Jayson Tatum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jayson Tatum
Jayson Tatum (2018).jpg
Informações pessoais
Nome completo Jayson Christopher Tatum
Data de nasc. 3 de março de 1998 (21 anos)
Local de nasc. St. Louis, Missouri, Estados Unidos
Altura 2,03 m (6 ft 8 in)
Peso 93 kg (205 lb)
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Boston Celtics
Número 0
Posição Ala
Clubes de juventude
2016–2017 Estados Unidos Duke Blue Devils
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2017–presente Estados Unidos Boston Celtics 000159 000(2.357)
Medalhas
Competidor dos Estados Unidos
Campeonato Mundial de Basquetebol Sub-19
Ouro Grécia 2015 Estados Unidos
Campeonato Mundial de Basquetebol Sub-17
Ouro Dubai 2014 Estados Unidos


* Partidas e pontos pelo clube profissional
contam apenas os jogos da liga nacional e
e estão atualizados até 20 de Abril de 2019.

Jayson Christopher Tatum (nascido em 3 de março de 1998) é um jogador de basquete profissional que é Ala do Boston Celtics da National Basketball Association (NBA).

Nascido em St. Louis, Missouri, Tatum freqüentou a Chaminade College Preparatory School, onde foi classificado como um recruta de cinco estrelas e considerado um dos melhores jogadores da classe de 2016.

Depois de uma temporada em Duke, ele entrou no Draft da NBA de 2017 e foi selecionado na terceira escolha geral pelo Boston Celtics. Ele ganhou o desafio de habilidades durante o All-Star Weekend de 2019.[1]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Tatum cursou a Chaminade College Preparatory School em Creve Coeur, Missouri.[2][3] Como calouro, ele teve uma média de 13,3 pontos e 6,4 rebotes por jogo e foi nomeado co-MVP da Conferência Metropolitana de 2013. Em seu segundo ano, ele teve uma média de 26,0 pontos e 11,0 rebotes por jogo.

Em seu terceiro ano, Tatum teve uma média de 25,9 pontos, 11,7 rebotes e 3,4 assistências por jogo, enquanto ganhava o segundo Naismith Trophy All-American.

Antes de seu quarto ano, Tatum fez um compromisso verbal com a Universidade de Duke na Carolina do Norte.[4] Entre os destaques do seu último ano estiveram um jogo de 40 pontos e 17 rebotes na vitória por 76-57 sobre Bentonville High School, um jogo de 46 pontos contra Huntington Prep no Cancer Research Classic e um jogo de 40 pontos em uma vitória sobre DeMatha Catholic High School no HoopHall Classic.

Tatum no Jordan Brand Classic de 2016

Em seu último ano, Tatum teve uma média de 29,6 pontos e 9,1 rebotes e teve seis jogos de 40 pontos, enquanto liderou a escola até seu segundo campeonato estadual em Missouri.

Tatum foi selecionado para o McDonald's All-American Game de 2016,[5] para o Jordan Brand Classic e pro Nike Hoop Summit além de ser eleito o Melhor Jogador do Ano Gatorade em 2016.

Tatum foi classificado como um recruta de cinco estrelas e considerado uma das melhores perspectivas na classe de 2016. Ele foi classificado como recruta geral número 3 atrás de Harry Giles e Josh Jackson.[6]

Prospecto universitário[editar | editar código-fonte]

Informações de recrutamento
Nome Cidade natal Escola Altura Peso Data
Jayson TatumSF St. Louis, MO Chaminade College Prep 2.03 m 93 kg 12 de Julho de 2015
Classificação: Scout:5/5   Rivals:5/5   247Sports:5/5    ESPN:5/5   ESPN grade: 97/100
  • Nota: Em muitos casos, Scout, Rivals, 247Sports e ESPN podem entrar em conflito em suas listas de altura e peso. Nestes casos, a média foi obtida. As notas da ESPN estão em uma escala de 100 pontos.

