Jean-Ovide Decroly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean-Ovide Decroly
Nascimento 23 de julho de 1871
Ronse
Morte 12 de setembro de 1932 (61 anos)
Uccle
Cidadania Bélgica
Alma mater Universidade de Gante
Ocupação pedagogo, psicólogo, psiquiatra, neurologista

Jean-Ovide Decroly (Ronse, 23 de julho de 1871Uccle, 12 de setembro de 1932) foi um médico, psicólogo, professor e pedagogista belga.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ovide Decroly nasceu em 1871, em Renaix, na Bélgica, filho de um industrial e de uma professora de música.

Como estudante, não teve dificuldade de aprendizado, mas, por causa de indisciplina, foi expulso de várias escolas. Recusava-se a freqüentar as aulas de catecismo. Mais tarde preconizaria um modelo de ensino não-autoritário e não-religioso.

Formou-se em medicina e estudou neurologia na Bélgica e na Alemanha.

Sua atenção voltou-se desde o início para as crianças deficientes mentais. Esse interesse o levou a fazer a transição da Medicina para a Educação. Por essa época criou uma disciplina, a "pedotecnia", dirigida ao estudo das atividades pedagógicas coordenadas ao conhecimento da evolução física e mental das crianças.

Decroly postulou o interesse como pressuposto básico para a aprendizagem. Para ele, esse estado desperto da criança estaria na base de toda actividade, incitando-a a observar, associar, expressar. Acreditava que aprendizagens ocorreriam de maneira espontânea pelo contacto com o meio, de onde proviriam estímulos que para onde as crianças direccionariam suas questões.[1]

Casou-se e teve três filhos.

Em 1907, fundou a École de l’Ermitage, em Bruxelas, para crianças consideradas "normais". A escola, que se tornou célebre em toda a Europa, serviu de espaço de experimentação para o próprio Decroly. A partir de então, viajou pela Europa e pela América, fazendo contatos com diversos educadores, entre eles o norte-americano John Dewey (1859-1952).

Decroly escreveu mais de 400 livros, mas nunca sistematizou seu método por escrito, por julgá-lo em construção permanente.

Morreu em 1932, em Uccle, na região de Bruxelas.

Referências

  1. «Ovide Decroly, Educar para Crescer». Consultado em 22 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 14 de agosto de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ovide Decroly