os outros membros retuitaram uma imagem de uma caixa de ritmos. [10]

Slipknot[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Jay se tornou o baterista do Slipknot após a demissão de Joey Jordison no final de 2013. Entretanto a identidade dos novos integrantes não foi revelada pela banda. No final de 2014, o ex-técnico de bateria da banda revelou que Jay Weinberg e Alessandro Venturella eram os novos integrantes.[11] Em 13 maio de 2015, o guitarrista James Root revela oficialmente que Weinberg e Venturella são os novos integrantes em uma entrevista á Ultimate-Guitar.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com o Madball[editar | editar código-fonte]

  • Empire (2010)

Com o Against Me![editar | editar código-fonte]

  • Russian Spies / Occult Enemies (2012)

Com o Slipknot[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Tsai, Martin (13 de agosto de 2009). «New Gig, but Same Beat for Drummer Max Weinberg». The Star-Ledger. Consultado em 24 de julho de 2015 
  2. Wolfson, Melanie (4 de maio de 2009). «Jay Weinberg Feels 'Super Fortunate' To Play on Bruce Springsteen Tour». MTV. Consultado em 24 de julho de 2015 
  3. Arroyave, Luis (16 de junho de 2009). «Springsteen didn't look far for teenage drummer, Jay Weinberg». Chicago Tribune. Consultado em 24 de julho de 2015 
  4. «Madball Recruit New Drummer». ThePRP.com. 25 de junho de 2010. Consultado em 24 de julho de 2015 
  5. «Madball Fires Max Weinberg's Son» (Nota de imprensa). Blabbermouth.net. 21 de setembro de 2010. Consultado em 24 de julho de 2015 
  6. «Ex-Madball Drummer Jay Weinberg Says He Quit The Band» (Nota de imprensa). Blabbermouth.net. 18 de outubro de 2010. Consultado em 24 de julho de 2015 
  7. McEachnie, Patrick (28 de novembro de 2010). «Against Me! Leave Sire Records, Address Cancelled Tour Issues, And Announce Touring Plans». The1stfive.com. Consultado em 24 de julho de 2015 
  8. Gaston, Peter (13 de janeiro de 2011). «Watch: Against Me! Rehearse with New Drummer». Spin. Consultado em 24 de julho de 2015 
  9. «Against Me! beginning work on next album». Punknews.org. 29 de novembro de 2011. Consultado em 24 de julho de 2015 
  10. LeMoine, Adam (20 de dezembro de 2012). «Against Me! Drummer Jay Weinberg Quits Band». Ultimate-Guitar.com. Consultado em 24 de julho de 2015 
  11. «Slipknot: roadie confirma identidades de baixista e baterista». Whiplash.net. Consultado em 24 de julho de 2015