Fonte:[7]

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

Tatum no McDonald's All-American Game de 2016

Tatum perdeu 8 jogos devido a uma lesão no pé sofrida antes do inicio da temporada.[8] Em 3 de dezembro de 2016, em sua estréia por Duke, Tatum registrou 10 pontos em uma vitória por 94-55 sobre Maine.[9] Em 6 de dezembro de 2016, Tatum registrou 22 pontos e teve 8 rebotes na vitória por 84-74 sobre Flórida no Jimmy V Classic.[10]

Em 21 de dezembro de 2016, Tatum marcou 18 pontos, teve oito rebotes e quatro bloqueios em uma vitória por 72-61 sobre Elon. Em 4 de janeiro de 2017, Tatum marcou 19 pontos na vitória por 110-57 sobre Georgia Tech. Em 7 de janeiro, ele registrou 22 pontos e teve 6 rebotes na vitória sobre Boston College.

Em 21 de janeiro, Tatum marcou 14 pontos na vitória por 70-58 sobre Miami.[11] Em 15 de fevereiro, ele marcou 28 pontos e teve 8 rebotes na vitória por 65-55 sobre Virgínia.[12]

Entrando como a quinta melhor equipe no Torneio ACC, Duke derrotou Clemson na segunda rodada e Louisville nas quartas de final. Em 10 de março, Tatum marcou 24 pontos em uma vitória sobre a rival Carolina do Norte nas semifinais.[13] Em 11 de março, Tatum registrou 19 pontos e teve 8 rebotes na vitória por 75-69 sobre Notre Dame, conquistando o torneio da ACC.[14] Tatum foi nomeado para a equipe do torneio tendo médias de 22,0 pontos, 7,5 rebotes e 1,5 roubos de bola.

Entrando como a segunda melhor equipe no Campeonato de Basquetebol Masculino da NCAA, Duke derrotou a Troy University na primeira rodada, mas acabou perdendo na segunda rodada contra Carolina do Sul.[15] Tatum teve uma média de 16,5 pontos e 7,5 rebotes por jogo no torneio.

Em sua primeira temporada em Duke, Tatum jogou 29 partidas e obteve médias de 16,8 pontos, 7,3 rebotes, 2,1 assistências e 1,3 roubadas de bola por jogo. Ele foi nomeado para a equipe de calouros da ACC.

Na conclusão de sua temporada de calouro, Tatum optou por ir diretamente para o Draft de 2017 da NBA, onde ele foi projetado como uma seleção de primeira rodada.[16]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Boston Celtics (2017–presente)[editar | editar código-fonte]

Temporada de novato[editar | editar código-fonte]

Em um movimento polêmico, o gerente geral do Boston Celtics, Danny Ainge, negociou a escolha de número 1 do draft de 2017 para o Philadelphia 76ers na esperança de que ele pudesse adquirir outro draft valioso e ainda atingir o jogador que ele realmente queria, Tatum. Os Celtics o selecionaram na 3° posição geral, com a escolha que eles receberam dos 76ers.[17]

Durante o evento da NBA Summer League em Utah, ele mostrou suas habilidades e terminou com média de 18,7 pontos, 9,7 rebotes, 2,3 roubadas de bola e 2,0 assistências em quase 33 minutos de ação. Mais tarde, em Las Vegas, Tatum produziu resultados semelhantes, com média de 17,7 pontos, 8,0 rebotes, 1,0 assistências e 0,8 bloqueios em quase 32 minutos de ação nos três jogos que ele foi autorizado a jogar. Como resultado, ele foi nomeado para o Segundo-Time da Summer League ao lado de Bryn Forbes, Cheick Diallo, Wayne Selden Jr. e Kyle Kuzma.[18]

Em sua estréia na NBA, Tatum registrou um duplo-duplo com 14 pontos e 10 rebotes em uma derrota por 102-99 para o Cleveland Cavaliers.[19] Tatum registrou 24 pontos na vitória sobre o New York Knicks em 24 de outubro de 2017.[20] Ele foi nomeado Novato do Mês da Conferência Leste em dezembro de 2017.[21]

Os Celtics terminaram a temporada com um recorde de 55-27, entrando nos Playoffs com a segunda melhor campanha da Conferência Leste. No jogo 1 da primeira rodada contra o Milwaukee Bucks, Tatum registrou um duplo-duplo com 19 pontos e 10 rebotes.[22] No jogo 4, ele teve 21 pontos, e no jogo 6, ele terminou com 22.[23] Os Celtics derrotaram os Bucks no jogo 7 por uma pontuação de 112-96, com Tatum marcando 20 pontos.[24]

No jogo 1 da segunda rodada contra o Philadelphia 76ers, Tatum marcou 28 pontos em uma vitória por 117-101,[25] tornando-se o primeiro novato dos Celtics a marcar 25 ou mais pontos em um jogo desde Larry Bird durante o playoffs de 1980, também contra os 76ers.[26] Depois de somar 21 pontos em uma vitória no Jogo 2, ele se tornou o jogador mais jovem a marcar pelo menos 20 pontos em quatro jogos seguidos de playoffs aos 20 anos e 61 dias, superando Kobe Bryant, que conseguiu o feito durante os playoffs de 1999 aos 20 anos e 272 dias.[27] Depois de liderar os Celtics com 24 pontos em uma prorrogação no Jogo 3,[28] ele se tornou o primeiro novato dos Celtics a marcar 20 pontos em cinco jogos consecutivos.[29] No final de seus playoffs, ele se juntou a Kareem Abdul-Jabbar como os únicos novatos na história dos playoffs a registrar 10 jogos com 20 ou mais pontos marcados durante o seu primeiro playoffs. Além disso, LeBron James elogiaria Tatum, afirmando "Ele é feito para o estrelato".[30]

Em 22 de maio de 2018, ele foi nomeado para o Primeiro-Time do NBA All-Rookie Team.[31]

Estatísticas na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira
Campeão da temporada da NBA
Líder da liga
MVP da temporada regular

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2017–18 Boston 80 80 30.5 .475 .434 .826 5.0 1.6 1.0 0.7 13.9
2018–19 Boston 79 79 31.1 .450 .373 .855 6.0 2.1 1.1 0.7 15.7
Carreira 159 159 30.8 .461 .400 .840 5.5 1.9 1.1 0.7 14.8

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2018 Boston 19 19 35.9 .471 .324 .845 4.4 2.7 1.2 0.5 18.5
Carreira 19 19 35.9 .471 .324 .845 4.4 2.7 1.2 0.5 18.5

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Tatum é o filho de Justin Tatum e Brandy Cole. Justin Tatum jogou basquete na Universidade de Saint Louis e é professor de ginástica e treinador de basquete na Christian Brothers College High School, em St. Louis. Anteriormente, foi diretor de atletismo da Soldan International Studies High School por seis anos. Sua mãe, Brandy, formou-se na Faculdade de Direito da Universidade de Saint Louis e atualmente é advogada na área de St. Louis.[32]

Tatum é afilhado do jogador aposentado da NBA, Larry Hughes, que foi colega de colegial de seu pai. Ele também é primo do ex-jogador da NBA e treinador, Tyronn Lue.[33]

Tatum é cristão, creditando Jesus por seu sucesso na carreira.[34]

Enquanto cursava o ensino médio na Chaminade College Preparatory School, Tatum era amigo do jogador da NHL, Matthew Tkachuk, do Calgary Flames, pois os dois foram colocados na mesma aula de ginástica. Tatum também é amigo do ex-companheiro de Duke e atual jogador da NBA, Harry Giles.[35]

Títulos e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Duke[editar | editar código-fonte]

  • Terceiro-Time All-ACC (2017)
  • Time de Novato da ACC (2017)
  • Jordan Brand Classic (2016)
  • Nike Hoop Summit (2016)
  • McDonald's All-American (2016)
  • Jogador do Ano Gatorade (2016)
  • Mr. Show-Me Basketball (2016)

Boston Celtics[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Schuhmann, John. «Celtics' Tatum wins 2019 Taco Bell Skills Challenge on halfcourt shot». NBA.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  2. Jan 15, foxsports; ET, 2015 at 5:15p (15 de janeiro de 2015). «It's not hype if you can do it, and Chaminade's Jayson Tatum can». FOX Sports (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  3. Hochman, Benjamin. «Hochman: Like godfather, like godson — Jayson Tatum is on track for NBA». stltoday.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  4. «Duke lands 2nd-ranked hoops recruit Tatum». ESPN.com (em inglês). 12 de julho de 2015. Consultado em 20 de abril de 2019 
  5. «McDonald's All-American diary: Jayson Tatum». USA TODAY High School Sports (em inglês). 28 de março de 2016. Consultado em 20 de abril de 2019 
  6. «Jayson Tatum - Basketball Recruiting - Player Profiles - ESPN». ESPN.com. Consultado em 20 de abril de 2019 
  7. «BasketballRecruiting.Rivals.com - 2016 Rivals basketball team rankings». basketballrecruiting.rivals.com. 13 de abril de 2016. Consultado em 20 de abril de 2019 
  8. «Jayson Tatum 3D: College and NBA impact, Tatum in his own words». ESPN.com (em inglês). 22 de julho de 2015. Consultado em 20 de abril de 2019 
  9. «Duke freshmen Tatum, Bolden debut vs. Maine». ESPN.com (em inglês). 3 de dezembro de 2016. Consultado em 20 de abril de 2019 
  10. O'Connell, Jim. «No. 5 Duke beats No. 21 Florida 84-74 in Jimmy V Classic». OrlandoSentinel.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  11. Hyman, Ethan. «Duke's second-half surge beats Miami 70-58». newsobserver (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  12. Miller, Kerry. «Jayson Tatum's Monster Night vs. Virginia Shows He's Duke's Best Big-Game Weapon». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  13. «Duke vs. North Carolina - Game Recap - March 10, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  14. «Jayson Tatum Helps Duke Get Past Notre Dame» (em inglês). 30 de janeiro de 2017. Consultado em 20 de abril de 2019 
  15. Schonbrun, Zach; Glier, Ray (20 de março de 2017). «South Carolina Upsets Second-Seeded Duke». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  16. «Tatum to enter draft after one year at Duke». ESPN.com (em inglês). 22 de março de 2017. Consultado em 20 de abril de 2019 
  17. «Tatum goes to Celts after assist from Coach K». ESPN.com (em inglês). 22 de junho de 2017. Consultado em 20 de abril de 2019 
  18. «Celtics' Jayson Tatum Earns All-NBA Summer League Second Team Honors» (em inglês). 18 de julho de 2017. Consultado em 20 de abril de 2019 
  19. «Celtics vs. Cavaliers - Box Score - October 17, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  20. «Knicks vs. Celtics - Box Score - October 24, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  21. «Tatum Named Rookie of the Month for December». Boston Celtics (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  22. Hightower, Kyle (15 de abril de 2018). «Celtics survive wild finish, hold off Bucks 113-107 in OT». AP NEWS. Consultado em 20 de abril de 2019 
  23. Armas, Genaro C. (22 de abril de 2018). «Tied up: Giannis' tip-in lifts Bucks over Celtics in Game 4». AP NEWS. Consultado em 20 de abril de 2019 
  24. «Celtics beat Bucks 112-96 in Game 7, advance to play 76ers». Boston.com (em inglês). 28 de abril de 2018 
  25. Golen, Jimmy (1 de maio de 2018). «Rozier (29 pts), Tatum (28) help Celtics beat 76ers 117-101». AP NEWS. Consultado em 20 de abril de 2019 
  26. «Bird and Celtics soar over Sixers». Newspapers.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  27. NBA.com/Stats (2018T22:36). «Jayson Tatum (20 years, 61 days) is now the youngest player to ever score 20+ PTS in 4 straight playoff games. The previous youngest was Kobe Bryant (20 years, 272 days) who accomplished that feat in 1999. @EliasSportspic.twitter.com/nyfOLs6uYz». @nbastats (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  28. «Celtics vs. 76ers - Game Recap - May 5, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  29. NBA.com/Stats (2018T17:20). «Jayson Tatum is the only player in NBA History to score 20+ points in five consecutive playoff games at 20 years old or younger. @EliasSportspic.twitter.com/eClVVnHuDb». @nbastats (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  30. «LeBron: Nothing but respect for Celtics' Tatum». ESPN.com (em inglês). 28 de maio de 2018. Consultado em 20 de abril de 2019 
  31. release, Official. «Donovan Mitchell, Ben Simmons lead 2017-18 NBA All-Rookie first team». NBA.com (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2019 
  32. «Find Lawyer, Attorney, Law Firms, Attorneys, Legal Information. LegalDirectories.com». www.legaldirectories.com. Consultado em 20 de abril de 2019 
  33. «Proud of cousin Tatum's rookie success, says Lue». ESPN.com (em inglês). 10 de maio de 2018. Consultado em 20 de abril de 2019 
  34. «Celtics rookie forward Jayson Tatum says he plays for Jesus». Sports Spectrum (em inglês). 25 de outubro de 2017. Consultado em 20 de abril de 2019 
  35. «Jayson Tatum, Harry Giles reunite on the court once again — this time in the NBA». Boston.com (em inglês). 7 de março de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Jayson Tatum